27.11.14

Preparar o futuro



Quando em finais de Agosto, ao saírem em sorte ao Benfica, para a fase de grupos, russos, alemães e franceses, e Jorge Jesus se pronunciou sobre as hipóteses de apuramento de todas as equipas para a fase seguinte, fiquei logo esclarecido e muito, muito apreensivo quanto ao futuro europeu do Benfica a curto prazo.

 

Enquanto JJ, timorato, se desdobrou em declarações extensas, muito vagas e titubeantes, com múltiplos considerandos, tentando desde logo afastar núvens negras que pudessem aparecer (como apareceram) no caso de insucesso, usando e abusando da referência à primeira prioridade sua, da equipa e do clube, em matéria de resultados desportivos – renovação do título nacional – os seus pares do Bayer, do Zenit e do Monaco nunca esconderam a ambição de atingir a fase das eliminatórias, neste caso os 8ºs-de-final da Champions League. Caso curioso, o facto de nessa altura e mesmo no momento actual, a Europa League nem sequer chegar a ser equacionada por nenhum deles. É sintomático.

 

Todos os meus leitores sabem, e muito particularmente aqueles que me acompanham aqui há um bom par de anos, que nunca “morri de amores” por JJ. Desde os seus tempos como treinador do Sp. Braga que assim é e assim será por diversos motivos que não vêm agora para o caso. Mas aqueles que possam estar à espera de vê-lo aqui crucificado, que “tirem o cavalinho da chuva”. Não o farei. JJ estará pelo menos até ao fim da época à frente dos destinos da equipa e até lá terá sempre o meu apoio. Tenho o meu espírito crítico em relação a tudo o que tem feito no Benfica, mas guardá-lo-ei só para mim, por uma questão de respeito e defesa intransigente do Clube.

 

A ressaca de ontem, em termos desportivos, não chega sequer para me provocar insónias e é uma pequena gota de água amarga comparada com o oceano de lágrimas e revolta ocorrido em Turim, na final perdida da Europa League, em Maio passado, e que se constituiu como os dos maiores roubos da história do futebol nas competições da UEFA.

Ontem, em S. Petersburgo aconteceu futebol. Nada mais do que isso.

Poderemos e deveremos equacionar, com alguma preocupação, a variável financeira. No entanto, continuássemos ou não na Europa, o affaire Enzo Pérez seria discutido e dissecado na mesma – aquele em que estão envolvidos os pressupostos e imprescindíveis milhões – e em que os media, especialmente os pasquins, não deixariam de martelar, não só pelo mediatismo que encerra, como também pela estratégia dessa gentalha na tentativa de enfraquecer o plantel do Benfica. Terei alguma curiosidade em ver qual o comportamento desta bicharada, especialmente o pasquim do serpa dos croquetes que deu o argentino como vendido uma dúzia de vezes. Já nem falo na folha pasquineira rasca do record das petas porque a palavra “fracasso” na capa da edição de hoje diz tudo quanto à bastardice useira e vezeira dessa gajada em relação ao Glorioso. Quantas vezes a palavra “fracasso” não teria de ser a parangona de capa para definir o percurso do lagartêdo nos últimos dez anos…

Enfim…, mas uma coisa é certa, certinha. Do meu bolso, nem um cêntimo para essa cambada.

 

Portanto, não irei nem trilharei caminhos ínvios. Por eles, vão trotando dois ou três canalhas e uma matilha de “bipolares” da blogosfera dita Benfiquista.

Aos “bipolares”, que passam da euforia à depressão num tempo inferior àquele em que o hulk dá uma corrida desenfreada seguida de um pontapé para o pinhal, nada melhor que fazerem uma peregrinação ao Cristo-Rei e lançarem-se bem de lá de cima no vazio, tombando como águias doidas, depenadas. Para os canalhas geracionais, especialmente para dois javardos – shadows e by gb - que como porcos morcões da Palermo portuguesa chafurdam num asqueroso chiqueiro de infâmias, mentiras e insinuações a JJ e ao presidente Vieira – o meu desprezo total e a certeza de que em qualquer vitória ou êxito do Benfica nunca serão benvindos nem dignos de partilhá-los com os Autênticos e os Incondicionais Gloriosos, estes sim, os verdadeiros Militantes Benfiquistas.

