7.12.19

… E as ‘bufas irónicas’ evoluíram para diarreia mental severa



“No mundo da medicina e no seu capítulo sobre doenças infecciosas está provado que a diarreia mental severa é altamente contagiosa – uma espécie de cólera mental”.

O aparecimento da epidemia mais recente e a sua rápida propagação durante a noite de ontem, teve início nas descabeladas declarações do ‘soba’ dos “machos”, Lito Vidigal. O abominável octávio lopes, no correio da merda TV, foi o primeiro a dar sinais da doença começando a delirar e a vomitar anti-Benfiquismo a rodos, insurgindo-se contra o golo de Cervi. Bolçou que se fartou, insinuando e mostrando o que é uma mente sórdida, agora ainda mais afectada pela dita diarreia. Logo a seguir adveio o coio arbitral de cUmentadeiros que se acantona nos jornais desportivos?!? – duarte gomes n’a bola, jorge faustino e marco ferreira no record das pêtas e o trio infernal d’o nojo, fortunato azevedo, josé leirós e jorge coroado. Rola na BTV, um “passarinho” corporativista também manifestou fortes sintomas ainda na noite de ontem. Espero bem que tenha sentido algumas melhoras durante o dia de hoje ao rever o desafio e os lances polémicos de ontem – todos em desfavor do Benfica.
Os restantes (exceptuando o dito Rola que não sei bem o que é que anda a fazer nos programas da BTV), ainda prostrados e afectados pela monumental “enrabadela” do SL Benfica aos trauliteiros machos do Boavista, começaram a manifestar hoje, nos seus pasquins, os mesmos sintomas do lopes cuspideiro – forte azia seguida de diarreia mental severa!
- 2º golo do Benfica? Cervi?
- Foi em falta! Em falta! Em falta! – ganiram os mabecos.

A SPORT TV, no seu Juízo Final é que não foi de modas. Os seus analistas, dispondo de tecnologia semelhante à do VAR, concluíram que o golo foi legal, desmascarando essa tramóia arbitral das seis bestas ex-apitadeiras dos jornalecos futeboleiros. A sentença, depois do lance ter sido visto e revisto ao pormenor, foi dada peremptóriamente:
- Cervi não fez falta nenhuma. O golo é legal!

Desmascarado pela sua parcialidade e falta de isenção, exactamente iguais à horripilante prestação de Jorge Sousa, este sexteto arbitral evidenciou bem as canalhices que pululam diariamente na CS desportiva em relação ao Benfica. Revelam todos um anti-Benfiquismo primário que não merece sómente desprezo. Merece também a veemente condenação pública de todos os Benfiquistas e dos responsáveis do Glorioso!
Desta vez ao polemizarem um lance limpo, o golo de Cervi, tentaram branquear a deplorável prestação de Jorge Sousa e pressionar os apitadeiros nomeados para futuros jogos do Benfica.

Mas curiosamente, essa miserável CS e os seus coliformes fecais, a norte, não se ficaram por este vergonhoso espectáculo mediático.
Hoje, no Jornal da Tarde da RTP1, lá foram os engajados “jornalistas e repórteres” da Palermo portuguesa cheirar as “bufas irónicas “ de Bimbo da Costa. Encostaram o microfone ao traseiro do dito cujo e aí vai disto!

No entanto aconteceu algo de impensável e que decerto será alvo de um estudo detalhado pela comunidade médica e científica - daquela velha, conspurcada e descompensada cloaca azul corrupta já não saíram as habituais “bufas irónicas”. Ocorreu sim, uma brutal descarga diarreica, originária de um cérebro sériamente afectado.
As “bufas irónicas”, afinal evoluíram para uma extensa e prolongada diarreia mental!
Bimbo, afectado por uma memória selectiva risível e ridícula, veio com as mesmas estórias de sempre, atacando e enxovalhando o organismo que lhe provoca estes distúrbios mentais e a sua incontrolável dor de corno de sempre – o SL Benfica!

Enfim, cagou-se todo em frente às câmaras! Um porco incorrigível!

Olhem para cima, bem para cima, bandalhos!

