18.5.16

Crónicas canalhas



“Pela boca morre o peixe”, lá diz o adágio popular. Mas desta vez morreu um cardume de trogloditas e trauliteiros. Um cardume com muita arraia-miúda, mas também com algum peixe graúdo.

E foi assim que o “tubarão” Eduardo Barroso “morreu” esta época – empanturrou-se alarvemente e cedo de mais, acabando bem gordo, esticado na praia, bolçando azia por todos os poros. Não rebentou como os sapos, mas malhou do cimo da árvore cá para baixo, tal como o porco que nunca soube como é que lá chegou, mas que acabou por estatelar-se estrondosamente no chão.
A sua última “negligência cirúrgica”, no pasquim do Serpa dos croquetes, edição de hoje, reflecte o derradeiro estertor de um moribundo traído pela sua grande bocarra e por uma cegueira galopante e irreversível.

Ordinário e anti-benfiquista como sempre!

Mas a sua canalhice literária hoje, foi mais longe, com um chorrilho repugnante – uma palavra que ele utiliza com frequência para rotular grosseira e malcriadamente quem corajosa e verdadeiramente lhe fez frente mas que por mais paradoxal que pareça, lhe assenta que nem uma luva – de insinuações, envolvendo pessoas, neste caso o presidente do Sport Lisboa e Benfica e o treinador Rui Vitória que lhe deveriam merecer, pelo menos, respeito institucional.

Eduardo Barroso numa peroração constante - ora num lamento calimérico sobre o jogo onde Mitroglou silenciou um estádio em transe, com um golo solitário, ora evocando “Guimarães e o Vitória” fazendo comparações absurdas, ou ilibando e desculpando uma besta da sua igualha, com estatuto socio profissional diferente, mas semelhante na verborreia, na má-criação, na arrogância e num ego onde prevalecem a estupidez e as tentativas abrutalhadas de humilharem os outros – conclui sempre o seu discurso da mesma forma:
- O Benfica é que o mata, bem como ao seu grémio.

E não é que os matou mesmo?

Mereceu. Ele e mais alguns pela forma rasteira e canalha como tentaram jogar a lama onde chafurdam, para cima de alguém que os colocou, já há muito, no seu devido sítio – abaixo do primeiro lugar.

A culpa?
Ora, ora, ela é sempre do Benfica, da sua estratégia comunicacional, do seu controle sobre os árbitros, de tudo o que mexa de vermelho de águia ao peito.

Eduardo Barroso demonstra acima de tudo ser mau perdedor. É como um bêbedo com mau vinho. Rancoroso, instiga sub-repticiamente ao ódio ao Benfica. Besunta-se no mesmo chiqueiro onde vomitam Octávio Machado, Inácio, Marta Soares, BdC e quejandos.

EB sofre também de amnésia irreversível. Esqueceu-se que aquele que hoje adula cegamente, “despejou” – adoptando uma célebre terminologia de outro alagartado Einstein futeboleiro de pacotilha, chamado Joaquim Rita – o seu grémio do play-off da Champions, da Europa League, da Taça de Portugal, da Taça da Liga, e por fim, rebentando a escala, com a derrocada no Campeonato da Liga portuguesa, já para não falar das humilhações sofridas aos pés de uns albaneses desconhecidos, que fizeram, “só”, o seu melhor resultado de sempre na Europa – uma vitória e logo por 3 a 0 – e nas derrotas com uniões e portimonenses desta vida, e da triste figura por incompetências e desleixo, perante uns alemães fracotes, que se limitaram a gerir por duas vezes os resultados.

EB sonhou que seria a sua caneta que lhe ganharia os jogos do seu grémio e que faria com que o Benfica cedesse. Recorreu a tudo. Até recorreu, aquando da sua alusão à idade de Renato Sanches, à sacanice de mencionar um hospital onde exerceu a sua profissão, colocando em dúvida os registos e o rigor dessa mesma instituição de saúde. As insinuações do costume.
Esta foi uma canalhice que o definiu para sempre. Passei a olhar para ele, como olho para um cão-de-fila que passa na rua vestido à sporting. É que nem o carneiro da moda consegue ser.

Eduardo Barroso tem o que merece.



GRÃO VASCO


4 comentários:

RuiL disse...

POIS EU ACHO K AINDA FALTA MUITO PARA ELE TER O QUE MERECE, ELE E TODA AQUELA PANDILHA TERRORISTA. E...OU MUITO ME ENGANO OU VÃO TER, PROVAVELMENTE QUEM SE VAI SAFAR DEPOIS DE REBENTAR COM AQUELA MERDA TODA É O BESUNTO-MOR, DEIXA-OS TODOS GANINDO, ESTA GENTE NÃO SÃO sportinguistas COISA NENHUMA, ELES SÃO ANTI-BENFIQUISTAS.

Anónimo disse...

Eles estão com saúde financeira pelo menos gabam-se disso

Anónimo disse...

GOLEADA DEDICADA A TODA A ""CARNEIRADA""

QUE INSINUAVA QUE O BENFICA TERIA TROCADO

A VITORIA NA MADEIRA

PELA DERROTA NA TAÇA DA LIGA


DISSERAM ISSO PORQUE

SERIA O QUE FARIAM

SE ESTIVESSEM NO LUGAR DO BENFICA??????


O BENFICA GANHOU O CAMPEONATO LIMPINHO

SEM TONEIS

Anónimo disse...

POR CONCORDAR EM ABSOLUTO
COM O TEXTO QUE SE SEGUE
RELATIVO A UMA ENTREVISTA MISERÁVEL
E DEGRADANTE

RUI SANTOS DEVIA SER DESPEDIDO
POR FALTA DE CATEGORIA PROFISSIONAL
PARA A FUNÇÃO

AQUILO FOI EM ESTILO COREANO

UM NOJO

“”UPS! PISEI MERDA...TOU A BRINCAR...PISEI UM rui santos
por BENFICA365, em 22.05.16
O assessor cagalhão dos monólogos da siquenuticias veio a terreno lavar a cara ao iscariotes entregando-lhe um troféu...de melhor treinador...
Um troféu dado ao iscariotes, para convencer a lagartada que esta época não foi um falhanço. Com base ou feito através dos mais ponderados, consagrados e elaborados critérios cientificos de primário anti-benfiquismo, que o próprio cagalhão dos monólogos da siquenuticias já nos presenteia de alguns anos para cá.

Embora nesta Liga 2015/2016 tenha assistido:
um Petit operar um milagre, pelo segundo ano consecutivo, desta vez com o Tondela...
um Lito Vidigal colocar o Arouca no mapa, num honroso 5º lugar e numa competição europeia....
um Paulo Fonseca de nota artistica, empenhado, entregando-se em todas as frentes...
um treinador subestimado, titulado de não treinador, titulado de não criador, titulado de plagiador e incapacitado condutor de Ferraris, ser Campeão Nacional com o record absoluto de pontos...e até com mais nota artistica que a equipa do "cerebro"...

Pensei que já tinha visto de tudo...ou melhor continuo a assistir de tudo!

Eternamente Sport Lisboa e Benfica””


LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...