 

Mas não tardará o dia em que essa ralé geracional será devidamente escrutinada em local próprio e definitivamente expurgada dos locais e espaços Gloriosos.

Já esteve mais longe.

 

Vamos olhar em frente e preparar o futuro, na certeza de que é nos reveses como o de ontem e nos momentos amargos das derrotas que se gera a força incomensurável do Benfica e dos Benfiquistas que projectou e colocou o Clube novamente no patamar que lhe é devido por direito próprio e que muitos quiseram destruir.

 

Avancemos para Coimbra.

Carrega Benfica!

 

 

 

 


GRÃO VASCO


8 comentários:

Anónimo disse...

Caro Grao Vasco ja muito muito tempo que nao comento no teu blog tendo certa vez te enviado um coment e nao o publicaste fiquei sentido mas nao zangado e nunca deixer de ler o teu blog,os teus textos,o teu grande Benfiquismo porque gosto de te ler,gosto dos teus textos como defendes o Benfica e por vezes com grande dose de humor,hoje nao resisti e enviar um coment este texto merece que muitos o leiam e o comentem,tambem espero que nao estejes chatiado comigo,mesmo que nao publiques o meu coment te vou continuar a ler viva o Benfica e teremos saber lidar com os fracassos porque o Benfica que nos da alegrias e o mesmo quando perde dias melhores virao concerteza.

GRÃO VASCO disse...

Anónimo,

Pressuponho que sejas quem eu penso, pela palavra "coment".

Mas olha, sinceramente não me recordo de ter apagado qualquer comentário teu.
É possível que eu esteja equivocado, mas será que me terás enviado mesmo esse "coment"?

Cmpts.
GV

Papoila Saltitante disse...

Meu caro, partilho da tua opinião, aliás já avisei alguns benfiquistas que escrever na blogosfera sobre o Benfica é de uma tremenda responsabilidade, algo que parecem não estar muito interessados em aprender, preferem ver o nome do Benfica na lama... enfim, um grande abraço, a luta continua.

Frank disse...

Caro GV sim sou essa pessoa que tu pensas porra ainda estou por saber como enviei o meu coment sem ir com o meu nome nunca comento em lado nenhum sem o Frank a frente desculpa la amigo,eu ontem a noite quando li o teu texto estava e estou ca com uma gripe em cima que nao e brincadeira nenhuma,sim e possivel que esse tal coment do passado nao tenha seguido por vezes acontece seja como for de vez em qdo da-me essas birrinhas mas o que importa aqui e da forma como escreves os teus textos sobre o nosso Benfica nunca te deixei de ler aprecio imenso como escreves sei que tambem sabes onde e como se cometem alguns erros no Benfica mas nunca atropelas quem quer que seja de quem esta a frente dos destinos do nosso Glorioso clube força amigo assim vale,cumprimentos.
Frank

GRÃO VASCO disse...

Companheiro Frank Glorioso,

A forma já muito "americanizada" (presumo que estejas algures nos EUA ou no Canadá) da tua escrita, levou-me à tua pressuposta identificação.

Ainda bem que foste tu. Fico contente porque afinal houve algum "bug" que extraviou esse tal comentário, pois que me lembre nunca apaguei nenhum comentário teu.

A gripe não ataca só por aí. Tenho andado com uma "carga" impressionante e aproveitei a oportunidade de ficar em casa para elaborar e publicar o post de que gostaste.

Sei, acima de tudo que és um Grande Benfiquistas pois "vejo-te" em comentários noutros blogues, muito especialmente num que me despachou da sua lista de links vá lá saber-se porquê...

