2.8.11

Ainda?




Como é que o miserável pasquim “record”, depois de ter “queimado” Roberto à nascença, cobarde e selvàticamente, usando sempre a terminologia dos autênticos carroceiros, prejudicando notòriamente o jogador e o Benfica, se atreve AINDA a fazer mais esta capa sobre o guarda-redes espanhol?


Mas o que é que estes bandalhos, supostamente jornalistas, têm contra o Roberto?

O Benfica e os Benfiquistas não podem, nem nunca poderão ter respeito por esta nojenta publicação e pelos seus MENTORES.

Quando é que iremos pôr esta “gajada” nos eixos?
Quando é que esta folha da pasquinada REBENTA?

A desfaçatez é de tal ordem, que a manipulação e a bastardice atingem o mais baixo nível que se possa imaginar.
Ainda ontem na edição online, antes da edição de hoje em papel, a “gajada” surge com uma notícia (clicar) cujo título, manipulado vergonhosamente, não corresponde ao teor das declarações do Roberto.

Roberto diz:
- “Esta foi a minha primeira opção, dou graças ao clube pelo interesse. Se a força que o Saragoça fez por mim fosse feita por outro clube, não teria feito o esforço de sair do Benfica. Em Portugal, fui muito criticado por terem pago tanto por um guarda-redes desconhecido. A adaptação não foi boa e estive abaixo do nível normal. Não me deram margem de erro", afirmou o guarda-redes espanhol na sua apresentação, que apontou ainda o dedo à imprensa portuguesa”.

Agora o título e o subtítulo:
- “Roberto: «Benfica não me deu margem de erro»
REVELA QUE NÃO ATINGIU O SEU POTENCIAL EM PORTUGAL


Então o Roberto diz, “não me deram margem de erro” (uma frase impessoal, que não identifica o sujeito), e aqueles cabrões fazem um título colocando no sujeito da frase, o Benfica?

Que filha-da-putice é esta?
Será que querem enganar quem?

Quem não deu margem nenhuma de erro ao Roberto foi o mísero “record” e o grupo media onde está inserido e que é, como todos sabemos, o grupo Cofina, que fizeram uma campanha íniqua, desumana e cruel contra um profissional íntegro e um homem sério.

QUANDO É QUE TODOS OS BENFIQUISTAS DEIXARÃO DE COMPRAR DEFINITIVAMENTE ESTA MERDA?
A PIOR VERGONHA DO JORNALISMO QUE SE DIZ DE “DESPORTIVO” EM PORTUGAL?

GRÃO VASCO


4 comentários:

Carlos Alberto disse...

Não costumo aqui comentar mas hoje abro uma excepção com a devida vénia:

Sujeito, Predicado? os gajos do Record sabem lá o que isso é...

Águia Eterna disse...

Oh Grandíssimo BENFIQUISTA GRÃO VASCO, esse pasquin de 5ª categoria é actualmente conhecido por rascord e não Record. Vou repetir: RASCORD, RASCORD, RASCORD de rasca, de baixo, de surrapa, de mentirosos, de amestrados e vassalos ou fóculporco, enfim de AUTÊNTICA TRAMPA. BENFICA, SEMPRE,SEMPRE,SEMPRE, O MAIOR E O MELHOR.

Anónimo disse...

pior ainda que o jogo,,,é que o jogo é claramente 1 jornal de propagadanda corrupta,basta ver as folhas anunciar os jogos do porto,com umas imagens de fundo sempre interesantes etc...pronto sao assumidos,e eu nao vejo problemas nisso....agora estes??? isto é a pior merda que existe,comprar nunca comprei jornal nenhum,leio aquele que estiver no cafe pra me entreter,mas era bom que os benfiquistas deixassem tambem de clicar na sua pagina online,é que isso tambem conta,da minha parte á muito que o deixei de fazer,confesso que as vezes tenho vontade,so pra ver os disparates que por la passam...mas nao.nao clicko

Luís disse...

por mim nunca levarão um centimo mais...comprava porque já era habito do meu avô que todos os dias tinha o seu jornal desportivo para ler...mas cresci a perceber para que o mesmo é utilizado e principalmente quando alguém diz na tv(octavio machado) que certos jornalistas desistiram do processo apito dourado por ordens que receberam de superiores(ou seja quem manda nos pasquins...) fico contente por muitos benfiquistas estejam por fim a perceber o mesmo...vamos acabar com eles!!!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...