20.8.15

Carta a um Companheiro Glorioso e Autêntico



“…

Sabes que por natureza e atendendo à forma como se processa a actividade nos blogues, não sou apologista de quaisquer discussões, muito menos qualquer debate em praça pública cujo tema seja o Benfica. O Benfica, para mim, não se discute, AMA-SE!

Eu ando tão incomodado com o que está a acontecer que nem me motiva escrever o que quer que seja no Pinceladas Gloriosas.

Uma cambada de imberbes, paranóicos e bipolares benfiquistas esgadanham-se nos blogues e respectivos comentários, em guerras de "alecrim e manjerona". Há outros, acantonados no novo geração benfica e os antis da comunicação social que os varreria da face da Terra em três tempos, se pudesse...

Considero inadmissível que um Homem que tem dado o corpo às balas, como é o caso de João Gabriel, seja sistematicamente vilipendiado, enxovalhado e achincalhado por benfiquistas. Chamo a este bando de filhos-da-puta os irracionais mais aberrantes que qualquer massa associativa possa alguma vez ter tido. Neste caso, e infelizmente isto passa-se com adeptos alegadamente benfiquistas.

Quanto à “associação de adeptos benfiquistas” fazem-me lembrar aqueles "conas" que julgam que o Pai Natal vai descer pelas suas chaminés. És maior e vacinado e o que te digo é que eu, com 60 anos, vivi uma época de guerra, que perdemos em toda a linha durante muitos anos (30). O Benfica perdeu poder, influência, dinheiro, património, jogadores, prestígio e muito mais, devido a essa forma mansa de estar no futebol – esteve com um pé no abismo, à beira da morte, à beira de desaparecer! O futebol é um jogo. Mas mais que um jogo, é hoje e de há muito, uma guerra sem quartel, onde vale tudo, onde se digladiam muitas forças e interesses. É preciso, sempre, compreender tudo isso muito bem e tê-lo bem presente a qualquer momento, seja de euforia aquando das vitórias, ou quando sentimos amargura ou tristeza por eventual insucesso. E o Benfica tem obrigatoriamente de estar preparado para tudo. Não é com "éticas", com "festas", com muito dessas "virtudes avirgindadas e beatas” que esses ingénuos proclamam, que vamos a lado algum. O que é necessário é MILITÂNCIA em prol do Clube e não "associações de anjinhos do Benfica" – AAB.

Um abraço e saudações Gloriosas

GRÃO VASCO”

 


GRÃO VASCO

5 comentários:

Anónimo disse...

obrigado por dizeres o que pensa 90% dos benfiquistas SLB SEMPRE

águia 35 disse...

Belo texto. O Benfica não se discute.

“associação de adeptos benfiquistas”, que merda é esta, e para quê? só se for para dar força aos antis... e dar argumentos a pasquins para criar artificiosas discordancias no seio do Glorioso. Putacuspariu.

Frank disse...

Bravo Grao vasco que verdade o Benfica ama-se e nao se discute,e verdade pregam tanta aferroada no JG.nao vao por mim que nao passo de um ignorante mas vou imitra pilatos quando d acondenacao de Jesus o verdadeiro porque aquele que passou para o outro lado nao passa dum fantoche traidor,dizia p\ilatos nao vejo nenhum crime neste homem porque queremvoces o condenar a morte,assim estao os Benfiquistas com Joao gabriel querem-no crucificar por tudo e por nada,eu por mim nao vejo nada de errado nele ele defende o glorioso da sempre a cara contra tudo e todos que raio de benfiquistas que raio de gente essa,deixem o homem em paz.

benfiquista do coração disse...

concordo

FranciscoB disse...

Essa da “associação de adeptos benfiquistas” cheira a andrades corruptos q tresanda.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...