17.10.11

SL BENFICA - adiantar a "hora" em Basel



Não obstante o histórico dos confrontos para as competições europeias entre o Sport Lisboa e Benfica e equipas suíças, ser favorável ao Glorioso – nenhuma derrota em quatro jogos disputados, com dois empates na Suíça e duas vitórias expressivas na Luz e respectivas eliminatórias ganhas* - o jogo de amanhã com o FC  Basel 1893 da cidade com o mesmo nome, no estádio St. Jacob-Park irá ser duro e difícil.

No país dos “mestres do tempo”, o Benfica pode e deve adiantar a “hora” europeia do seu precioso relógio futebolístico, ganhando assim o avanço necessário para encarar sem sobressalto de maior a 2ª volta desta fase de grupos 2011/12 da Champions League.

O Benfica, seus jogadores, staff técnico e adeptos, terão obrigatòriamente de funcionar como uma máquina de precisão de elevada qualidade, tão boa ou melhor do que uma obra-prima de topo de qualquer prestigiada marca relojoeira suíça – o excelente e moderno estádio de St. Jacob-Park, a equipa do FC Basel e a sua falange de apoio, considerada uma das claques do top 20 mundial, serão mais um rigoroso teste às capacidades de uma “máquina” que tem procurado, e até agora bem, o certificado europeu de qualidade.

Basel poderá ser o início de mais um “salto no tempo” para o Glorioso, mas o recente percurso dos suíços, quer no plano interno, quer na Champions, deixa antever um adversário forte ou o empate a 3-3 em Manchester, no quase inexpugnável Old Trafford não tivesse sido prova disso mesmo.

Por tudo isto, perspectiva-se um jogo muito disputado e um espectáculo de muita emoção, onde o Sport Lisboa e Benfica terá de estar à altura dos seus pergaminhos.

Curiosamente, nas únicas duas épocas em que jogámos com equipas suíças, conseguimos atingir a final das competições europeias onde estávamos inseridos. Em 64/65, para TCCE eliminámos nos oitavos-de-final, o La Chaux-de-Fonds, campeão suíço nesse ano e defrontámos em S. Siro, o Inter de Milão numa final de má sorte para o Grande Benfica de Eusébio e Coluna. Em 82/83 na Taça UEFA, eliminámos o FC Zürich nos oitavos-de-final e perdemos a final a duas mãos com os belgas do Anderlecht. [De salientar que para o jogo da segunda mão desta final da Taça UEFA, disputada no Estádio da Luz, a equipa do Benfica viu-se privada do jogador Diamantino, gravemente lesionado – na altura o melhor jogador da equipa – que no sábado anterior tinha sido alvo de uma entrada selvática de um jogador do Vitória de Guimarães.]


Por lapso de memória cometi uma gaffe relativamente ao Diamantino. Este episódio último que está entre parêntesis rectos ocorreu aquando de outra final, mas para a TCCE contra o PSV. No entanto, havia um episódio relacionado como esse nosso grande jogador na final com o Anderlecht e que me confundiu com o que descrevi, e que foi uma perdida incrível do Diamantino, em Bruxelas que daria o golo do empate. Assim é que é.


Agradeço a especial atenção de alguns leitores do blog que tiveram a amabilidade de nos comentários me terem alertado para esse lapso. O meu muito obrigado a esses Companheiros - Guachos Vermelhos, Ravanelli e jzz

Porque não sonhar?

Boa sorte, e ...carrega Benfica!


*
Época de 1964/65, Taça Clubes Campeões Europeus
04/11-1964   La Chaux-de-Fonds,1 – SL Benfica,1
09/12-1964   SL Benfica,5 – La Chaux-de-Fonds,0

Época de 1982/83, Taça UEFA
24/11-1982  FC Zürich,1 – SL Benfica,1
08/12-1982  SL Benfica,4 – FC Zürich,0


GRÃO VASCO

9 comentários:

jzz disse...

Caro GV, se não estou em erro, esse episódio do Diamantino foi antes da final da Taça dos Campeões Europeus de 88 contra o PSV...

ravanelli disse...

sobre o diamantino e as finais, não haverá confusão com a final de 1988? Aí é certo que o diamantino ficou de fora, se não me engano com a perna partida no sábado anterior contra o vit. de guimarães...

Abraço encarnado

GuachosVermelhos disse...

Companheiro Grã Vasco, o Diamantino levou a tal patada por trás (assisti in loco) uns anos mais tarde...quando o Benfica foi à final com o com o PSV na Taça dos Campeões em Estugarda!

Águia Skywalker disse...

Saudações gloriosas.
Um texto que muito me apraz ler, repleto de Benfiquismo genuíno, e já agora, com trabalho de casa bem feito. Lembrou-me de uma coisa: Diamantino, creio que por razões idênticas, falharia ainda a Final da Taça dos Clubes Campeões Europeus, em ‘88 com o PSV.
Nunca se saberá o que teria acontecido se estivesse em campo naquele dia…
Porque não sonhar..?
Viva o Benfica!!!

GRÃO VASCO disse...

Caros Companheiros Guachos Vermelhos, Ravanelli e jzz,

Por lapso de memória cometi uma gaffe relativamente ao Diamantino. Este episódio último que está entre parêntesis rectos ocorreu na realidade, aquando de outra final, mas para a TCCE contra o PSV. No entanto, havia um episódio relacionado como esse nosso grande jogador na final com o Anderlecht e que me confundiu com o que descrevi, e que foi uma perdida incrível do Diamantino, em Bruxelas que daria o golo do empate. Assim é que é.


Agradeço a especial atenção de alguns leitores do blog, muito particularmente os que mencionei neste comentário, que tiveram a amabilidade de nos seus comentários a este post me alertaram para esse lapso. O meu muito obrigado a esses Companheiros Gloriosos - Guachos Vermelhos, Ravanelli e jzz

Anónimo disse...

"Atl. Madrid: Manzano preocupado com jejum de Falcao"

QUE INOCENTE
QUE TENRINHO
QUE INGÉNUO

Ó MEU
FALTAM-LHE OS BONS ARES DA PÓVOA

Ana Margarida disse...

Caro GV

Acabo de chegar de Nova Iorque e deixo-te mais uma prova da grandeza do nosso glorioso

http://saudososdoporcosujo.blogspot.com/2011/10/minha-unica-foto-de-nyc.html

GRÃO VASCO disse...

Gloriosa Ana Margarida,

Muito grato pela excelente foto que me enviaste.

Saudações Gloriosas

GRÃO VASCO

Anónimo disse...

SEGUNDO A UEFA

O FC Porto lidera uma das estatísticas mais indesejadas da Liga dos Campeões. Os 8 amarelos que os dragões viram no jogo de quarta-feira frente ao APOEL, colocaram os portistas como a equipa mais admoestada da prova com 13 cartões.

A nível individual também há uma estatística em que os azuis e brancos se destacam, mais concretamente Hulk (na foto), os remates ao lado. O Incrível já fez 14 remates na direção errada

ISTO NÃO É NOVIDADE
ESTÃO MAL HABITUADOS
POR CÁ
O QUE ATÉ OS PREJUDICA
VEJA-SE O CASO DO ROLANDO
CÁ METE AS MÃOS
NA SELECÇÃO PÔ-LAS ATRÁS DAS COSTAS E FOI O QUE SE VIU
EHEHEHEHEHEHEHEHEHEHEHEEHEHEH

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...