GRÃO VASCO


Jorge Sousa & Fontelas não conseguiram…



Esta noite, no Bessa, Jorge Sousa habilidosamente nomeado por Fontelas Gomes não conseguiu apear o Benfica.

Esta semana foi um fartar vilanagem – nomeação de dois apitadeiros da associação de futebol da bandalheira do Porto para os dois jogos do Benfica. Rui Oliveira na Covilhã e Jorge Sousa esta noite no Bessa. Em ambos os desafios arbitragens deploráveis com uma boa dose de premeditação.

O histórico do apitadeiro Jorge Sousa em relação aos prejuízos provocados ao SL Benfica tem sido tenebroso e mais uma vez este ex-super dragão do Lordelo fez juz à sua identidade de antanho – tudo pelo fruta corrupção & putêdo, vulgo fcp e nada a favor do Glorioso.

A sua experiência de anos e anos em benefício do grémio da Palermo portuguesa, torna-o hábil e manhoso e neste desafio em que apareceram os “machos” do Vidigal cumpriu bem a sua “missão”, mas não teve o sucesso previsto por Fontelas, pois a equipa do Benfica trucidou o Boavista e inteligentemente neutralizou os truques de JS e sus muchachos.

Fontelas Gomes tem sido o principal responsável por toda esta bandalheira e só um Benfica com o nível exibicional e acutilante desta noite poderá chegar à frente no final do campeonato.

PS 1 – A BTV tem de acabar com as palhaçadas televisivas do ex-apitadeiro António Rola. Os seus comentários à prestação de Jorge Sousa, esta noite no Bessa, foram completamente desajustados da realidade, nomeadamente no referente ao capítulo disciplinar. Rola é mais um triste corporativista que se acobarda perante a evidência do que são autênticos roubos ao Benfica. Esta noite foi inadmissível que tenha dito que o amarelo a Obiora do Boavista foi bem mostrado quando este agarrou e derrubou Chiquinho. O jogador Benfiquista já estava isolado para visar com sucesso a baliza e sem que algum jogador do Boavista o pudesse alcançar. Quando é assim, a direcção da BTV só tem uma decisão a tomar - mandar bugiar António Rola, um analfabeto com uma licenciatura, que é como quem diz, “um burro carregado de livros…”.

PS 2 - Mais uma vez o "chico trafulha" lá veio ladrar do seu quarto escuro no Freixo. Um filho da puta, reles, a quem só faltou dizer no seu vómito desta noite que não foi o seu pai que o fez, mas sim o VAR que esta noite confirmou a validação do segundo golo do Benfica. Limpinho, limpinho, limpinho

GRÃO VASCO



4.12.19

Medíocres levados ao colo



Após os desastres arbitrais de sábado na Luz, de na 2ª feira no antro dos bandoleiros do Freixo e de ontem na Covilhã, podemos tirar uma conclusão clara – o SL Benfica terá de jogar sempre muito mais do que o seu inimigo directo para atingir o final do campeonato em 1º lugar e ganhar quaisquer dos outros troféus indígenas em disputa.

As nomeações de Fontelas Gomes para os jogos do SL Benfica continuam a ser reles provocações e abusos descarados de quem sabe colocar muito bem os piores escolhos no caminho do Glorioso de Portugal. E os escolhos são na realidade os piões de brega nomeados para esses jogos por poderem oferecer as maiores garantias em atrapalhar e dificultar a vida dentro do campo e fora dele aos jogadores Benfiquistas.
O primeiro exemplo dessas vergonhas são as expulsões e prestações de fábio ver(d)íssimo que têm sido de bradar aos céus (vide a de Renato Sanches na Madeira, contra o Marítimo em 2015/16, de Lema na Luz no jogo da época passada contra o grémio corrupto, vulgo fcp e agora a de Gabriel, curiosamente contra o Marítimo de novo). Outros, não recorrendo às expulsões têm utilizado os truques habituais de quem anda nestas lides há muitas épocas – Artures a Dias, Sousas, Miguéis, Xistras. E por fim, os “debutantes” tipo Manuéis Oliveiras, Ruis Oliveiras e quejandos…

Um despautério contra o SL Benfica, que simpatizantes, adeptos e sócios têm o dever de denunciar sempre.

