12.11.12

As “mamadas” do Mesquita


 

Pelos vistos, Mesquita Machado é apologista das famosas “mamadas”!


 


De que tipo não sei, mas evitando as pornografias do futebol e da política a norte, neste caso nas encostas da Falperra, nas matas do Sameiro ou do Bom Jesus, ou em qualquer beco da Ribeira de Palermo, poderemos ver como se fazem as clássicas e as sérias, através de duas fotos sugestivas e elucidativas.


 


Desta vez, Salvador, Mesquita & Cª., esqueceram-se de chorar e ficaram a chuchar no dêdo. Falharam mais uma “mamada” no Proença!


Sabemos também que esta cambada só chora quando a questão é o Benfica.


Pois é!


Os artistas brácaros esqueceram-se do calimero do Fôsso e zumba!


Ontem foi o Godinho, o protagonista da “mamada”!


E que bem que ele mamou! Nem foi preciso ir para o deck da proa de um paquete! Pimba! Foi logo ali, no Fôsso e à vista de toda a gente, depois de ter chorado baba e ranho na sexta-feira, na rua Alexandre Herculano!


 


O pequeno anquilossauro da Falperra, depois desta “traição” do Proença veio botar faladura, e como sempre, na linguagem trauliteira que o caracteriza e que tem feito escola numa casta nortenha agarrada ao poder há anos e anos e a qualquer preço.


 


“Quem não chora, não mama” – desabafou o mamífero.


 


Futebol e política, política e futebol. Uma promiscuidade com três décadas, de gente sem escrúpulos, onde vale tudo para ganhar.


O adágio popular invocado grosseiramente por Mesquita é bem revelador da forma como a corja da qual faz parte, vê o futebol, ou não fosse este cacique do Jurássico, nessa matéria, unha e carne com o condenado por tentativa de corrupção desportiva durante muitos e muitos anos.


 


Assim ganharam fama o grémio corrupto do Freixo e os próprios brácaros, que têm feito do eixo Porto-Braga, um bloco controlador dos malabaristas do pífaro, ou não fossem Jorge Sousa “o Superdragão do Lordêlo”, Artur Soares Dias “um chico-esperto do Porto”, Augusto Duarte de Braga e protagonista do incrível filme “A gaveta da cómoda da Madalena”, Carlos Xistra, Rui Costa, Olegário Benquerença e o próprio Proença, agora tão criticado, alguns dos títeres que ao longo dos anos desequilibraram e decerto irão continuar a fazê-lo, jogos e jogos à tripa forra em prol de brácaros e corruptos azuis e broncos.


 


Para os amnésicos compulsivos, aqui vão algumas escandaleiras, transformadas em célebres “mamadas” de Mesquita, Salvador & sus muchachos:


 


2009/10 – Jorge Sousa no Sp. Braga-Benfica. Anulado o golo limpo de Luisão que daria o empate ao Benfica. Expulsão escandalosa de Cardozo. Benfica é derrotado por 2-0.


Excelente “mamada” de Mesquita.


 


2009/10 – Artur Soares Dias no Sp.Braga-V.Guimarães. Bandalheira completa com 3 penaltys marcados contra os vimaranenses, levando os “brácaros” ao colo na tentativa de os manter na corrida do título. Não chegou para roubar o campeonato ao Benfica.


Mais uma “mamada” de Mesquita, mas desta vez um pouco atabalhoada.


 


2010/11 – Carlos Xistra no Sp. Braga-Benfica. Benfica a ganhar por 1-0 e expulsão vergonhosa de Javi García com encenação de Alan. Na sequência do livre fantasma, empate do Braga, que a jogar com mais uma unidade venceu o desafio.


Esta foi uma “mamada” porca de Mesquita, que com um discurso incendiário “tratou” e tentou colocar o povo bracarense contra o Benfica acto em que tem reincidido de uma forma mais ou menos explícita sempre que o Glorioso visita Braga.


 


2011/12 – Pedro Proença (o tal que ontem virou a sua têta?!? para o Godinho) no Sp. Braga-Benfica. Penalty escandaloso marcado a Emerson, por pretensa mão, que colocou em vantagem o grémio da Falperra. Permissividade e passividade do artista do pífaro na estratégia do “apagão”, quando o Benfica estava no seu melhor período. Uma palhaçada!


Mas nem assim evitou o golo do Benfica que assim empatou o jogo.


Uma “mamada” de Mesquita às escuras.


 


Querem mais?


É que isto já mete nojo. Tanta porcaria junta!


Para a próxima comprem uns guardanapos de papel ou uns toalhetes perfumados para disfarçarem!


Mas na próxima jornada já vão piar fininho ou ficar caladinhos que nem ratos, como é habitual neste caso – jogam em casa contra os seus tutores do Freixo!

 

GRÃO VASCO

3 comentários:

Francisco Duarte disse...

pouco se fala dele.. mas este Mesquita está ao nível do corrupto-mor!!!!!

Atlas disse...

Então e o mais flagrante de todos este ano contra o Braga na Luz onde o betinho com uma sena que nem ensaiada foi conseguiu ver o golo da victória do Benfica anulado?
É que por ter afectado o resultado final devia ter levado com um sumaríssimo em cima.

Anónimo disse...

Lol,uma mamada as escuras.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...