24.10.14

“Palermo” no seu melhor… (II)

(clicar para aumentar e ler)

 

…Ou a arte de bem receber, segundo “O Nojo”.

 

Se tivesse acontecido na Luz, já tinham caído “o Carmo & a Trindade”!

 

Mas não, não se passa nada. Naquele antro corrupto e tenebroso tudo se confunde – superdragões, pistoleiros, candongueiros, seguranças, autoridade policial, dirigentes, skominas e restante escória.

 

É assim, “a la Palermo”!

 

 

GRÃO VASCO

2 comentários:

Anónimo disse...

Desta vez não foi o porto, clube... Foi a POLICIA...do Porto, aquela que não é capaz de garantir a segurança dos Benfiquistas, nem sequer do autocarro da equipa. Enfim, nada de novo para nós...

Anónimo disse...

""A confissão de Eriksson de que o futebol português tornou-se “mais sujo, mais corrupto”, após o seu regresso ao Benfica em 1989/1990 é uma das muitas revelações que o técnico sueco faz na sua biografia que vai ser publicada em Portugal na próxima semana.

“Durante a minha ausência de cinco anos de Portugal, o futebol tornou-se mais sujo, mais corrupto. Havia muitos escândalos e muitas conversas sobre os árbitros. O FC Porto crescera e tornara-se poderoso”, pode ler-se em “Sven-Göran Eriksson – a minha história”. ""

E ASSIM SE GANHARAM TITULOS EM 30 ANOS
OS TITULOS DA TRETA DA FRUTA DOS QUINHENTINHOS
DO CAFÉ COM LEITE, SEMPRE EM FRENTE PARA A CASA ILUMINADA
PARA CONSELHOS MATRIMONIAIS
PQOP

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...