15.7.10

8 de avanço!


Se algum de Vós tiver a oportunidade de falar com um “andrade corrupto”, verá que o seu desejo secreto é em primeiro lugar fazer tudo por tudo para que o Benfica nunca ganhe, e só depois desejar a vitória do seu grémio.

Para os mais novos será importante alertá-los que nestas duas últimas décadas – última do século XX e primeira do século XXI – o grémio corrupto conseguiu mais de metade dos seus campeonatos nacionais (14), tendo o Benfica conquistado sòmente 3.

Todos sabemos que a maioria desses catorze (14) foi conseguida com muita batota, fruta de toda a espécie – pôdre e madura, tropical ou nacional - com ou sem envelopes, ou ainda com viagens pagas ao Brasil, de preferência em “quinhentinhos”…, e com os apitadeiros a “saborearem” tudo isto em todo o seu esplendor. Não saboreassem eles, estes manjares, e sofreriam na pele esse atrevimento do não-alinhamento – ver-se-iam sempre a contas com a chantagem do poder corrupto fomentado por uma corja sem escrúpulos, autêntico polvo, liderado pela figura mais sinistra que o futebol indígena já alguma vez teve.

Todos os campos foram minados de norte a sul do país, com o Benfica e alguns dos seus dirigentes, ingènuamente, a cair vezes sem conta, em esparrelas saloias ou armadilhas bem preparadas.

Foram vinte (20) anos tenebrosos de promiscuidade, corrupção e chantagem, tudo valendo para se alcançarem vitórias e títulos. O clube da trapaça, através do controle total do sector da arbitragem, conseguiu os seus objectivos. Só como exemplos citarei alguns nomes indelèvelmente ligados aos êxitos do grémio condenado por corrupção – António Garrido, Rosa Santos, Alder Dante, José Guímaro, José Silvano, Carlos Calheiros, Isidoro Rodrigues, Donato Ramos, tudo “bons rapazes”. E mais recentemente, Jacinto Paixão, Paulo Paraty, Martins dos Santos, Augusto Duarte, Paulo Costa, Rui Costa, Vasco Santos, Jorge Sousa, Olegário Benquerença, Carlos Xistra e mais uns Proenças, uns Paulos Pereiras, uns Cosmes. Não esquecendo também Leirozes de outros tempos. Juntando a isto tudo dirigentes maquiavélicos, fanáticos do grémio condenado por corrupção, autênticas eminências pardas que manobraram habilidosamente a comissão de arbitragem durante anos e anos a fio - o caso Francisco Silva é flagrante quanto aos métodos utilizados - está aqui um caldinho que nem o melhor cozinheiro da Ibéria conseguiria confeccionar.

A par da ascensão do coio das Antas, hoje coio de Contumil, subúrbio de uma cópia de Palermo - suportado financeiramente por comendadores de fama duvidosa, banqueiros, industriais e gestores nascidos de um aviário que foi a oportunista democracia abrileira e que a certa altura foi um autêntico fartar vilanagem e com ligações políticas contínuas e promíscuas – mais de 80% da massa adepta Benfiquista, nessa altura, ainda inebriada pelo esplendor e glória do Benfica dos anos 60 e 70, começou a “passear-se” no clube, nas bancadas, nos gabinetes e nos estádios, deixando de o servir, para neles se exibir como se estivesse numa “feira de vaidades”, provocando uma verdadeira decadência financeira e desportiva, com a ausência cada vez mais notada dos excepcionais valores e princípios que nortearam a geração de dirigentes e adeptos Benfiquistas de outras décadas, com destaque para a de 50, onde incansáveis e gloriosos cabouqueiros – Joaquim Bogalho foi o exemplo nº 1 - se transformaram na verdadeira mola real do grande Benfica Europeu renomado mundialmente, e que o guindou a um dos dez maiores e melhores clubes futebol do século XX.

Um grave problema que só agora, quase ao fim de trinta anos começa a ser resolvido, com uma consciencialização da massa adepta Gloriosa mais jovem e mesmo a de meia-idade, de que o nome e as camisolas do Benfica não bastam para se ser ganhador, para se conseguirem vitórias e títulos. Há que arregaçar as mangas, apoiar e lutar bravamente com força, dedicação e arreganho, usando a inteligência, a perspicácia e a inovação, contra a trapaça, a chicana e o divisionismo separatista personificado no mais complexado patego e ordinário provinciano que a história do futebol português já conheceu, e que com o seu discurso demagógico, incendiário e instigador de ódio, tem inclusivé, descredibilizado o seu próprio grémio, quer internamente, quer a nível europeu e mundial.


