11.8.16

O barroso continua às marradas…





O barroso cheira mal. Cheira cada vez pior. Mais uma crónica, mais fedor a bedum. A carneirada continua activa na sua cruzada anti-Benfica. Barroso não foge à regra e aí está ele outra vez na plenitude da sua estupidez e arrogância de opinador-futeboleiro a malhar no Benfica e em Rui Vitória.

Urge denunciá-lo. E denunciá-lo é denunciar as suas constantes baboseiras sempre eivadas de um anti-Benfiquismo ordinário, do mais rasteiro que há lá para as bandas do lagartêdo. Continua a utilizar a sua pulhice intelectual para disfarçar uma inveja e um ódio ao Glorioso só comparável à do suprassumo da hipocrisia que com uma pandilha nunca vista, transformou um grémio credível e respeitado, na maior potência de Portugal em mentiras, aldrabices, insinuações, suspeições, especulações e infâmias nos ataques feitos ao Benfica.

No seu arrazoado de ontem, em A BOLA, este reles escriba do lagartêdo, enxofrado pelos três sêcos com que o Benfica brindou o grémio bracarense, lá veio com a lengalenga do costume – injustiça, mais injustiça, só injustiça, e por isso o Peseiro é que devia levar a supertaça, tal como o analfabeto dos peaners na época passada deveria ter ganho o campeonato. A conversa da trêta já se arrasta e já cheira mal. Cheira a trampa ressequida e ressaibiada. Mas este barroso não consegue digerir a “sodomização” que Mitroglou lhe provocou com aquele golo solitário e que silenciou aquela turba de alienados do fôsso que em tudo se confunde com ele.

Depois, lá vieram mais ridicularias e insinuações encapotadas. Aproveitou para enviar um abraço solidário ao Peseiro e zás, toca a falar sub-reptìciamente no falhanço do Rafa. Para isso, socorreu-se da “mulher de César” e do lugar mais que comum do “sê-lo e parecê-lo”, mas curiosamente, esqueceu-se de Pompeia nos seus escritos, quando o União da Madeira veio jogar ao fôsso do lagartêdo com as sub-reservas e o Vitória de Setúbal optou por uma farsa semelhante, habilidades saloias que entre outras, beneficiaram o seu grémio mas que não chegaram para que a trapaça se sobrepusessse à verdade. E a verdade é que o Benfica não mais cedeu, apesar de todas as manigâncias e malas que giraram a uma velocidade louca por todos os relvados do país, sempre na esperança que o Benfica claudicasse, nem que fosse só num empatezinho. Em todas estas situações, nunca descritas nas suas “aberrações cirúrgicas” no pasquim do serpa, ao que parece, a “mulher de César”, Pompeia, deveria estar de férias, banhando-se em leite de burra!

Pois sim!

Lembro-me bem de um artigo de opinião sobre Renato Sanches, cheio de insinuações e suspeições e assinado por esta besta. Desta vez, escreve que “manda os leitores à fava” se os mesmos considerarem que são insinuações suas os seus considerandos sobre o assunto “Rafa”. Eu aproveito já o ensejo, e em vez de mandá-lo à fava, mando-o textualmente “à merda”. Sem apelo nem agravo, pois a chafurdice deste escriba nos seus artigos de opinião em A BOLA são uma constante. Após mais estas tristes deambulações, eis que o atrevimento e o despudor vão ainda mais além. Agora é a vez de Rui Vitória ser alfinetado com uma estúpida e descabida observação – barroso queria que o treinador do Benfica se solidarizasse com Peseiro e considerasse, nas suas declarações pós-jogo, o resultado da partida como excessivo, acabando com um trocadilho mal amanhado sobre arrogância e humildade no que se refere à postura de Vitória que diga-se, foi absolutamente normal e equilibrada. Porque será que esta alimária escrevinhadora não se referiu sequer ao facto de Peseiro nem sequer ter dado os parabéns ao Benfica e ao seu treinador?

Este gajo não tem mesmo vergonha nas trombas. Porque será que quando Peseiro, com a sua equipa anterior foi à Luz ganhar, este triste barroso não escreveu sobre a solidariedade que era devida a Vitória por parte de Peseiro que venceu o desafio com enorme dose de sorte? Porque será que nunca falou, nem fala em arrogância, quando se refere ao seu agora “grande amigo”, o analfabeto dos peaners?

Ó barroso, larga a caneta e vai mas é para o caralho!


GRÃO VASCO

1 comentário:

Frank disse...

Oh doutorzeco da merda tu pertences a um clube de merda e como de merda se esta falando nao passas de uma merda mal cheirosa,eu nao te leio nunca, mas estou sabendo atravez de um blog neste caso Pinceladas Gloriosas que desmascara todas as imbecilidades contra o bom nome do Glorioso e estamos aqui juntos lutando contra todas as palermices lagartoides,essa escumalha nao aprende ou entao adoram que sejam odiadas,quanto a peseiradas estamos conversados o Benfica ganhou folgadamente os Rafas falharam querem ver que nos nao falhamos nos primeiros 30 minutos podiamos ter goleado mas isso nao conta para a osgalhada o que conta foi o que o Rafa falhou puta que os pario a todos os que pertencem e comungam da opiniao do douterzeco odioso essa merda nao devia escrever nunca num jornal porque faz expandir o odio cada vez mais entre nos adeptos e isso nao e bom.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...