11.3.13

Dois morcões do Freixo na Venezuela









 

 

Quem ontem assistiu ao Jornal da Noite da SIC, talvez não se tenha dado conta da esperteza saloia e da manipulação subtil inclusas na reportagem sobre os portugueses emigrados e radicados na Venezuela, protagonizada pela dupla a la Palermo, Pedro Cruz/Teles Morais, respectivamente o repórter da locução e presumìvelmente o operador de câmara.

 

Pois estes dois melros não o fizeram por menos. De armas e bagagens, estes dois enviados-especiais da SIC assentaram arraiais no Clube Português da Venezuela e numa reportagem em que só faltou aparecer alguém com o retrato do corrupto-mór do Freixo, bem ao estilo do que muitos fazem e fizeram com a imagem do falecido presidente desse país, Hugo Chávez.

 

O objectivo da SIC com esta reportagem teria à partida algum interesse, pois abordava mais uma vez o tema da nossa diáspora, neste caso na Venezuela, onde segundo estimativas, existem milhão e meio de portugueses, entre emigrados e luso-descendentes.

No entanto, não houve nada melhor do que avacalhar a reportagem, fazendo propaganda sub-reptícia e manhosa ao grémio da fruta corrupção & putêdo, vulgo fcp.

Ainda poderia admitir que algumas imagens fossem perfeitamente enquadradas, com naturalidade, na reportagem. Mas não. E terão oportunidade de constatar isso mesmo através do link que vos deixo sobre a 2ª parte do Jornal da Noite, logo no seu início.

 

Portanto, com o tal Pedro Cruz na locução, numa pronúncia horrível e macarrónica à moda da Palermo portuguesa e com o operador de câmara conivente na bacoquice provinciana, apanágio daquela gentalha azul e bronca das barracas de praia, trataram de exibir imagens de um clube de portugueses em Caracas, na Venezuela, com 2.000 sócios, correspondente a 13.500 familiares, para realçarem não só as preocupações desses emigrantes quanto à insegurança que se vive neste país da América Latina, como também para mostrarem que por essas bandas existem alienados corruptos com o mesmo vírus dos que se encontram para as bandas do Freixo, na Palermo portuguesa.

 

E assim, como não podia deixar de ser, estes dois chicos-espertos tiveram de associar algumas imagens de vários morcões emigrados venezuelanos, ao clube corrupto do Freixo, propangandeando-o desta forma.

Começaram por exibir, em grande plano, a cabeçorra de um fulano, de costas, com um boné em cuja parte posterior se via o nome do grémio da fruta, a letras maiúsculas e grandes. Logo depois, apareceu um adolescente com o equipamento cujo padrão é igual ao do das barracas de praia da Madalena. A seguir mostraram o rapaz a jogar à bola num polidesportivo do complexo, para terminarem com um fulano qualquer, tesoureiro do clube (olha logo o tesoureiro…) enfarpelado com uma t-shirt azul bébé, com o emblema do fruta corrupção & putêdo, vulgo fcp, ao peito. Tudo isto entrecortado com uns arremedos de entrevistas, numa reportagem absolutamente medíocre.

 

Estes gajos não têm emenda e de tanta estupidez caiem no ridículo, pois de entre dois mil sócios, tinham logo, “por coincidência”, de apanhar três ou quatro artolas do clube das putas e dos árbitros que com elas “dormem”.

 

Por curiosidade, o clube deverá estar bem “controlado” por aquela morcanzoada que por cá também se passeia impune. Os guarda-sóis com publicidade ao BPI – cujas cores do brand são o vermelho e o branco - são azuis, as cadeiras da esplanada da mesma côr, o chão do recinto do ténis, azul é, bem como o de mais alguns equipamentos. No mínimo tudo tendenciosamente da mesma côr…

 

Enfim, tudo feito com alguma premeditação, bem como o conteúdo visual da reportagem…onde até meteu a imagem da Santa e a camisola da selecção portuguesa, para disfarçar…

 

Tal como em todos os canais da RTP, também na SIC e na TVI aparece esta corja que infesta e infecta os media como se de uma praga de piolhos se tratasse. O que é certo é que os carrapatos continuam à solta a fazerem o que bem querem e lhes apetece perante a passividade de quem deveria actuar nestas circunstâncias,

 

Dum-dum ou Shelltox para cima deles, já!

 

 

http://sicnoticias.sapo.pt/programas/jornaldanoite/2013/03/11/edicao-de-10-03-2013-2-parte


 


GRÃO VASCO

2 comentários:

Anónimo disse...

Toda a razão GV. Como se na Venezuela só houvesse amantes da fruta. Foi preciso muito corte e costura para só haver camisolas de prisão e de praia na reportagem.
É isto a toda a hora na CS privada ou pública; para quando uma desbaratização da merda corrupta?

Miguel

jzz disse...

Fui só eu que achei estranha a "desnomeação" da besta do proença do braga marítimo.

Será que ele está reservado para os barreiros no próximo fim de semana?

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...