É do conhecimento geral, especialmente de quem está atento ao mundo do futebol, que na corporação arbitral, todos ou quase todos os seus elementos se encobrem uns aos outros. Até o Rola da BTV que pelo seu corporativismo pateta, incorre muitas vezes num absurdo ridículo dando “notas” aos seus “colegas” que são disparates completos. Fontelas Gomes, inclusive, tem os seus afilhados que já promoveu a internacionais FIFA, sem que tenham demonstrado competências para o desempenho dessas funções, constituindo por si só autênticas aberrações arbitrais – fábio ver(d)íssimo e tiago martins são por enquanto a ponta de um icebergue cuja parte não visível alberga verdadeiros terrores, muitos deles ligados umbilicalmente ao grémio da fruta, vulgo fcp. Eles têm vindo a emergir sorrateiramente nos jogos da Liga, da Taça da mesma e da Taça de Portugal, como é o caso de manuel de oliveira e rui oliveira. É a associação de futebol do Porto e o seu sector da arbitragem “trabalhando” a todo o vapor na pessoa do último abencerragem, hoje um fóssil vivo (lourenço pinto), nas habituais manobras escuras de bastidores, ou não tivesse sido ele a Alma Parda na Era do Apito Dourado e o herdeiro de adriano pinto, “o mago dos chitos”…
Todos estes apitadeiros têm sido nas competições internas autênticos desastres. Muito particularmente quando apitam os jogos onde intervém o SL Benfica.

Será por isto que Fontelas Gomes os promove?
Pelo andar da carruagem, aposto que sim!

Árbitros medíocres com um actual presidente do conselho de arbitragem mais parecendo um títere ao serviço do fruta, corrupção & putêdo, vulgo fcp.

No topo destes miseráveis comportamentos arbitrais e sobre o incorrigível beneplácito de Fontelas Gomes, está, como é aqui mencionado, fábio ver(d)íssimo, quer como árbitro principal, quer como VAR. Um fulano que em cada jogo do Benfica em que passa e apita, desacredita e enxovalha a função arbitral que deveria, pela sua natureza ser acima de tudo um acto de intocável competência e isenção.
Senão fixemo-nos das façanhas deste “habilidoso” do apito, 13º classificado na época 2018/2019…


Passemos ao próximo…
Rui Oliveira apitou ontem o Sp. Covilhã-SLBenfica e mostrou durante todo o desafio ao que ia. Uma encomenda muito especial…

De referir, antes do mais, que este apitadeiro medíocre e manhoso foi aquele que na época passada no fcp-Feirense decidiu com a conivência do VAR, vasco santos (olha logo que peça!...) validar ao grémio da fruta um golo que tinha anulado e bem por fora-de-jogo, numa primeira decisão. Um erro crasso mas que mostra a subserviência desta gentalha do apito ao poder corrupto instalado Palermo portuguesa.
Tudo mancomunado com as entidades futeboleiras do Porto!
Uma vergonha, um descaramento totais!

Ontem assobiou para o lado no derrube a Raúl de Tomás pelo guarda-redes covilhanense dentro da sua área, “esquecendo-se” de marcar um penalty evidente, manobrou o desafio de acordo com os seus interesses e culminou a sua actuação evitando marcar uma falta perigosa próxima da área do grémio da Covilhã contra este, transformando-a num livre a seu favor já no derradeiro momento da partida e quando se verificava um intenso sufoco por parte do SL Benfica na procura do golo da vitória. É nestes pormenores, nestes lances, que se demonstra a falta de isenção e a intenção clara de prejudicar o Glorioso seja de que maneira fôr, pois ainda poderia acontecer nessa jogada esse tão importante golo. Assim e como tem sido habitual, RO lá atrapalhou o que pôde e o que não pôde, dando o seu inestimável contributo para o Benfica sair desta competição ainda na fase de grupos.

É este tipo de apitadeiros que têm conseguido manter “vivos” os inimigos do Benfica, pois em condições de isenção e honestidade arbitrais, o Glorioso já estaria bem distanciado de todos eles.

Há que pôr termo a esta bandalheira, a esta farsa para a qual grande parte da própria CS tem contribuído.
É urgente travar esta vilanagem!

