4.2.11

O carrasco da A. F. Braga está de volta!


Depois de uma vitória do Benfica sobre o grémio da fruta, para a Taça de Portugal, na pretérita quarta-feira e que se revestiu de um significado muito especial – a corja corrupta, nem deitando mão dos seus truques sujos que a acompanham há três décadas, conseguiu evitar a humilhação do seu grémio na Pocilga – volta este próximo fim-de-semana o campeonato da Liga. Um campeonato viciado, que desde o seu início sofreu um ataque corrupto e a todo o gás do bando dos Pintos, a ramificação mais perigosa da Irmandade da Fruta.
Mas se a lealdade e a integridade venceram a perfídia, a chantagem e a violência no seu próprio campo, há fortes razões para continuarmos a acreditar que é possível, não obstante as nomeações dos homens do apito começarem a tomar foro de escândalo.

Vítor Pereira está claramente empenhado em empurrar o Benfica para baixo e em desenrolar a passadeira azul corrupta da Irmandade da Fruta, para assim coroar o clube do seu patrão Fernando Gomes, como vencedor desta liga adulterada desde seu início.

Setúbal sempre foi um campo agreste, onde o Benfica nunca teve a vida fácil, não obstante haver muitos Benfiquistas nessa cidade. E nada melhor que dificultar essa tarefa ao máximo, nomeando precisamente Cosme Machado, o primeiro verdugo do Glorioso neste campeonato, para o jogo de domingo.
Um atrevimento sem escrúpulos nenhuns, depois deste apitadeiro com fortes ligações à matilha de Palermo e de Braga, ter ROUBADO o Benfica na primeira jornada frente à Académica (não sei bem o que aquilo é, se académica ou uma porcaria qualquer, subproduto de Palermo), escamoteando-lhe cinco penaltys e dando o contributo principal para a perda dos três pontos em jogo, colocando-o a marcar passo, como convinha desde logo à Irmandade da Fruta.
Foi um ROUBO às claras, em própria casa do Glorioso.
Um escândalo de um descarado!
A seguir, Olegário Benquerença e Pedro Proença fizeram o resto do “trabalhinho”.

Mas o descaramento ainda é maior quando Vítor Pereira nomeia mais uma vez Vasco Santos para a Pocilga, no jogo que o Rio Ave lá vai disputar.

Depois deste despautério, resta-nos lutar com todas as nossas armas, sermos superiores, jogando com inteligência, com garra, corrermos mais e sem medo, ignorando a cambada de invertebrados do apito que há trinta anos está e continuará a estar subjugada ao poder corrupto de Palermo.

E porque havemos de lutar até ao fim?
Simples.
Nós somos os Campeões. Provámo-lo na quarta-feira e poderemos continuar a sê-los!
Disto não tenho qualquer dúvida!

Carrega Benfica!
Todos estaremos contigo em Setúbal!

GRÃO VASCO

2 comentários:

Master Groove disse...

Bravo, Grão Vasco...jamais esqueceremos a vergonhosa arbitragem deste crápula!!!

Anónimo disse...

Boa sorte...

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...