26.12.11

Prenda natalícia

O Zenit não dorme!

Caros e Gloriosos Companheiros,

No dia 24 de Dezembro, o site oficial do FC Zenit St. Petersburgo trazia duas notícias. A primeira era uma entrevista com o seu presidente, e a segunda era uma análise interessante ao actual Benfica sob várias vertentes.

Tomei a liberdade, de efectuar a respectiva tradução da notícia sobre o nosso Glorioso, que transcrevo com muito gosto e prazer para este post, acompanhado da foto que encimava o texto.

É assim como que uma prenda natalícia para todos os Companheiros Gloriosos que acompanham este espaço e que confirma que os russos estão bem atentos a tudo o que é e o que se passa com o Benfica.

Assim procedesse o site do SL Benfica em relação ao nossos adversários da Champions League. Seria um sinal de significativa melhoria num espaço que continua muito frouxo e pouco apelativo.

No entanto e se tiverem oportunidade passem pelo site do Zenit e vejam as diferenças em relação ao que se passa com o do Benfica.

A foto,



O artigo,

O NINHO DA ÁGUIA

O “team” do povo de Portugal, sem jogadores portugueses, com os recém-chegados do Real Madrid e Barcelona, com o melhor “passador” (assistências) na Liga dos Campeões e uma estrela espanhola nascida no Brasil, em ascensão, - o Benfica – está determinado em jogar melhor contra o Zenit do que o Porto conseguiu.
Internamente, o Benfica é o clube com mais sucesso. As Águias ultrapassam Porto no número de campeonatos (32 vs 25), bem como no número total de troféus (66 vs 63), embora esteja longe dos seus rivais em termos internacionais.
Dos três grandes do futebol português, o Benfica é o clube com mais adeptos, muito embora não tenha nenhum jogador português na sua equipa principal.
O número total de adeptos em todo o mundo ronda os 14 milhões. Além disso, o Benfica detém o record do maior número de associados, segundo o Livro Guiness de Records Mundiais. O clube tem hoje mais de 235.000 sócios.

A equipa do Benfica actual tem muito do seu treinador. Jorge Jesus é um “expert” em futebol e está já na sua terceira época seguida ao serviço do clube. Há umas épocas atrás, treinador do Benfica que ficasse atrás dos seus rivais – Porto ou Sporting – era punido com a “morte” (demissão). Os actuais dirigentes começaram a ter o bom senso para não apressar as conclusões em relação a Jorge Jesus. Porém, depois da sua estreia bem sucedida em 2009/10, decaiu um pouco na sombra do Porto que na época passada ganhou tudo o que havia para ganhar – ganhando num ano o que normalmente se ganha em vários. Tornou-se evidente que dar ao temperamental Jesus a chance de continuar a trabalhar no clube era o caminho certo.
Assim, o Benfica, está a jogar ao mesmo nível dos dragões na liga portuguesa e conseguiu o primeiro lugar no seu grupo na Liga dos Campeões, tornando-se assim, juntamente com o Basel, numa das sensações do torneio ao colocarem fora da competição o Manchester United.
Jesus fez uso de quase todos os seus novos jogadores. Ezequiel Garay que chegou ao Benfica vindo do Real Madrid tem sido bastante útil como defesa central. Além disso, o guarda-redes Artur ex-Roma, quando Luciano Spalletti era treinador daquele clube, tem feito excelentes exibições no Benfica. Por outro lado, o brasileiro Bruno César e o argentino Gaitán têm dado asas à Águia de Lisboa. O belga Axel Witsel, centro-campista, é visível não só pelo seu cabelo tipo afro, mas também pelo volume de trabalho desenvolvido a meio-campo. Nolito, que passou três anos no Barcelona, marcou cinco golos nos primeiros cinco jogos pelo Benfica, repetindo assim a façanha de Eusébio. A partir daí decaiu um pouco e não tem jogado na equipa com tanta frequência.
Nem o Benfica, nem o Porto admitem perder o campeonato este ano e chegaram ao Natal invictos, com registos idênticos de 10 vitórias e três empates. O Benfica não teve este ano nenhuma derrota fora, e empatou no Porto e em Braga e na estreia contra o Gil Vicente na primeira jornada da temporada. Venceu também os seu odiado rival, o Sporting e o Marítimo na Madeira, uma equipa que eliminou o Benfica na Taça de Portugal.
Este época, o Benfica percorreu um longo caminho para chegar à fase de grupos da Champions League, após o seu segundo lugar no campeonato português no ano passado. O team de Jorge Jesus ultrapassou o Trabzonspor seguindo o princípio “empate fora, vitória em casa”. O Trabzonspor ainda entrou na fase de grupos em substituição do Fenerbahçe expulso pela UEFA da competição, após um escândalo de corrupção. Depois, no Play-off eliminou o Twente, um clube bem conhecido dos fãs do Zenit.
Na fase de grupos, o Benfica empatou em Lisboa com o favorito Manchester United, vencendo em seguida, fora o Otelul e obtendo uma vitória-chave em Basel. Não obstante, o Basel ao empatar em Lisboa voltou a complicar a vida ao Benfica. No entanto, com o empate em Old Trafford contra o Manchester United, o Benfica ficou automàticamente apurado e ao vencer o Otelul em Lisboa ficou em primeiro lugar no seu grupo.
O resultado do sorteio dos oitavos-de-final foi encarado da mesma maneira em Lisboa e em St. Petersburg – ambas as equipas tem chances para avançar. Assim, o que se espera é um confronto muito interessante com um final imprevisível.