GRÃO VASCO




2.12.19

Um biltre anti-Benfica



Efectivamente a vileza e a velhacaria estão-lhe no sangue.
Mais uma vez, o apitadeiro de pacotilha fábio ver(d)íssimo, afilhado de fontelas gomes e do antigo apitossauro leiriense ovigário, portou-se mal, muito mal. Num passado bem recente, o seu instinto persecutório em relação ao Glorioso foi por demais evidente e chocante. Na Luz ou em outro campo onde jogue o Benfica, com ele a apitar é sujeira pela certa.

Certo é que o Benfica jogou bem contra o Marítimo e os golos apareceram cedo, não dando azo a que ver(d)íssimo tirasse da cartola mais um daqueles truques sabujos a que nos habituou, tal como a farsa de Braga na meia-final da Taça da Liga no jogo Benfica-corruptos em que transformou um 2-0 para o Glorioso num 1-2 para a mafia do Freixo. A realidade é que esta manhosice deste biltre anti-Benfica cirandou outra vez pelo relvado durante o jogo todo. Cagou e tossiu com as “lesões” dos jogadores ilhéus cortando ritmo ao jogo e não descansou enquanto não puxou dos cartões amarelos para os jogadores do Benfica, deixando-os no bolso quando a distribuição de lenha pelos maritimistas era mais do que visível.

Se à mínima beliscadura, ver(d)íssimo actuava em conformidade com a sua reles natureza anti-Benfica, no caso dos ventos serem favoráveis ao Glorioso, já a sua atenção era outra – em conivência com outro aldrabão do apito no VAR, estiveram uma eternidade a esmiuçar o lance do primeiro golo de Vinicius, segundo do Benfica, até à exaustão, sendo encavados com um gap de 9 centímetros favorável ao avançado glorioso. Uma grande chatice para ver(d)íssimo e para luís ferreira, causídico defensor de elemento da quadrilha do apito dourado de outrora.

Se os ventos não lhe estavam a correr de feição, nada melhor que distribuir umas ameaças…
E assim, Gabriel viu cartão amarelo, prenúncio de que ao mínimo descuido veria o segundo e o consequente vermelho. Foi exactamente o que lhe aconteceu, tal como aconteceu a Lema num célebre jogo na Luz. Nessa altura, nesse jogo, houve uma diferença. Tendo novamente como adversário, o fruta corrupção & putêdo, neste caso ver(dí)ssimo ao expulsar o argentino, tentou puxar o grémio do putêdo para a frente e para pelo menos empatarem, o que acabou por não acontecer, escrevendo-se assim direito por linhas tortas, prevalecendo justamente o golo solitário de Seferovic! Dessa vez foi mesmo para empurrar o Benfica para trás, ao contrário desta, em que a nossa equipa já estava a vencer por quatro, mas dando sempre a entender que com ele o Glorioso tem que jogar muito para ganhar.
Mas se esta faceta do jogo Benfica-Marítimo foi de somenos importância, já a badalhoquice de retirar a autoria do 2º golo a Vinicius, atribuindo-o ao defesa do Marítimo, revela toda a natureza persecutória do animal.
Manteve a decisão por solicitação da Liga e com isso demonstrou mais uma vez a sua canalhice contra o Benfica, pois foi praticamente unânime nas rádios, nos jornais e demais órgãos de comunicação a atribuição do dito golo ao jogador do Benfica.

Quem lhe disse e diz que tem jeito para árbitro enganou-o bem enganado, mas pelos vistos ele gosta mesmo de ser assim – mais um “cruzado” anti-Benfica no futebol indígena.

Para mim, ver(d)íssimo como árbitro é muito, mas mesmo muito mais do que isso.
É UMA MERDA!
É INTRAGÁVEL!

Avancemos para o frio da Covilhã…  

GRÃO VASCO



30.11.19

Um insulto ao SL Benfica e aos Benfiquistas



A nomeação de Fábio Veríssimo para árbitro do jogo Benfica-Marítimo tendo como acompanhante no VAR, o famigerado Luís Ferreira, constitui não só uma provocação rasca como um insulto indecente.