Mas não importa. Cada um é como cada qual. Agora um Benfiquista terá sempre de ser Autêntico e ler da Carta Fundamental do Benfica e do Benfiquismo - isto é, nunca, mas mesmo nunca apoucar, criticar, achincalhar, rasteirar, ofender o Emblema Sagrado representado pelas suas altas figuras e profissionais.

Haverá sempre tempo para apresentarmos as nossas sugestões e críticas. E esse tempo é o tempo eleitoral. Só aí me verão emitir a minha opinião em relação ao que se passa ou poderá passar ou em relação a temas delicados no Sport Lisboa e Benfica.

Saúde e SaudaçÕes Gloriosas.
GRÃO VASCO

Frank disse...

Caro GV lol fui logo identificado a primeira,nunca escrevi em nenhum lado como anonimo puxa teve que ser no teu blog mas foi uma distraçao do caraças aconteçe m as mesmo como anonimo soubeste imediatamente quem era, eu mesmo que quize-se ser como alguns Benfiquistas anonimos que pululam de blog em blog achincalhando o nosso clube e quem nele dirige nao olhando an meios, para mim fazem isso para nos dividir,tambem por vezes sou um bocadinho mais critico mas faço-o de uma forma respeitosa,estou no Canada o que e praticamente a mesma coisa que no USA aliaz vivo perto da fronteira sao meus vizinhos agora e a minha vez de identificar de quem te riscou do blog mas calculo quem seja,pronto atitudes desonestas mas deixa pra la tens um belo blog cheio de Benfiquismo o qual da prazer ler,
Cumprimentos.
Frank

Benfiquista do coração disse...

Escrito com carradas de razão

Zé disse...

Face ao MONSTRUOSO ESCÂNDALO apintador
protagonizado pelo sr famoso Olarápio
não podiamos deixar passar em claro essa situação
sem fazer uma pergunta ao distinto(?)
paladino da verdade desportiva(?)

Xôr Rui dos Cantos do Extra-tempo da Xic

Broxelência que fez mil e um comentários ao famoso
fora de jogo no Benfica-Rio Ave, fora de jogo esse BEM ASSINALADO,
insinuando que a decisão do fiscal em última análise
era uma decisão pró-Benfica, apesar de acertada (pasme-se)

que dirá agora broxelência, não a decisões acertadas,
mas sim a decisões que foram autênticos gamanços? Sim que dirá broxelência
a dois penaltis ESCANDALOSOS (um deles com as duas mãos juntas, que se via de fora
da nossa galáxia) e a duas expulsões perdoadas (uma delas já fora do campo e que se via
dos confins do Universo)?

Que dirá broxelência??????????????

Se tiver tomates para dizer que foi gamanço puro
que foi um escândalo
que o argelino Braimi já não deveria jogar contra o Benfica
aí tirar-lhe-ei o chapeu

Agora se assobiar pró lado (como a estrutura silenciosa do Rio-Ave)
e se meter em copas, então melhor será ir dar banho ao cão
e a sua dita verdade desportiva NÃO PASSA DE UMA GRANDE TRETA

MOSTRE QUE TEM TOMATES PARA FALAR
MOSTRE QUE TEM VOZ PARA DENUNCIAR
AQUELA QUE FOI UMA APINTAGEM AO NIVEL
DE UM CALHEIROS OU DE UM DONATO DOS BONS VELHOS TEMPOS
EM QUE O BAÍA DEFENDIA COM AS MÃOS FORA DA ÁREA
OU AUTO-GOLOS PORTISTAS SEREM ANULADOS
POR O AUTO-GOLISTA PORTISTA ESTAR FORA DE JOGO (EHEHEHEHEH)

E já agora uma palavra final para os anti-benfica esverdeados que presenciando
o mesmo que todo o País viu, a única conclusão que tiraram
foi a de que em coimbra o Benfica foi levado ao colo.

Ao colo foi levado o Sporting porque com zero a zero marcaram
um golo ilegal
e ao super colo 4 foi levado o clube do sistema (acordem srs antis)

Xôr Rui dos Cantos não nos desiluda

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...