25.10.16

O 50º aniversário de Renato Sanches



Renato Sanches não esteve com meias medidas e escolheu Monte Carlo para comemorar o cinquentenário do seu nascimento.
A gala “Golden Boy” não só confirmou a sua maturidade e veterania como também a sua qualidade excepcional de jogador de futebol. A sua eleição envolveu trinta jornalistas de diversos países. Para vinte deles, Renato Sanches encimou a lista dos cinco jogadores que cada um escolheu para receber o prestigiado prémio que vemos na imagem e que foi instituído pelo diário desportivo italiano, Tuttosport.

Dentre os diversos jornalistas encontravam-se Fernando Urbano de “A BOLA” que votou em primeiro lugar em Renato e um rapazola de sua graça José Angélico, um escribazito adstrito ao record das pêtas que fez o favor de revelar tamanha isenção e independência (ou será inveja, dor de corno ou aversão ao preto e ao vermelho?) que em cinco nomes por si indicados, ignorou por completo o maior talento português e europeu da época de 2016/17.

Congratulo-me pelo reconhecimento internacional do Renato por jornalistas que decerto o conhecem menos bem do que os bandalhos de um jornal de merda que passaram o ano passado a achincalhá-lo e continuam a apoucá-lo como se ele fosse um renegado do futebol português, enquanto continuam a lamber o escroto do filho da Dolores.

Uma postura vergonhosa e rasteira a que se associou uma corja de filhos-da-puta e de canalhas que ao longo da época transacta, desde que Renato começou a despontar na equipa principal do Benfica, usaram e abusaram de suspeições e insinuações na comunicação social, numa reles e constante bandalheira, colocando em dúvida e pondo sistematicamente em causa a idade do jogador. A essa gajada, que chafurda no fôsso do lagartêdo, quais cães raivosos espumando ódio pelo focinho, na qual destaco um médico, de maus-fígados, alienado anti-benfiquista que num artigo de opinião, chegou ao cúmulo de colocar em causa os registos das mulheres e bébés africanos relativos aos nascimentos no hospital Fernando da Fonseca, vou reformular mais uma vez o meu sincero desejo de mandá-los para as putas que os pariram.

Agora, comprem as passagens e toca a ir a Monte Carlo apagar as velas do bolo de aniversário do Renato Sanches, seus bastardos de merda!


GRÃO VASCO


1 comentário:

Águia Eterna disse...

SUBLIME.

Benfica Benfica Benfica Sempreeeeeeeeeeeeeeeeee o Maior e o Melhorrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrr

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...