6.5.12

Futsal e RTPalermo 2



Domingo, 6 de Maio de 2012.

A partir das 17 horas e iniciados os meus rituais de recolhimento e meditação, postei-me no meu lugar marcado e liguei a TV na RTPalermo 2 para assistir à final da Taça de Portugal de Futsal.

Quando me apercebi, já o jogo decorria há pouco mais de dois minutos.
Em Oliveira de Azeméis, com o pavilhão repleto – mais de cinco mil pessoas – jogava-se mais uma final entre o Benfica e o Modicus de Sandim, localidade próxima de Vila Nova de Gaia.

Num ambiente de grande entusiasmo, o jogo começava a ter uma tendência quase total para o pendor ofensivo do Benfica, com os sandinenses esboçando aqui e ali ténues fogachos. O jogo só tinha um sentido. Mesmo assim, com todos os Benfiquistas presentes, desde público a jogadores, a demonstrarem grande respeito e desportivismo pela formação adversária.

Até que, quando se ouviu, ecoando por todo o pavilhão, o cântico de incentivo à equipa do Benfica – “SLB, Glorioso SLB” – apareceram os energúmenos de sempre no meio dos adeptos do Modicus a gritar pelas suas mães, completando o cântico com o já habitual “filhos da puta, SLB”.

Dos locutores de serviço da RTPalermo 2 nem um pio de crítica ou de indignação perante este reles e indecoroso insulto a todos os Benfiquistas – os presentes no pavilhão e os telespectadores.

CORTEI O SOM À TV.

O jogo continuava emotivo, com o Modicus a socorrer-se do que podia – alguma farsa à mistura com simulação de lesões e agressões – fazendo pela vida. Por outro lado, o Benfica, perdulário, ia desperdiçando oportunidades em catadupa.

Veio o segundo tempo e uma avalanche de ataque do Benfica. O destaque ia naturalmente para o guarda-redes do Modicus que foi um gigante muito maior que a baliza, complementado por sucessivos falhanços e muito azar à mistura dos jogadores gloriosos.

Mas “água mole em pedra dura, tanto dá até que fura” e Joel Queirós com um remate de livre conseguiu finalmente romper uma rede que se afigurava intransponível.

O pavilhão quase veio abaixo, com uma agitação de alegria nas bancadas, maioritàriamente Benfiquistas.
Golo merecido a cinco minutos do fim.

O Modicus não tinha nada a perder, lançou-se para o ataque com o “guarda-redes avançado” e passados dois minutos, numa jogada feliz repunha a igualdade.
Delírio das gentes de Sandim e dos próprios jogadores que festejaram efusivamente e com uma certa “raiva”, o que se compreende, visto estarem a jogar o “jogo das suas vidas”.

O SOM DA TV CONTINUAVA FECHADO PARA EVITAR INCÓMODOS.

No entanto, o Benfica, como disse no final o treinador do Modicus, uma das melhores equipas nacionais - senão a melhor – e europeias, através de uma atitude séria e digna de realce dos seus jogadores, arrancou novamente para o ataque e pràticamente a um minuto do fim, repôs a diferença, de novo por Joel Queirós.

AÍ, LIGUEI O SOM DO TELEVISOR.

E aí é que foi o bonito!
Por instantes, um dos locutores lá começou a destilar a azia habitual nestas situações, tirando o mérito aos jogadores do Benfica e realçando o falhanço dos defesas do Modicus. A treta do costume!

Mas este travo azêdo não ficou por aqui.
Agora era a referência a alguns adeptos do “clube de Lisboa” em cenas menos dignas, a estragar o espectáculo, insultando e cuspindo para o banco do Modicus.

Não haja dúvidas que este “rapazola” tem um dom especial e que admito que seja uma qualidade ou atributo para ser locutor/jornalista/repórter da RTPalermo 2 dos estúdios sediados na Palermo portuguesa – uma audição e uma visão selectivas.

Se não, porque é que omitiu e não condenou, no início da transmissão, um insulto de resposta a um cântico benfiquista, bem audível através da TV?

Se não, porque é que não relatou e verberou nessa altura, as obscenidades gestuais de meia dúzia de infiltrados que se misturavam na claque do Modicus?

A isto chama-se DESONESTIDADE E CANALHICE profissionais!

Mas se houvesse alguém com coragem dentro da RTP que chapasse nas trombas deste artista e o chamasse à atenção para a sua locução parcial e doentia, decerto que não veríamos este despautério sempre que o Benfica joga em qualquer modalidade.

Mas infelizmente, a “mordaça” existe no norte. Cabe-nos denunciá-la!

Como nota final, a pasquinada de sarjeta on line – as folhas do pançudo dos croquetes e as do intragável careca da quinta – referiram que o jogo tinha sido equilibrado!

Pudera! Nem sequer viram um minuto do jogo…

Olhem se o Benfica tivesse perdido esta taça…

O Carmo e a Trindade estariam a estas horas em escombros!

Os jogadores de Futsal do Benfica estão de parabéns, mas como Ricardinho disse no final do desafio, esta Taça também é dos voleibolistas e da secção do Voleibol do Benfica que ontem, com muito azar  e "pressão" à mistura, perderam o que deveria ser o seu meritório título. Mas não há que desfalecer. Olhar em frente, porque há mais marés que marinheiros, especialmente aqueles "batoteiros" e "fiteiros" de Espinho que à custa de muita vigarice e pressão medonha sobre os árbitros ganharam trapaceiramente o 2º jogo da final!


GRÃO VASCO

1 comentário:

Anónimo disse...

Boa tarde Grão Vasco, esta é infelizmente a sina dos Benfiquistas de ter que fechar o som para não ouvir as babuseiras dos PROXENETAS JORNALISTICOS TANTO DA RTP2 que são OS MESMOS DA RTPINFORMAÇÃO EM PALERMO, como DOS DA SIC E TVI.
MAS ,ONDE ESTÃO OS INEGRUMENOS DOS ADEPTOS DO BENFICA QUE TANTO CRITICAM E ESCREVEM NAS PAREDES, e agora não são benfiquistas PARA RECEBER NA LUZ, ESTES ATLETAS? ONDE ANDAM ESTA CAMBADA DE NOJENTOS QUE INSULTA O PRESIDENTE E NÃO DIZ NADA SOBRE ESTA VITÓRIA OU SERÁ QUE É OUTRO PRESIDENTE O QUE GERE O CLUBE NESTES CASOS?
Espero que os VERDADEIROS BENFIQUISTA, saibam aquilatar a Gestão do Presidente em toda a Esfera que Gira neste momento a Nação eclectica SLBENFICA E NÃO SÓ DE UMA PEQUEMNA PARTE, embora eu também gostasse de ser Campeão no Futebol DA EQUIPA PRINCIPAL, isso que ninguém tenha dúvidas.
ONDE ANDAVA ESTE juíz desembardor "O RAGEL" quando os seus pares que julgaram no Porto e Em Lisboa os Processos do APITO DOURADO e tiveram a destinta lata de não condenarem ninguém, e AINDA UMA BESTA DESTES JUÍZES QUE DEVE SER IGUAL AO RANGEL DIZER" 500€ não é valor que alguém se suje por esta importância, pelo que entendo não pode ser condenado" é que para estes juízes corruptos SÓ AS GRANDES SOMAS É QUE CONTAM? OU É POR ESTAREM COMUNADOS COM O SISTEMA DA CORRUPÇÃO. MAS ESTE RANGEL NEM UMA PALAVRA DISSE, PORQUÊ?
Um abraço do Lampiãovis

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...