Depois das habilidades descaradas durante as suas prestações em jogos onde o Benfica tem sido um dos intervenientes e que já demonstraram à saciedade a sua parcialidade tendenciosa anti-Benfica, considero esta sua nomeação por Fontelas Gomes, para além de uma reincidente atitude provocatória, um autêntico insulto.

Fontelas Gomes vem novamente à carga, com um contributo para tentar apear o Benfica.

Cabe a todos os Benfiquistas empurrar a nossa gloriosa equipa para a vitória!

GRÃO VASCO

16.11.19

O mito CR7 – desmontando uma falácia

LÁGRIMAS POR PORTUGAL

Por solicitação do meu caro Companheiro Glorioso Benfiquista, EUSEBIUS, e partilhando da sua indignação perante o despautério total que é a bajulação a Ronaldo pelas ronaldetes do costume tentando insidiosamente ostracizar o Maior e Melhor Jogador Português de Todos os Tempos, Eusébio da Silva Ferreira, transcrevo neste espaço o seu brilhante texto em que desmistifica com números factuais a diferença entre um grande jogador - Ronaldo - e O Grande Jogador - Eusébio.


A ESCANDALOSA CAMPANHA PRÓ-RONALDO

A ESCANDALOSA CAMPANHA PRÓ-RONALDO FEITO PELAS FAMOSAS “ronaldetes”, E POR TODA UMA MÁQUINA MONTADA, PARA O PROPAGANDEAR, SEMPRE TENTANDO DESABONAR E OSTRACIZAR O GRANDE EUSÉBIO, O MAIOR JOGADOR PORTUGUÊS DE TODOS OS TEMPOS E UM DOS MELHORES DO MUNDO ONDE ENFILEIRA COM PELÉ, MARADONA, MESSI E CRUYFF.

Vamos mostrar com números, porque os números são como o algodão.
Vamos recuperar um texto já aqui publicado há uns tempos atrás e que as “ronaldetes” não gostaram de ver.


[Quarta-feira, 30 de outubro de 2019

Eusébio é incomparável. Nem Messi nem Ronaldo
MESSI SUPERA CRISTIANO RONALDO…
…MAS NÃO ESQUECER EUSÉBIO
MESSI É MAIS NOVO DOIS ANOS DO QUE RONALDO.

É mais um capítulo do ‘mano-a-mano’ entre Lionel Messi e Cristiano Ronaldo. Com os dois golos que marcou na folgada vitória do Barcelona frente ao Valladolid, por 5-1, em Camp Nou, logrou o internacional argentino superar o português no que a golos em jogos oficiais de clubes diz respeito.

Segundo o diário espanhol AS
Messi, 32 anos, conta agora, em Outubro de 2019, 608 golos num total de 695 partidas.
MÉDIA DE MESSI= 0,8748 golos por jogo.
Por seu lado, Ronaldo, 34 anos, tem 606 golos marcados em 813 jogos.
MÉDIA DE RONALDO= 0,7453 golos por jogo.

SÃO SÓ 17,4% A MAIS de Messi para Ronaldo.
É LIDAR, “ronaldetes”!!!

PARA AS “ronaldetes” E PARA OS MAIS NOVOS, QUE NÃO VIRAM JOGAR O MAIOR FUTEBOLISTA PORTUGUÊS DE TODOS OS TEMPOS, E UM DOS MAIORES DO MUNDO, VAMOS AOS NÚMEROS DO IMORTAL PANTERA NEGRA, O INESQUECÍVEL EUSÉBIO:

a) - EUSÉBIO NO BENFICA
638 golos, em 614 jogos (dos 18 anos aos 33 anos)
MÉDIA DE EUSÉBIO= 1,04 golos por jogo

COMPARANDO AS MÉDIAS DE GOLOS POR JOGO, DE EUSÉBIO, MESSI E RONALDO, OS NÚMEROS SÃO COMO O ALGODÃO:
EUSÉBIO=1,04 golos por jogo (mais 19% do que Messi e mais 40% do que Ronaldo).
MESSI=0,8748 golos por jogo (MESSI, mais 17% do que Ronaldo).
RONALDO=0,7453 golos por jogo.

b) - EUSÉBIO, EM VALOR ABSOLUTO, GOLOS EM CLUBES
EUSÉBIO, SÓ NO BENFICA (deixamos de fora outros clubes onde jogou) 638 golos.
MESSI, SÓ NO BARCELONA (único clube onde jogou) 608 golos.
RONALDO (em todos os clubes que jogou) 606 golos.

