28.4.18

Dos pomares da Palermo portuguesa…





O advento de um novo grupelho de adeptos da fruta trouxe consigo espécimes de uma estirpe perigosa. Este é um deles. Mete nojo e recuso-me até a pronunciar o seu nome.

Espécimes “criados” numa terra onde valores e princípios foram completamente estrangulados por uma corja que por vezes à descarada e noutras nos bastidores do seu submundo continua a reinar há quarenta anos.

Remeto-vos, com a devida vénia, para dois artigos publicados no blogue “Hugo Gil e Benfica”, indicadores claros de que todos os espécimes referidos têm e irão continuar a ter uma obsessão doentia pelo Sport Lisboa e Benfica, tentando contaminá-lo em acções sem quaisquer escrúpulos.




GRÃO VASCO

Sem comentários:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...