12.5.15

Os xenófobos moram na Palermo portuguesa…



Como é que um bando de filhos da puta, acantonados na Palermo portuguesa, se atreve a falar em toquezinho xenófobo, se são esses cães-de-fila, esses canalhas, os primeiros a apelidar de “mouros” ou “magrebinos” todos os Benfiquistas deste país, inclusive os próprios portuenses gloriosos de Manto Sagrado vestido?

 

Como é que esses miseráveis, acoitados sobre uma capa abandalhada e sabuja de uma publicação diária bandida e corrupta, afecta ao grémio da fruta corrupção & putêdo, vulgo fcp, essa sim, eivada de xenofobia e ódio, têm o desplante de falar em toquezinho xenófobo, por alguém chamar “basco” a um basco ordinário?

 

Como é que gentalha desse calibre, que “só quer ver Lisboa a arder”, pode falar em toquezinho xenófobo?

 

Como é que esses prosélitos de um canalha que trata os seus amigos por “filhos-da-puta”, que vomita verrina asquerosa e espuma ódio à capital do nosso país, que apelida os seus habitantes, Benfiquistas e outros, de “mouros”, podem vir falar em xenofobia?

 

O basco é basco, ou não é?

Queriam o quê?

Que dissessem que ele é espanhol?

Ou que ele é um ordinário, com o tal toquezinho xenófobo, ao tratar esses mesmos filhos da puta que o albergam e a maioria dos jornalistas e restante cáfila submissa da comunicação social abaixo de cão?

Ou ao tratar os portugueses com manias de superioridade, essa sim carregada de contornos complexados e xenófobos?

 

Viesse um maremoto e levasse esta corja de bandalhos azuis e broncos e a sua xenofobia para uma fossa atlântica no Golfo de Viscaya!

Isso sim! Portugal, de norte a sul, ficaria muito mais limpo e saudável!

 


GRÃO VASCO


2 comentários:

Anónimo disse...

SE PORTUGAL FOSSE COMO A GRÉCIA

“”Ameaça de despromoção paira sobre o Olympiakos
11:20 - 12-05-2015
A- A A+
Praticamente um mês depois de ter conquistado o 42.º título de campeão grego, o quinto consecutivo, o Olympiakos, desde janeiro orientado pelo português Vítor Pereira, corre o risco de ser despromovido devido a uma caso de corrupção que envolve o presidente do clube, Vangelis Marinakis.

A acusação foi confirmada esta terça-feira pelo Ministério Público e amplamente noticiada pelos órgãos de comunicação gregos. O caso remonta a 2013, quando Marinakis terá «combinado» com George Arvanitides, homólogo do Veria, um «resultado de 3-0 favorável» à equipa de Atenas, disputado a 6 de janeiro desse ano, referente à 16.ª jornada do campeonato.

Arvanitides já se encontra formalmente acusado pelo Ministério Público e o mesmo deverá acontecer com Marinakis. A comprovarem-se as acusações, o Olympiakos poderá ser despromovido e afastado da Liga dos Campeões.””


ATÉ DE ESPANHA SE VÊEM
AS ASNEIRAS DO SR LORPATEGO

“”Associação espanhola de treinadores aconselha Lopetegui a moderar o discurso
13:06 - 12-05-2015
A- A A+
O “caso” de José Mourinho no Real Madrid serviu de exemplo a Xavier Juliá, presidente da Associação de Treinadores de Espanha, para aconselhar Julen Lopetegui a moderar o discurso.

«Quando estás noutro país e noutra forma de entender o futebol, há que tentar conhecer essa sociedade. Continuar nisto, vai prejudicá-lo em vez de beneficiá-lo. Mesmo que o clube te apoie, no final o que conta é o rendimento da tua equipa. Neste caso, a equipa não esteve de acordo com as expectativas. O trabalho foi bom, mas os resultados não o acompanharam. E podes ficar sozinho, como sucedeu com Mourinho em Espanha, que num primeiro momento tinha o apoio do clube [Real Madrid] e depois isso não se confirmou. São situações que há que controlar, que te podem afetar e deixar sozinho», disse em entrevista à rádio Renascença.””

Anónimo disse...

CONCORDO

NÃO HÁ NADA NESTA VIDA
EM QUE ELES SEJAM EXEMPLO PARA ALGUEM

NÃO TÊM AUTORIDADE MORAL
PARA DIZEREM SEJA O QUE FOR
SOBRE QUALQUER MATÉRIA DESPORTIVA

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...