PALAVRAS PARA QUÊ?
EUSÉBIO, FOI UM GENIAL GOLEADOR MAIOR QUE MESSI E RONALDO
E COM MEIA DÚZIA DE OPERAÇÕES AOS JOELHOS E SEM AS BOLINHAS DE HOJE.

PS1- Aos mais jovens só digo: COM ESTAS BOLINHAS ATUAIS REDONDINHAS, MUITO LEVEZINHAS E QUE ATÉ FAZEM CURVAS PARA FUGIREM DOS GUARDA-REDES, O PANTERA NEGRA, ATÉ DO MEIO-CAMPO MARCARIA GOLOS, TAL ERA A SUA TÉCNICA E POTÊNCIA DE REMATE.
MESSI E RONALDO A REMATAREM AO LADO DE EUSÉBIO, NÃO PASSARIAM DE UNS MEROS JUVENIS. QUEM VIU, VIU, QUEM NÃO VIU VÁ AO YOU TUBE, OU ENTÃO IMAGINE UMA PANTERA NEGRA A CORRER E A ESPALHAR MAGIA NOS RELVADOS DE TODO MUNDO.
QUE DESCANSE EM PAZ, POIS NÓS, NÃO DEIXAREMOS QUE ESTAS MÁQUINAS DE PROPAGANDA RONALDETENIANAS, TUDO FAÇAM PARA OFUSCAR O NOSSO MAIOR DE TODOS, O GRANDE EUSÉBIO DA SILVA FERREIRA.

PS2 - Eu admiro muito o Ronaldo e torço por ele. Mas Eusébio, peço desculpa, está lá mais no cimo, como os números mostram.

c) - MAS PARA O FILME SER COMPLETO, VAMOS ÀS SELEÇÕES
EUSÉBIO na seleção de Portugal= 0,64 golos por jogo (mais 10,3% que Ronaldo e mais 28% que Messi).
RONALDO= 0,58 golos por jogo.
MESSI= 0,50 golos por jogo.]

É LIDAR, “ronaldetes”!



Depois de recordarmos o texto anterior, vamos analisar números das Seleções Nacionais.
As “ronaldetes” enchem a boca com os quase cem golos do CR7 (que também admiro), mas omitem que, metade dos golos de CR7, foram marcados contra Seleções como: Letónia, Estónia, Luxemburgo, Eslováquia, Azerbeijão, Cazaquistão, Arménia, Bósnia, Andorra, Ilhas Faraoé, Nova Zelândia,Lituânia, etc, etc. Seleções que Eusébio e Messi nunca defrontaram( com uma ou outra exceção).
O que as “ronaldetes” deveriam perguntar e procurar, era:
QUANTOS GOLOS MARCARAM EUSÉBIO, MESSI E RONALDO, CONTRA AS SELEÇÕES QUE JÁ FORAM VENCEDORAS DOS CAMPEONATOS DO MUNDO, ESSAS SIM, AS MAIORES SELEÇÕES DA HISTÓRIA DO FUTEBOL.

Por favor, segurem-se nas cadeiras:

EUSÉBIO, contra:
URUGUAI------1 golo----1 jogo
ITÁLIA-----------1 golo----1 jogo
ALEMANHA---nunca defrontou
BRASIL----------2 golos----5 jogos
INGLATERRA--2 golos----4 jogos
ARGENTINA---1 golo------1 jogo
FRANÇA---------2 golos----1 jogo
ESPANHA-------2 golos----1 jogo
TOTAL===== 11 golos----14 jogos

MESSI, contra:
URUGUAI-------4 golos----3 jogos
ITÁLIA------------nunca defrontou
ALEMANHA----1 golo------1 jogo
BRASIL-----------5 golos----5 jogos
INGLATERRA---nunca defrontou
ARGENTINA----nunca defrontou
FRANÇA---------1 golo------1 jogo
ESPANHA-------2 golos-----2 jogos
TOTAL=======13 golos---13 jogos

