15.3.14

O tee-shot e o swing do Luisão


Em grande estilo!
Que mais se poderá acrescentar a esta pancada soberba do imaginário de Luisão, após o cabeceamento, também soberbo, no 2º golo do Benfica?

Nem Tiger Woods faria melhor!

A trajectória imprimida à bola e o seu destino, só o grande capitão sabe, mas para gáudio de quem presenciou a emissão da SIC sobre o Tottenham-Benfica, ficará sempre com a impressão de que ela acabou por embater na cornadura do ribeiro cristóvão, fazendo prévia carambola na cachimónia do jorge batista e no nariz do joão rosado, transformando-o numa batata apalhaçada.

Foi um fartar vilanagem!

Antes da transmissão do jogo, na abordagem prévia ao desafio, já António Simões - o virtuoso pequeno extremo-esquerdo do Benfica que em 1962 defrontou os ingleses no mesmo White Hart Lane, na altura com uma lotação para 65.000 pessoas e que excedeu em muito esse número, para verem o Glorioso, campeão europeu em título – com alguma diplomacia tinha tratado de mandar à merda o comentador desportivo mais desprezível que a SIC tem – jorge batista – e um candeias que por lá aparece agora, só faltando oferecer-lhes umas “chancas” e um convite para jogarem uma peladinha com os zarolhos fc e com o dínamo dos pernas-de-pau.

Depois bem, depois foi um fartote. Paulo Garcia ainda se portou devidamente, relatando o jogo em directo, mas o seu compagnon de route, joão rosado, mais pareceu um triste apêndice falante, debitando patetices atrás de patetices.
Após aquela do off-side do avançado inglês que segundo ele, estava “no limite” do fora-de-jogo, quando na realidade a distância era de um metro, cortei-lhe o pio. Sacrifiquei aquelas vozes gloriosas que atrás de uma das balizas se faziam ouvir em todo o estádio, mas teve de ser.
Só nos golos do Benfica voltei a desbloquear o som, pois enquanto durou a partida, peguei na casota do grilo e pus a cantar o bicharoco em cima do aparelho de TV, pois vale mais ouvir o grilar deste insecto do que o matraquear de uma rela rosada.

À rela deixo-lhe uma sugestão – em vez de ter o descaramento de comentar os jogos do Benfica, que alugue uma camioneta de caixa aberta, (pode ser uma daquelas Bedford velhas e ferrugentas a deitar fumo por todos os lados) e vá mas é recolher bolota para a sua terra. É que há muito porco para alimentar naquela estação de televisão privada. E já agora, não perca a embalagem e faça uma distribuição extra, na TVI ou na RTP…alermo!

Quanto ao clone do velho marreta do “Muppet Show”, o inefável ribeiro cristóvão, ainda atordoado por aquela “bolada” do Luisão que lhe acertou mesmo no meio da cornadura e que o pôs a balbuciar as habituais patacoadas sobre Jorge Jesus e abespinhado com o gesto dos three fingers (sem procurar saber a razão de tal gesto do treinador), faço votos para que da próxima vez, o JJ varie de desenho e lhe faça outros gestos com os três dedos, porque aquela carcaça merece e porque com aquela idade é mandatório o exame por toque rectal de ano a ano, para avaliação do estado da próstata.

Por mim, só lamento que o JJ não tenha exibido quatro dedos. Deixava tudo ainda mais tranquilo para a 2ª mão em Lisboa.

A azia destes caramelos continua e continuará até ao dia em que o Benfica escorregar. Nós sabemo-lo bem e de todos os Benfiquistas haverá sempre a obrigação de lhes prolongar o martírio até ao desespero.

A Luisão, desejo que na próxima quinta-feira, faça o mesmo na Luz que fez em White Hart Lane.

Mas atenção, Companheiros,
Esta eliminatória com o Tottenham ainda não está ganha!



GRÃO VASCO


1 comentário:

As Papoilas do Biscaia disse...

Um vídeo dedicado aos comentadores da treta e ás borbolatas da gloriosasfera...
http://www.dailymotion.com/video/x1h1ojz_jorge-jesus-e-sheu-han-amigos-como-sempre-football-is-not-for-little-kids_sport#from=embediframe

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...