16.10.17

Instinto animalêsco



Era o sonho da sua vida…

Entrevistado pelo jornal A BOLA - mais um descaramento jornalístico e uma falta de respeito pelos cidadãos sérios e impolutos deste país – pendurado num galho onde contabilizava os lucros de bilhetes vendidos aos otários e aproveitava para escrever o seu segundo livro de façanhas à margem da lei, o famigerado líder de assaltos às estações de serviço, de ameaças a árbitros e de constantes instigações à violência aproveitou mais uma vez a oportunidade para fazer eco do seu ódio ao Benfica.

"Pelo ódio que tenho por eles e para lhes fazer a vida negra. Seria um jogo de raiva". "Seria um jogo em que iríamos transformar em força todo o ódio que temos por eles" – explicou anteriormente em declarações ao 'Jornal de Notícias'.

A BOLA, aproveitando a embalagem não fez por menos. Entrevistou-o, colocando uma foto de dimensão razoável do dito símio, numa das suas páginas interiores.

O símio queria o Benfica em Canelas!

A desilusão foi grande. O combate, um misto de kung-fu, capoeira, aiki-do, karaté, muai-tai, boxe e trolha à portuguesa (joelhadas nos queixos, pontapés na cabeça, agressões a la carte), preparado pela equipa de desdentados, marginais, criminosos, analfabetos e quejandos afectos ao fruta corrupção e putêdo e sob o comando dessa criatura simiesca, perdeu-se numa valente cabeçada que enviou um cónego para o hospital.

O Benfica não apareceu e o sonho mórbido morreu!


GRÃO VASCO



Sem comentários:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...