RONALDO, contra:
URUGUAI--------zero golos---1 jogo
ITÁLIA-------------zero golos---2 jogos
ALEMANHA-----zero golos----4 jogos
BRASIL------------zero golos----3 jogos
INGLATERRA---zero golos-----3 jogos
ARGENTINA----1 golo-----------2 jogos
FRANÇA----------zero golos----4 jogos
ESPANHA--------3 golos---------5 jogos
TOTAL========4 golos--------24 jogos

PALAVRAS PARA QUÊ?
EUSÉBIO 5 VEZES MELHOR QUE RONALDO NOS JOGOS CONTRA AS SELEÇÕES CAMPEÃS DO MUNDO.
AI SE O EUSÉBIO TIVESSE JOGADO CONTRA AS LITUÂNIAS...
COMO É BOM MARCAR GOLOS, AOS MECÂNICOS, PEDREIROS E CANALIZADORES DA LITUÂNIA...
É LIDAR, “ronaldetes”!

E JÁ AGORA, NOTÍCIAS DA ITÁLIA:

[RONALDO: 25 outubro 2019 - 18:09
Uma estatística para Ronaldo esquecer: 28 livres pela Juventus... zero golos!]
Cristiano Ronaldo é considerado um dos melhores jogadores de sempre, mas não domina todos os aspetos do jogo.
Tendo em conta as inúmeras tentativas, o internacional português é mesmo considerado um dos piores marcadores de livres da história.
Na Juventus, que até tem especialistas como Pjanic ou Dybala, está-se a comprovar isso mesmo.

PS. EU ADMIRO O CR7, MAS NÃO ACEITO QUE QUEIRAM PASSAR POR CIMA DO GRANDE EUSÉBIO.

EUSEBIUS

publicado por
GRÃO VASCO

9.11.19

Da pastelaria no Porto, para S. Miguel, Açores



ASD apitou o Benfica em Moreira de Cónegos.
As habilidades foram as do costume.
Desta vez já vai prevenido.
Iremos assistir outra vez à habilidosa bandalheira arbitral que puxa sempre o Benfica para baixo?

GRÃO VASCO

4.11.19

TRÊTAS DA SILVA, “O Citador”



Por sugestão de um grande amigo e enorme Benfiquista acabei de ler o mais recente texto de Trêtas da Silva no esgoto geracional da blogosfera gloriosa.

Quando cheguei ao fim da leitura, questionei-me se estava perante um adepto sério e honesto do Sport Lisboa e Benfica ou um fanático obsessivo pelo poder e pelo apetitoso estatuto público que o Clube por inerência oferece. Para mais a mais, na maior, melhor e mais credenciada instituição desportiva e social que hoje Portugal detém, orgulho de mais de metade da população portuguesa e da maioria da sua Diáspora.

Já há muito tinha dispensado a leitura dos textos de Trêtas da Silva, bem como deixado de assistir às suas lastimáveis participações no programa televisivo “O Dia Seguinte”.
De início, na TV, ainda conseguia ouvi-lo, mas depressa o seu discurso sofreu uma marcante deterioração, por vezes com tiques apalhaçados, que nem as suas rebuscadas e repetitivas citações conseguiam inverter. E tudo isto se tornou mais notório quando, ao querer ser o delfim e sucessor de Luís Filipe Vieira no Sport Lisboa e Benfica, levou a pior nega da sua vida, iniciando com declarado despeito e azeda revolta, uma campanha ainda na TV, visando desacreditar tudo e todos no Clube.
Longe vão os tempos em que adulando o Presidente do Benfica, talvez pensando que este o promoveria a seu delfim, dizia alto e bom som que “a Luís Filipe Vieira só lhe faltava um título europeu para ser o melhor presidente da gloriosa História do Sport Lisboa e Benfica”.