Principal estrela – Nicolas Gaitán
O médio argentino de 23 anos começou a sua carreira no Boca Juniors como médio defensivo, mas  logo mudou para o flanco esquerdo, apoiando o ataque com mais frequência. Na sua primeira temporada Gaitán foi campeão argentino. Em 2010, o Benfica estava à procura de um substituto para Di María que foi transferido para o Real Madrid e a escolha recaiu no ala esquerda do Boca. A transferência custou 8,4 milhões de euros e Gaitán assinou um contrato por cinco épocas. O objectivo de Jorge Jesus foi formá-lo como um segundo Di María, o que levou o argentino a ter que mudar o seu estilo de jogo, tornando-se mais activo no ataque e até mesmo a aprender a jogar no lado direito, o que ele conseguiu fazer muito bem.
Gaitán é o melhor “passador” (assistências”) na Liga dos Campeões, fazendo assistências nos seis jogos da fase de grupos. O Zenit terá que ter um cuidado especial com os seus remates (tiros) da intermediária e com os cruzamentos das alas para a marca de penalty, coisas que o argentino faz com extrema habilidade.

Rodrigo – o jovem jogador
Se Gaitán é uma estrela que já subiu ao céu europeu, Rodrigo, avançado da selecção júnior espanhola é uma estrela de futuro. Rodrigo nasceu no Brasil, mas rapidamente se mudou para Espanha e começou a jogar na equipa nacional espanhola nos vários escalões a partir dos 18 anos. Enquanto isso acontecia, mudou-se do Celta para o Real Madrid. Jogava no Real B até ao verão passado, mas o Benfica comprou-o, antes de enviá-lo para o Bolton. O jovem espanhol não teve tarefa fácil em Inglaterra, onde na maioria das vezes só entrou como substituto no últimos 15-20 minutos finais, marcando apenas um golo em 17 jogos. No entanto, quando voltou ao Benfica, Rodrigo renasceu. Ainda só jogou oito jogos pelo Benfica mas já tem 5 golos marcados e um absolutamente lindo contrao Basel no estádio da Luz o que o tornou um favorito dos adeptos benfiquistas.



Citação
Rui Costa, director de futebol do Benfica




“Nós temos a certeza da nossa força e olhamos o futuro com optimismo”. O Zenit jogou bem na fase de grupos e colocou o Porto fora do torneio. Temos respeito pelo clube russo, vai ser muito difícil jogar contra eles, mas o Benfica é suficientemente bom para avançar na competição. Como o Zenit é dirigido por um treinador italiano, significa que o seu desempenho parte da defesa, para além de terem um lote de jogadores fortes na sua linha de ataque, especialmente o Danny. O nosso objectivo é avançar passo a passo e jogar bem na Liga dos Campeões. Foi extremamente importante para o Benfica, voltar ao top 16 da Champions League. Agora vamos lutar para chegar ao top 8.


3rd qualifying round.
First match. Benfica — Trabzonspor 2:0 (Nolito, Gaitán)
2nd. Trabzonspor — Benfica 1:1 (Nolito) Trabzonspor - Benfica 1:1 .
 
Play-off round.
First match. Twente — Benfica 2:2 (Cardozo, Nolito)
2nd. Benfica — Twente 3:1 (Witsel, Luisão, Witsel)

Group stage.
1st matchday. Benfica — Manchester United 1:1 (Cardozo)
Group stage.
2nd matchday.  Oțelul — Benfica 0:1 (Bruno César)
Group stage.
3rd matchday. Basel — Benfica 0:2 (Bruno César, Cardozo)
Group stage.
4th matchday. Benfica — Basel 1:1 (Rodrigo) Benfica - Basel 1:1 (Rodrigo)
Group stage.
5th matchday. Manchester United — Benfica 2:2 (own-goal, Aimar) 
Group stage.
6th matchday. Benfica — Oțelul 1:0 (Cardozo)


Expected line up
Artur - Maxi Pereira, Luisão, Garay, Emerson da Conceição - Javi García, Witsel - Gaitán, Aimar, Bruno César - Cardozo.



GRÃO VASCO

1 comentário:

Manuel Oliveira disse...

Antes de mais, BOAS FESTAS!
Bom trabalho caro Grão Vasco.

Abraço.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...