9.6.14

Os pauliteiros d'arrochada


 

Que me lembre, só conhecia os de Miranda.

Via-os na TV. Oito dançadores com um traje invulgar – chapéu preto adornado com flores, colete de pardo, xaile colorido, saiote branco bordado, botas de cabedal e meias a condizer – manuseando cada um dois paus (palos), simulando uma luta matraqueadora ao som de uma gaita de foles, caixa de guerra, bombo ou flauta pastoril.

Uma tradição milenar, danças de antanho sui generis do planalto mirandês.

Interessante.

 

Ontem em Turquel fomos presenteados com outro tipo de pauliteiros. Uma versão pimba e trauliteira. Cinco elementos com traje azul e bronco semelhante ao de presidiários, rodas nos botins, um pau meio “astickado” e luvas. Não dançam, urram. Todos. Os efectivos e os substitutos. Arreiam forte e feio e ai de quem se meta com eles. Quando falta o pau vêm umas murraças de luva. São conhecidos como a Sociedade Filarmónica dos Pauliteiros d'Arrochada, Grupo de Trolhas do Freixo ou Os Amigos de Ventura & Bosch, Lda.

Uma tradição com trinta anos, sempre a malhar, sempre a aldrabar, mantida com pintos, tós e franklins, onde o saber perder ou o saber ganhar não têm lugar.

Vergonhoso!

 

8-3. Sem espinhas!

P’ró ano há mais.

 

Só falta o andebol…

 

 


GRÃO VASCO


3 comentários:

Vermelho disse...

O que se passou no Sheraton do Porto?

Anónimo disse...

É um regalo ver os porcos andrades corruptos assumidos levarem oito na peidola! Tenho pena da nandinha coitadinha! Mais uma que vai acabar por cair nos braços do Malheiro!

BENFIQUISTA DO CORAÇÃO disse...

ASSINO POR BAIXO

E PARA QUE SE SAIBA A FORMA
COMO O GRANDE BENFICA MARCA
OS JOGADORES:

«Fui mal interpretado» - SiqueiraRedação A- A A+

Falhado o acordo para continuar no Benfica, Guilherme Siqueira acertou na semana passada a transferência para o Atlético Madrid. O jogador, contudo, garante que foi mal interpretado quando afirmou que ia agora representar um grande clube.

«Quando falei que iria representar um grande de Espanha fui mal interpretado. Nenhum jogador vai estar jamais por cima da entidade Benfica. De Lisboa estou levando uma temporada maravilhosa, onde, juntamente com os meus companheiros, conseguimos fazer história no maior clube de Portugal e um dos maiores do mundo», esclareceu Siqueira, numa mensagem publicada na rede social Instagram.

O lateral brasileiro prometeu mais esclarecimentos para breve, mas aproveitou desde já para agradecer ao clube da Luz, garantindo que o Benfica ganhou mais uma família de adeptos.

Eis a mensagem:

«Primeiramente quero deixar aqui algumas palavras, porque desde que viajei de férias muito se falou e ainda não me pronunciei.

Amanhã farei um comunicado agradecendo o Granada por me ter dado nos 3 anos que estive lá a oportunidade de voltar à elite do futebol mundial. Por segundo quero agradecer ao GRANDE clube que representei na última temporada. Quando falo GRANDE não é só a dimensão do clube, e sim falo dos jogadores, mister, corpo técnico, corpo médico, diretoria, roupeiros, etc.

Quando fui para Itália também assinei por clubes grandes. Então quando falei que iria representar um grande de Espanha fui mal interpretado. Nenhum jogador vai estar jamais por cima da entidade BENFICA. De Lisboa estou levando uma temporada maravilhosa, onde, juntamente com os meus companheiros, conseguimos fazer história no maior clube de Portugal e um dos maiores do mundo. Amanhã explicarei o porquê de não chegarmos a acordo (já posso adiantar que nunca pedi a quantidade que os meios de comunicações divulgaram), mas infelizmente estava emprestado e o preço da minha compra era elevado. Sendo assim, tivemos insucesso para chegar em um acordo. BENFICA obrigado por tudo.

Eu e a minha família seremos eternamente gratos por tudo que vivemos nesse último ano. Aprendi muito e com certeza o Benfica ganhou mais uma família de adeptos. A família Siqueira. Obrigado a todos e CARREGA BENFICA.»

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...