Ao encontrar albergue no blogue que concentra o maior grupo de anti-benfiquistas que existe na blogosfera, do qual fazem parte, disfarçadamente, dezenas e dezenas de elementos subversivos dos coios do Freixo e de Al-kassêt que todos os dias aí comentam e desancam o Sport Lisboa e Benfica por tudo e por nada (é por isso que um bando de ignaros vai dizendo que é o mais lido, pudera!...), Trêtas da Silva tem vindo a prestar um enorme serviço aos inimigos do Benfica – o fruta corrupção & putêdo, vulgo fcp, os viscondes falidos de Al-kassêt, vulgo scp e muita CS, nomeadamente a desportiva que se aproveita deste sensacionalismo ordinário para transcrever on line, excertos da sua prosa. O seu objectivo é claro - derrubar o actual Presidente do SLBenfica e por arrasto o seu corpo directivo, alcandorando-se ele próprio e uma inenarrável pandilha de oportunistas, ao apetecido poder no Glorioso.

Trêtas da Silva não é oposição ao poder democraticamente eleito pelos sócios Benfiquistas. É antes de mais um detractor e um conspirador que se tem entretido a lançar cobardemente suspeições sobre suspeições, insinuações sobre insinuações com uma prosa vaga, evasiva, errática até, tentando por todas as formas apoucar, diminuir, minimizar a actual grandeza do SLBenfica, subvertendo uma poderosa e evidente realidade que está à vista de todos, até dos próprios inimigos, e que por mais que ele se esfalfe é do total mérito de quem tem estado à frente dos destinos do Glorioso.

Pega por tudo e por nada. Tudo lhe serve para largar a sua verrina demagógica. Se não é a relva, é o Lucas, se não é o Lucas é o Vinicius, se não é o Vinicius é o Jorge Mendes, se não é o Jorge Mendes é a retrete de sector Y do 3º anel que está entupida. É sempre a esgalhar até à sua derrocada final.
E não pense que é com a abordagem crítica a resultados desportivos menos esperados ou menos bons que terá alguma chance. Não. Os Benfiquistas, os Autênticos, já não vão nessa conversa, especialmente na da Europa, pois em consciência não haverá ninguém que se iluda. Todos queremos o que hoje podemos considerar utópico, mas é legítimo que todos expressemos esse sentimento de conquistar o título europeu máximo de clubes, independentemente de o fazermos deste ou daquele modo. Só um maledicente como Trêtas da Silva consegue fazê-lo de forma a enganar os incautos. Mas só os incautos e os parasitas que gravitam em seu redor e cujo desejo mórbido é arranjarem um tacho no Benfica que tanto invejam, é que partilham destes truques ilusórios.
Se porventura, e agora numa mera hipótese académica, Trêtas da Silva, fosse eleito presidente do SLBenfica, de uma coisa eu teria a certeza – começaria aí a delapidação de um património e o esbanjamento de um crédito que transformaria num ápice o Clube, num apetitoso pasto para os adeptos de ocasião e que sabemos acantonados em lugares como o famigerado e mais lido coio geracional da blogosfera.

Por agora não pretendo alongar-me em mais considerandos sobre Trêtas da Silva. Mas lá iremos novamente a ele e à sua pobre entourage, particularmente a alguns elementos que não passam de perservativos de má qualidade. Trêtas da Silva já começou a usá-los (mesmo nos seus textos) e quando achar oportuno irá jogá-los na sarjeta mais próxima.
No entanto, quero completar a “citação” inicial deste seu último texto no blogue geracional, em que escreve:
“Aquele que é infiel à sua própria consciência tem uma dívida impagável para consigo mesmo”.
Esta pequena citação faz parte de um capítulo do livro de um psiquiatra, professor, escritor brasileiro, doutorado em psicanálise – Augusto Jorge Cury - cujo título é “O Mestre dos Mestres” – uma abordagem a Jesus Cristo e que faz parte de uma teoria desenvolvida pelo autor, chamada de Teoria da Inteligência Multifocal.
Esse capítulo aborda o que o autor chama, a Síndrome de Pilatos.
E então a citação fica completa com o seguinte texto:
[A “Síndrome de Pilatos” tem varrido séculos e contaminado alguns políticos. É muito mais fácil escondermo-nos atrás de um discurso eloquente do que assumir com honestidade os nossos actos e as suas responsabilidades sociais.
A “Síndrome de Pilatos” caracteriza-se pela omissão, dissimulação, negação do direito, da dor e da história do outro].

Ora Caros Companheiros, a quem é que esta síndroma assenta que nem uma luva?

Até à próxima.

GRÃO VASCO




LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...