8.9.15

Inácia & Jesuína




Ontem desloquei-me à capital. Qual não foi o meu espanto quando dei de caras com duas das tias mais famosas do mundo circense de Alvalade.

Pela travessa do Fôsso lá cirandavam elas. Uma à frente, a Jesuína, com o pasquim record aberto a toda a largura, lendo a última “grande entrevista” do jornaleco e rindo-se como uma perdida; a outra, a Inácia, logo atrás, com uma vassoura de piaçaba numa mão e uma pá de lata na outra, ligeiramente curvada, quase que rastejando – consequência de uma maleita na espinha dorsal – a apanhar a grande cagada que a outra ia fazendo ao longo do percurso.

Fugi logo para a minha santa terrinha!

 

PS – Um passarinho contou-me que Frangólias Baía aos Caídos andava a espreitar pelo buraco da fechadura da “chambre d’amour” de Di Bufa. Viu-o deitado na cama falando com a “neta”. A conversa era de pé-de-orelha. Curioso, encostou o ouvido ao buraco e ouviu isto:

- Sabes filha, o Orelhas telefonou-me a perguntar se o bruxo da Porcalhota viria trabalhar para o nosso grémio…

 

Baía nem quis ouvir mais nada e não perdeu tempo. Pôs-se a correr como um louco a dar tão frêsca notícia ao record e aos arautos do novo geração benfica

 

Até logo!


GRÃO VASCO


2 comentários:

Abelourinha disse...

É lamentável o que vai por aí nalguns blogues, conseguem dar tiros nos próprios pés, Benfiquistas destes...

GRÃO VASCO disse...

Caro e Glorioso Abelourinha,

Tens toda a RAZÃO!

É inadmíssivel o bando de bastardos que encharcam esses blogues com alarvidades e disparates

Saudações Gloriosas.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...