22.3.11

Associação de malfeitores


Com as novas e incendiárias palavras de ordem, “o nosso destino é vencê-los” que complementa o slogan "a roubar desde 1893", a associação de malfeitores mais conhecida do país - sediada na “Palermo” portuguesa, conhecida além fronteiras como “batoteiros que compram títulos em supermercados”, tendo inclusivamente como líder e mentor espiritual um dos maiores bandidos de que há memória em Portugal, impune há trinta anos - tal qual uma “Al Qaeda” portucalense e em miniatura, bem pode regozijar-se de mais um acto hediondo, bem representativo e resultado de um comportamento criminoso de um incendiário e psicopata, instigador da violência e do conflito, que agora, tal como num filme de terror, transforma as suas vítimas em “palhaços”.

Uma película vista e revista, sempre e quando o Benfica se desloca para jogar em localidades no norte do país.

Esgotado o “stock” das bolas-de-golfe dentro dos relvados, a acção, recorrente, é transposta para as auto-estradas com o arremesso criminoso e homicida de uma chuva de pedras que ontem, por muita sorte, não vitimou o presidente e a respectiva comitiva Benfiquista, após mais uma indiscutível e retumbante vitória por 5 a 1. Como bem sabemos, o Paços e as suas gentes sérias e trabalhadoras não têm nada a ver com estas incríveis situações. Conheço muitos pacenses e benfiquistas de bem nessa terra, "capital do móvel", que convivem e confraternizam pacìficamente e em família.

Nós, Benfiquistas, sabemos do azedume e da raiva de alguns que é verem mais de 30.000 Benfiquistas num estádio no estrangeiro, verem um apuramento limpo e categórico para os quartos-de-final de uma competição europeia, verem Paris e a maioria dos estádios do nosso país vestidos de vermelho e branco, à Benfica, verem um entusiasmo e um apoio constantes ao clube, não obstante haver momentos menos bons; sabemos também do ódio que mentalidades bacocas e provincianas expressam, ao olhar para esta grandeza e nobreza de um clube popular, e que granjeia simpatias por todo o mundo, não só através dos seus sucessos desportivos como também pela sua componente humanista e de solidariedade para com os mais necessitados e desafortunados.
É esta a verdadeira dimensão do Sport Lisboa e Benfica e que faz com que a inveja de uma agremiação corrupta a norte, se transforme em actos de terror e violência. Para esta gentalha, vale tudo para alcançar os fins a que se propõe.
E são vitórias como a de ontem em Paços de Ferreira que essa associação de malfeitores não consegue digerir nem aceitar. Daí que snipers, gangs e energúmenos bem conhecidos e sempre ligados à cor azul corrupta deste país, concertem acções cujo desfecho é sempre o mesmo – atentados vis e cobardes, visando a instalação de um clima de intimidação e medo que lhes permita em função de desaires alheios, obter resultados trapaceiros e mentirosos no campo desportivo.

Ao invés das enraivecidas e rancorosas palavras de ordem de que “o nosso destino é vencê-los”, contrapomos com “ganhar, ganhar, ganhar”, seja qual for o adversário, respeitando-o sempre”, o nosso verdadeiro lema, o lema glorioso!

Por muito que alguns “media” promíscuos se esfalfem e queiram colar a MAIOR INSTITUIÇÃO DE PORTUGAL a este clima de terror e violência, - protagonizado no norte do país por uma corja de malfeitores que nem de longe nem de perto se identifica com o Verdadeiro Norte, o Norte saudável onde todos os credos, sejam eles religiosos, políticos, clubísticos ou outros, têm livremente lugar – dizendo que há dirigentes do Glorioso a contribuir para este “incêndio” criminoso, isso é uma mentira gratuita e uma manipulação grosseira.
Lamentàvelmente teremos de suportar este tipo de jornalismo selvagem e terrorista de contra-informação, “à la Palermo”, que vive de mãos dadas com o ilícito e o crime - o Benfica e os Benfiquistas são vilipendiados, achincalhados, molestados, agredidos, e continua a não se passar nada - enquanto as autoridades policiais e judiciais não actuarem devidamente.
O terror e as ameaças da “Palermo” portuguesa espalham-se pelo norte, infectando-o, atingindo outras localidades e agremiações – a vandalização das Casas do Benfica são um facto condenável, perante a passividade de muitas autoridades - com a conivência desta matilha de ligações perigosas a tudo o que é submundo e marginalidade e que se infiltra noutros clubes e instituições criando ao Benfica um clima de hostilidade nunca visto, mas que na realidade se circunscreve a pequenos núcleos de malfeitores eficazes e altamente violentos que actuam impunemente e em ligação com a sede, mas que nada têm a ver com o norte, com esses clubes ou agremiações. E a verdade é que não o escondem, quando vemos uma promiscuidade atroz na cidade que lhes dá guarida, em associações, em reuniões, em televisões, em rádios e jornais – é entrevistas em directo com criminosos, é divulgação de discursos a instigar ao ódio e à violência, são títulos incendiários nos jornais e outros órgãos de informação, são programas culturais com as amantes e toda uma fauna intragável e irrecuperável. Há na realidade uma teia azul corrupta e criminosa que trabalha sem cessar na consecução dos seus objectivos que passam principalmente por amordaçar o verdadeiro Norte que não se revê nestes comportamentos abjectos.