Em 83/84, já muito depois do 25 de Abril de 74 – data que os andrades corruptos falsamente reclamam como ponto de viragem no ranking do futebol indígena – atingiu-se a maior “décalage”, em termos de superioridade do Benfica em relação ao grémio corrupto. A diferença em campeonatos nacionais era de dezanove (19) títulos a favor do Benfica. Vinte e seis (26) para o Benfica e sete (7) para o dito grémio.
Após aquela referida data, e mais pròpriamente nos últimos vinte (20) anos, tudo valeu, com gentalha sem escrúpulos afecta ao grémio condenado por corrupção, desde advogados e juízes até à ralé mais imunda, a fazer o jogo mais subterrâneo do futebol e que culminou com o presidente da UEFA a apelidar o grémio andrade de batoteiro.
Fundamentalmente por tudo isto, a par de alguma incompetência e vaidade de alguns dos nossos, temos sòmente oito (8) de avanço – trinta e dois (32) para Nós e vinte e quatro (24) para eles - que chegaram a ser sete (7) na época que passou. É que incrìvelmente, segundo os andrades corruptos, os submissos lagartinóides nem sequer contam para a estatística, pois passaram de um competitivo segundo lugar para um humilhante terceiro, com poucas perspectivas de recuperação!

Se internacionalmente e com muita máfia à mistura, fomos ultrapassados em número de títulos, a nível nacional há uma obsessão mórbida do “bufolas”, enquanto for vivo, de tentar a todo o custo ultrapassar o Benfica em relação a campeonatos nacionais e total absoluto de títulos nacionais. É essa a coroa de glória que ele desvairadamente procura e que o obriga a assumir mediàticamente pelo seu clube o “crime desportivo” pelo qual foi condenado por corrupção, a fugir comprometedoramente para Espanha sabendo antecipadamente do seu mandato de captura por fuga de informação da própria polícia da sua cidade, a passar por conselheiro matrimonial ao receber árbitros em sua casa, a falar e a delirar com o Além, em discursos patéticos a roçar a falta de lucidez, a genuflectir hipócrita e farisaicamente perante o Papa com uma alternadeira, sua amante e promovida no protocolo a “afilhada”, mas que o Benfica e os Benfiquistas terão sempre a obrigação e o dever de inviabilizar e denunciar.

Estamos no início de uma nova época. Época que irá ser para o Benfica muito mais difícil do que a anterior. Não me lembro em meio século de vida, ser necessário ao Benfica ter tão alto rendimento para alcançar um título nacional como foi o caso da época passada.

O assalto ao poder, com vista a inverter uma tendência evidente de supremacia Benfiquista em campo, voltou a ser um dos objectivos da corja corrupta sediada no charco fétido e pútrido de Contumil. Com a conivência de muitos sectores da federação e de outros organismos, podemos observar claramente que essa estratégia está a ser novamente implementada já há algum tempo.

Quem vai tutelar a parte disciplinar do campeonato da Liga?
- Pois é! O conselho de justiça da federação lá estará para mostrar como se faz. Bastaram os exemplos mais recentes, em que este órgão revogou, com um desplante incrível, todas as decisões importantes que a comissão de disciplina da Liga, em recursos que penalizavam e de que maneira, diversos actos, tendo como intervenientes o clube condenado por corrupção ou elementos a ele ligados – caso mais flagrante foi o de hulk.

O outro pormenor, e que até à data, os altos comandos do Benfica ainda não explicaram devidamente, é a presidência e muitos sectores da Liga de futebol estarem “dominados” por elementos afectos ao grémio condenado por corrupção. Quem tiver a oportunidade de ouvir uma das escutas publicadas pelo célebre “Tripulha”, ou tê-las lido em diversas transcrições públicas, poderá aquilatar do verdadeiro calibre do actual presidente da Liga de futebol, enquanto director da SAD do grémio corrupto.

Por tudo isto e com os submissos do grémio do visconde falido a fazerem constantemente o jogo sujo da gentalha andrade corrupta, vejo com muita apreensão, para o Benfica e para Nós, esta época de competição que se aproxima.

Cada vez mais os Benfiquistas terão de se unir em várias frentes desta titânica batalha. Em qualquer local, no país, nos quatro cantos do mundo, com qualquer entidade, em qualquer órgão de CS, nos estádios, nos cafés, nas tertúlias, no trabalho, teremos de ser implacáveis e nunca baixar a guarda, mesmo que sejamos líderes, ou que as nossas posições sejam confortáveis e se vislumbrem vitórias.
Somos mais, mas temos impreterìvelmente de ser os melhores!

Só voltaremos a ser campeões se todos Nós soubermos defender o Glorioso e apoiá-lo sempre!
Incondicionalmente e indefectìvelmente!

Viva o Benfica!
Tudo pelo Benfica!

GRÃO VASCO

14 comentários:

águia_livre disse...

Mais um fantástico post. Não serão precisas mais palavras.

