31.8.15

O capacho do bruxo da Porcalhota


“Se estivesse no Benfica não seria expulso” LOL

 

O bruxo da Porcalhota tem um novo capacho no seu consultório.

Depois de ter sido escorraçado para um departamento desconhecido no lagartêdo do Fôsso, pelo menos, até à data da sua admissão, com o pomposo nome de “ralações internacionais” – por ora, já Moscovo foi, e pelo vistos ainda é uma ralação… – o esgazeado de um inácio qualquer (não confundir com o célebre padre, com a inicial do nome em letra maiúscula, pois esse segundo rezam as crónicas, tinha uns “tómates muita grandes”) saiu em defesa do bruxo, limpando-lhe as solas dos sapatos e lambendo-lhe o traseiro como de um autêntico capacho se tratasse.

É que o bruxo já tinha sido mandado saltar fora do assento, no Glorioso, pelo menos por três vezes (2015 em Moreira de Cónegos, 2014 no Bessa, 2014 na Luz, jogo da taça com os corruptos de Contumil e por aí adiante…) e o desmemoriado desse inácio lá vomitou mais verrina, vítima de uma obsessão crónica e louca que lhe provoca severa amnésia.

 

Eis aqui um perfeito espécime de uma besta que marra louca e desvairadamente há anos no vermelho e não tem emenda.

 

Um protótipo, bem à imagem da agremiação que representa, a necessitar de internamento e tratamento urgentes!

 

 


GRÃO VASCO


3 comentários:

Anónimo disse...

Afinal, do cruzamento de uma porca bísara com um touro bravo, nascem porcos andrades corruptos e lagartixas! este inácio é uma prova disso.

Manuel disse...

Eu diria mesmo mais, a genética ensina que cruzando um touro bravo com uma porca bísara nasce uma ninhada de porcos andrades corruptos, mas, se faltar um gene, nesse caso nasce uma ninhada de lagartos; isto prova que lagartos e porcos andrades corruptos são, ao cabo e ao resto, a mesmíssima merda!!!!

Paulo Vitorino disse...

Resumindo e concluindo, um cruzamento dum touro bravo com uma porca bísara só dá cáca. (merda ainda é alguma coisa «tem mais uma letra»)

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...