12.3.13

A prioridade das prioridades


 

Esta é a prioridade das prioridades.

 

À excepção da Taça Latina vivi todas as jornadas gloriosas do Benfica na Europa e foram essas odisseias que o transformaram num clube mítico a nível mundial, com um prestígio, carisma e mística inigualáveis.

 

A projecção do Benfica na cena internacional toma uma grandeza única, quando no seu início se constata que o clube emerge de um país da cauda da Europa, atrasado em muitíssimas áreas, pobre, retrógrado, à beira de um conflito colonial, e se bate de igual para igual com todos os colossos futebolísticos dos grandes e desenvolvidos países europeus.

Nada que se possa comparar com títulos recentes, de outros, ganhos à martelada e eivados de batotas temperadas garridamente com camarões e lagostins de Matosinhos e com um bouquet de putas e prostitutos para árbitros e fiscais-de-linha .

 

Todos aqueles que como eu têm vivido todos esses tempos gloriosos até hoje – e diga-se, com justiça, que todas as campanhas mais recentes do Benfica têm demonstrado que esse gigante adormecido e maltratado durante alguns anos voltou a despertar, acendendo também uma luzinha de orgulho nos mais novos, como é o caso dos meus jovens filhos, o que me faz acreditar que o Glorioso tem òbivamente aquela capacidade de actualmente, atingir de novo o topo à escala europeia.

 

Por tudo isto será muito positivo o apuramento para os quartos-de-final da Europa League e façamos votos para que os jogadores que 5ª feira entrarem em campo, sejam bafejados pelos ventos da fortuna. Mas para que tal suceda será imperioso honrar solenemente o Manto Sagrado.

O jogo será muito, muito difícil, mas é possível.

 

No entanto, como já tive oportunidade de mencionar, esta semana é das mais difíceis que o Benfica tem esta época, porventura até agora, a mais difícil. E se o apuramento for uma realidade, muitas semanas estarão aí à porta tão difíceis e tão iguais como a que decorre.

 

Entretanto a prioridade das prioridades, por questões estratégicas e não só, é o campeonato nacional. E não valerá a pena entrarmos em considerandos de teor diverso, ou discussões meramente académicas para concluirmos isso mesmo. Todo o Benfiquista o sabe e deverá tê-lo sempre presente, pois o focus principal é esse e só esse.

Tudo o que vier depois disso serão sempre mais-valias que nos encherão de orgulho, mas o campeonato é fundamental.

 

Os franceses estarão à nossa espera de dente afiado. Mas Guimarães é a grande batalha desta semana.

 

Oxalá os deuses do futebol estejam connosco.



GRÃO VASCO

2 comentários:

Tantos Lixos disse...


Oxalá!
In shaa Allaah!
إن شاء الله

BENFIQUISTA DO CORAÇÃO disse...

concordo

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...