Viriato de Viseu disse...

Isto é um verdadeiro COMPENDIO a ser guardado.
Um resumo histórico de primeira água!!!

GRÃO VASCO disse...

Gloriosos Viriato e Águia_livre,

Acabaram de ler algo que considero muito importante para as gerações mais novas e de meia-idade.

Meus Caros Amigos,
É nossa obrigação, é mandatório, divulgarmos estas VERDADES, se quisermos que o Benfica, o nosso querido Benfica continue a ser o Melhor e o Maior!

FAÇAM-NO!!!

TUDO PELO BENFICA!!!

MAFARRICO disse...

Caro GV
Já fiz chegar esta pérola a alguns amigos.
Cá por mim está decidido, é mesmo para guardar.
Abraço
BENFICA SEMPRE

TRAMONTANO disse...

Pois, fui assistindo de perto e ao vivo a todo este assalfo de contornos mafiosos que foi feito as estruturas do futebol portugues e nao so e que om requintes de malvadez foi aperfeiçoando as suas tecnicas, atingindo o cuma da desfaçatez durante a decada de 90.

EStive algumas vezes inserido em estruturas que tenho de considerara amadoras que por uma razao ou por outra nunca conseguiram atingir o obectivo final mas que foram abrindo algumas fendas.

GV, deixa-me louvar a tua boa intençao mas perdoa-me tambem que te diga que nao sera por esta forma indevidual que teremos algum sucesso.

Temos uma arma poderosissima mas que de tao desgarrada com cada um a olhar para o seu umbigo e com medo de ceder algum protagonismo, nao e caspaz de se unir, organisar e formar uma frente unida que estou certo com meia duzia de tomadas de posiçao fortes abalaria concertza e de vez as estruturas desse "polvo".

Força companheiro

GRÃO VASCO disse...

Glorioso Tramontano,

Como eu te entendo!

TUDO PELO BENFICA!!!

Manuel Oliveira disse...

Excelente GV!
Continua a tua saga em prol do nosso Glorioso.
Não podemos deixá-los aproximar-se mais e este ano é realmente muito importante.
Se me permitires, colocarei este post no meu blog com o link do Pinceladas Gloriosas para que mais benfiquistas o leiam.
Abraço Glorioso.

An Toino disse...

Aquilo que diz no primeiro paragrafo acho (de certeza) que se aplica mais aos submissos do que aos corruptos. Aliás só assim se explica o 2º paragrafo em que refere o nº de vitórias dos corruptos. Os corruptos só nos querem deitar a baixo porque somos os únicos que os conseguimos fazer frente mesmo com batota e tudo.

GRÃO VASCO disse...

Caro e Glorioso Manuel,

Estás à vontade e faz como melhor Te aprouver.

Saudações Gloriosas.

TUDO PELO BENFICA!!!

GRÃO VASCO disse...

Caro An Toino,

Conheço os "andrades corruptos" há muito, muito tempo.

Vivi naquela terra durante seis anos e chegou para ver o calibre daquela gentalha. Nessa altura ainda só eram os andrades provincianos e parolos que todos nòs já conhecíamos de antanho. Depois passaram a corruptos e muito mais - mafiosos, violentos, chantagistas...

Quando o grémio corrupto começou a ganhar os primeiros campeonatos desta era mais recente, os andrades corruptos não exaltavam o seu grémio. De acordo com o que disse no post e para tua orientação faziam "funerais" ao Benfica, pela Av. dos Aliados abaixo com caixão e tudo!
Vi eu, com os meus próprios olhos, uma turba desvairada de mais de mil andrades néscios e encolerizados a gritaram slogans e impropérios contra o Glorioso, instigados pelo mentor desta guerra, nessa altura já chefe dessa camarilha!

A partir desse dia o Fruta, Corrupção & Putêdo e sua pandilha acabaram para mim como adversários. Passaram a inimigos. Só lançados da ponte da Arrábida cá para baixo, pois em trinta anos, no que concerne ao Benfica, só fizeram uma coisa - achincalhá-lo, fazendo tudo, mas tudo para que ele perdesse com outros adversários e de toda a maneira e feitio. Valia e vale tudo, nem que para isso fosse ou seja necessário "pagar" a quem jogasse ou joga contra o Glorioso!

Ainda este ano alguém ligado ao Leixões, por exemplo, referiu isso mesmo!

Recomendo-Te que tenhas os olhinhos bem abertos e não Te ponhas a dormir à sombra da bananeira!

Eles são o inimigo nº1 do Benfica!
Os outros, os submissos são o nº2.

Percebeste agora?
É que aquilo que inferiste dos primeiros parágrafos do post foi errado, é um equívoco teu, muito embora os submissos alinhem pelo mesmo diapasão.

TUDO PELO BENFICA!!!

