28.2.15

O coice da mula



Couceiro ou coiceiro. Que dá coices, que escoicinha.

 

José Couceiro fez jus ao nome.

O coice deu-o na conferência de antevisão ao jogo Benfica-Estoril, realizado este sábado na Luz:

- “As equipas pequenas são as mais prejudicadas e vemos depois os grandes a discutirem entre eles qual é o mais prejudicado… o Benfica está focado no título e fará deste jogo uma final”.

 

Coiceiro fez declarações semelhantes quando jogou com o grémio da fruta, vulgo fcp ou com o grémio do lagartêdo?

Claro que não!

 

Coiceiro não resistiu à sua natureza. Lagarto, tal como Pontes e afins, tentou condicionar a arbitragem, aproveitando a onda reles de anti-Benfiquismo primário que grassa nos mídia. Saiu-lhe o tiro pela culatra. O Benfica deu-lhe uma lição de como se joga futebol. Com uma exibição de luxo humilhou-o, trucidou-o. Sem perdão.

 

Coiceiro não respeitou o Benfica, ao falar do possível favorecimento do árbitro ao Glorioso.

 

Coiceiro embrulhou meia-dúzia. Poderiam ter sido doze. Merecia-os!

 

Coiceiro após a lição:

-“Estávamos a reagir na segunda parte... Há falta de bom senso, não sei o que se passa com os árbitros, prejudicam as equipas para os jogos seguintes. A expulsão é um exagero, houve falta de classe do árbitro. Não havia intenção de cortar a bola com a mão”.

 

Aquilo até parecia um novo coice, um “coice de mula”. Mas não, era diarreia!

Infeliz!

 


GRÃO VASCO

1 comentário:

benfiquista do coração disse...

Caro Grão Vasco senti tambem a mesma indignação. Tudo dito a pedido para não deixar arrefecer o assunto.

Já cansa

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...