O Benfica tem-se demarcado sempre destas acções, mas a contra-informação ao serviço do grémio que há muito se transformou numa associação de malfeitores, tenta por todos os meios estabelecer a confusão, lançando mais gasolina para uma fogueira criminosa e que é da exclusiva responsabilidade de quem oferece putas, dinheiro e viagens a árbitros, de quem pactua silenciosa e cùmplicemente com a agressão de bolas-de-golfe a jogadores do Benfica e ao seu autocarro, de quem foge do país quando sabe através da própria polícia que há um mandato de captura em seu nome, de quem manda sovar amantes e autarcas incómodos, de quem afronta o poder, de quem é um fora-da-lei com o beneplácito de alguns juízes.

Mas tudo isto não justifica por parte do Benfica, em circunstância alguma, procedimentos idênticos ou parecidos.
É imperioso que os futuros acontecimentos, e refiro-me particularmente aos jogos que o Benfica irá ter pròximamente na Luz, decorram dentro dos limites da normalidade evitando que o clube sofra prejuízos de qualquer espécie.
Saibamos mostrar a essa gentalha que não pactuamos com o crime e a violência e que para GANHARMOS nunca precisámos, não precisamos, nem precisaremos de trilhar os mesmos caminhos que tornam essa agremiação de malfeitores uma das entidades mais execráveis e indignas deste país.


GRÃO VASCO

5 comentários:

GuachosVermelhos disse...

O coração impele-me a juntar-me aos que clamam por vingança...penso que não haverá um só benfiquista que não se sinta enojado e com desejos de retaliação...
A cabeça diz-me que o que eles querem é precisamente isso...
Se alguém do Benfica lhes atirar nem que seja com um ramo de flores, aparecerão de imediato todos os escribas, polícias, juízes e políticos "corajosamente" condenando o que agora covardemente calam!
A táctica dos mafiosos é essa...é a táctica da guerrilha onde os corruptos se sentem à vontade!
A táctica do bufolas corrupto é arranjar um clima de guerra onde se fale de tudo menos de futebol, criando um clima semelhante ao que existe em Palermo (porto) para poderem meter tudo no mesmo saco!
Será fácil para a corja amestrada da liga da vergonha e da batota, castigar o estádio da luz para assim não poder-mos recebe-los em casa no importante jogo da Taça de Portugal!
Nós não somos como eles, nós somos o Benfica!
Proponho que todos levemos cartazes com palavras de ordem do tipo;
CORRUPTOS, VOCÊS SÃO CORRUPTOS!
CAMPEÕES DA MENTIRA E DA BATOTA!
CAMPEÕES DAS AGRESSÕES E DA COVARDIA!
CAMPEÕES DA COMUNICAÇÃO SOCIAL COMPRADA!
CAMPEÕES DOS JUÍZES CORRUPTOS QUE NÃO ACEITAM ESCUTAS COMO PROVA!
CORRUPTOS, VOCÊS SÃO UNS CORRUPTOS...

Águia Eterna disse...

Eu cá para mim só quero é que eles OS CORRUPTOS ANDRADES MORRAM TODOS.
aQUILO É A pior ESCÓRIA/ESCUMALHA QUE A humanidade alguma vez conheceu.

iNFELIZMENTE NESTE PAÍSITO DE MERDA QUE NÃO PASSA DE UMA quintarola, DOMINADA PELA BATOTA E CRIME ORGANIZADO, A corrupção VENCEU A "justiça", mas não VENCERÁ A VERDADEIRA JUSTIÇA, pois esssa ainda vai a tempo de GANHAR A GUERRA.

BENFICA, SEMPRE,SEMPRE,SEMPRE, CONTRA TUDO E CONTRA TODOS OS porcos corruptos desta QUINTAROLA.

António Duarte disse...

Caro GuachosVermelhos, concordo em absoluto contigo. Só na parte em que comparas Palermo ao porto é que não. Desde à muito que Palermo se envergonha com as práticas dos nossos mafiosos. Mesmo eles não foram tão longe. Quanto ao post, uma só palavra;SUBLIME!
Nota: Morreu Artur Agostinho. Conhecido sportinguista, pessoa Séria, Honesta, Profissional a 100%. Sempre respeitou o BENFICA e os benfiquistas. Tinha um carinho especial pelo GRANDE EUSÉBIO. Tinha 90 anos e por mim poderia ter cá ficado por muitos mais. DEUS enganou-se! O outro, O CORRUPTO, DESONESTO, MAFIOSO, INCENDIÁRIO, é que deveria ter sido chamado. Viva o BENFICA!!!

aguia livre disse...

Cari'ssimo Grao Vasco parabens pela lucidez e clareza na analise.E'de benfiquistas como voce que no's precisamos de ouvir e ler.elescomo ja' teem o ti'tulo oferecido querem a dobradinha para gaudio do corupto-mor e o aprendiz de treinador,vao fazer tudo para nos tirarem da final da taça.nao devemos reagir a provocaçoes.ja'agora uma correçao ,estamos apurados para os quartos de final.abraços.P.S. sou novo nestas andanças e leigo nas tecnologias ,portanto tenho limitaçoes .

GRÃO VASCO disse...

Caro Águia livre,

Grato pelo reparo das meias-finais.

O lapso já está corrigido, mas não me importaria que o erro não fosse corrigido, pois era sinal de que já tínhamos ultrapassado mais uma eliminatória.

A vontade é tanta, que saltei para as meias sem ver sequer os quartos...:-)


Obrigado e saúde!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...