Bimbosfera disse...

Boas. Não é meu hábito cá vir pois já vou a tantos blogs da Gloriosasfera que acaba por ser difícil dar um tempinho a todos. Este post está magnífico.
Vê-se claramente o que se passou ao longos destes 30 anos. Concordo com tudo, e creio que o necessário é mesmo a defesa do Benfica.
Há uma pergunta no ar, no entanto, no final, sobre o presidente da Liga. Por acaso, ainda sem conhecer este post, esta madrugada havia feito um sobre o Fernando Gomes, esse ser que agora lá se pavoneia.
Como é meu timbre tentei pegar no mesmo com o sentido de gozo, mas tenho sobre ele uma opinião formada, aliás, tinha, pois parece-me que vieram novos dados ao de cima...
Para mim é corrupto. Para começar tenho que dizer o que penso dele. No entanto a liga perdeu a arbitragem este ano, na direcção do outro antro, chamado Federação, segundo percebi.
Quanto a Fernando Gomes, do que eu tinha pensado no início, há uma máxima chinesa, deve ser chinesa, se não for também não há crise, é que os chineses estão aí a cada esquina, eheheh, mas fora de gozos, há uma máxima que diz "mantém os teus amigos perto, e os teus inimigos AINDA mais perto"!
Creio, e assim o espero, que tenha sido essa a intenção do Benfica ao apoiar o dito cujo. Além disso, à data do anúncio do apoio, falava-se já na discussão dos direitos televisivos da transmissão dos jogos. Falava-se ainda, do que li, que FG queria ter uma palavra a dizer, enquanto Liga, na discussão de cada clube, o que até se compreende por um lado, mas que ao fim e ao cabo, com outras coisas que fui lendo depois, e que agora não consigo explicar, já nem faz tanto sentido assim, mas vou tentar resumir. O Benfica tendo canal, tendo uma posição, hoje em dia, privilegiada na discussão dos mesmos, com o suposto apoio da Liga, poderia ter ainda mais poder negocial. Isso era bom, e numa primeira instância pensei ser isso que LFV queria.
Não sei o que foi exactamente, mas algo se passou no entretanto que me levou a duvidar disso. Sinceramente não sei dizer o que foi.
Sei que o Sporting já discutiu o seu contrato, tal deve ser a falta de capital, também gozei com isso no meu blog esta madrugada, altura em que tirei um tempo para escrever os posts, que o Benfica acabou de certa forma por ganhar MAIS poder para negociar. Sabemos o que valemos, e em comparação ainda é mais fácil ver o que se vale. E valemos mais do dobro dos submissos. Por isso creio que o que aí vier será muito, muito bom, e o corrupto Oliveirinha terá que abrir ainda mais os cordões à bolsa. Os corruptos por si mesmos terão que negociar, creio, mais cedo do que o Benfica, e, mesmo que seja perto, será sempre difícil aproximarem-se do que valemos. Creio que estes dois anos serão, efectivamente a viragem de rumo deste século, restando para isso apenas que se mantenha o Benfica neste rumo, ganhando muitos campeonatos seguidos, e de preferência que os corruptos não entrem na Champions, para acabar a mama de uma vez por todas, e deixarem de "meter medo" a quem possa chegar.
Creio que será mais por isso, portanto, o apoio de LFV a FG, mas... nunca se sabe.
Resumindo. Grande artigo, bem defendido, e que se reserve o Marquês o mais rapidamente possível este ano!

Abraço

Márcio Guerra, aliás, Bimbosfera

Bimbosfera.blogspot.com

GRÃO VASCO disse...

Glorioso Márcio Guerra,

O que é realmente importante é defender o Benfica muito bem!

Saudações Gloriosas

TUDO PELO BENFICA!!!

Bimbosfera disse...

Olá de novo... Já agora deixo uma questão, também é de Viseu, como o Viriato e eu?

Abraço

Márcio Guerra, aliás, Bimbosfera

Bimbosfera.blogspot.com

P.s.- Fiz publicidade ao seu blog hoje, por acaso há 3 minutos atrás, no Fórum Benfica, e outros, espero que não leve a mal. Foi por causa do vídeo que aí tem, para o pessoal que só tem excertos, poder levar e publicá-lo todo. Abraço. E desculpe posts tão grandes, mas quando me estico sou assim...

GRÃO VASCO disse...

Glorioso Márcio Guerra,

Sou Viseense e vivo desde que nasci nesta "Antiqua e Nobilissima" cidade.

Grato pela divulgação.

O autor da parte audio/vídeo é o Glorioso JJD, que também é autor e administrador do blogue "Glorioso Bairradino".

Quanto ao Viriato, conhecemo-nos pessoalmente.

Apareça Sempre!

Saudações.

TUDO PELO BENFICA!!!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...