5.12.16

Faltam “falcões” no Benfica



Que os Benfiquistas são uma massa crítica, tremendamente exigente já todos o sabíamos.
Que entre os Benfiquistas tivemos sempre uma ala actuante, eficaz, uma “task force” pronta a responder a todas as afrontas e desafios que nunca renunciou, em qualquer circunstância, dar o peito às balas, só alguns, infelizmente, o sabem como ninguém.

O grande apogeu e as grandes conquistas do Sport Lisboa e Benfica foram conseguidos pela inteligência, força, perspicácia, e capacidade de resposta, acção e luta!
Não podemos dar-nos ao luxo de prescindir de nenhuma destas quatro componentes em detrimento de qualquer uma duas ou três. Todas têm a mesma importância, o mesmo valor.

Aquando das mais recentes eleições no Benfica, tivemos a oportunidade de ver e ouvir o presidente Luís Filipe Vieira apelar à contenção verbal, à pacificação, ao consenso, em suma, à via diplomática para enfrentar os tempos futuros. Com esta estratégia, em vez de títulos, ficaremos com uma mão cheia de nada e outra de coisa nenhuma! É tempo de redefini-la, caro Presidente!
Muito embora o meu apoio à sua candidatura nunca tenha estado em causa, fui na altura, crítico dessa via e dessa estratégia, e continuarei sempre a sê-lo, pois está visto que os nossos inimigos só travam e recuam nas suas investidas, quando os Benfiquistas empunham o chicote e partem para o confronto directo, sem punhos de renda ou jogos quixotescos.

Rui Gomes da Silva, do qual sou a espaços um crítico, - mas que admiro pela sua coerência e consistência - pela sua conduta por vezes branda em relação a pares seus de outras cores, discordando da sua pouca acutilância em função de uma falta de respeito vergonhosa à sua pessoa e como Benfiquista, o que também não deixa de ser muito negativo, tem tentado orientar o leme na direcção que me parece a mais correcta. Isto é, assumir-se pela via da conflitualidade, do confronto, quando fôr caso disso e quando a corja abominável de anti-benfiquistas, na qual destaco o bando corrupto e o seu cacique do peido, do fruta corrupção & putêdo, vulgo fcp e os frustrados e alienados do fôsso do lagartêdo mais a cambada de viscondes falidos que por lá deambula e conhecidos vulgarmente por adeptos do scp, vêm aos magotes lançar o odioso sobre o Benfica, insultando, insinuando, especulando, agredindo, inculpando, mentindo, lançando perdigotos infectos a torto e a direito e o anátema onde eles próprios se vão mortificando. Mas Rui Gomes da Silva terá sempre de ter o seu exército, os seus homens. Sozinho será um combatente inglório, com os Benfiquistas a vê-lo soçobrar e ao nosso Benfica no campo de batalha. Não poderá acontecer. Nunca!

Para mim, mais do que o chicote, será bem-vindo o célebre pau-de-marmeleiro que Manel Vintém, “O Machadês”, imortalizou numa das suas rábulas linguísticas numa impagável conferência de imprensa.

Complementarmente a esta visão do que deverá ser o comportamento actual de todo o Benfica perante a igmomínia de um borra-botas que preside ao grémio do lagartêdo e seus acólitos e perante um obstinado anti-Benfiquista, abandalhado e promíscuo que chantageou árbitros com prostitutas e outras armadilhas para vencer campeonatos e que continuam na sua senda de denegrir o Benfica, exultando e relinchando em público com as nossas derrotas, como se fossem vitórias suas, a nossa obrigação, como Benfiquistas, será darmos prioridade à acção dos “falcões” e relegar os “pombos” para tarefas menos musculadas. O tal “pombal” que se tem acomodado.
A realidade é que quer no próprio interior do Benfica, quer na CS quer nas redes sociais e afins, a presença assídua de um bando de néscios que julgando-se uma casta superior, se abespinha contra as acções dos Guerras, dos Gomes das Silvas e de mais alguns que têm lutado incansavelmente, tem tido uma postura de “dar a outra face”, da qual sou extremamente crítico, condenando-os pela estupidez de se autoflagelarem e flagelarem o Benfica, dando trunfos e espaço de manobra aos inimigos que não perdem uma única oportunidade para atacar o Glorioso.

Estamos na altura certa, num momento crucial para, sem mêdo, partir com tudo para cima deles, desbaratando-os, derrotando-os, em toda a linha.
É isso que eu espero de todos os Benfiquistas e que naquilo que me compete fiz, faço e sempre farei. Para além de Águia, tenho esse sangue, o sangue de falcão, que me obriga a qualquer momento, em qualquer lugar, em qualquer circunstância a ir à luta e a derrotá-los sempre, sempre, rápida e eficazmente!

Precisamos urgentemente desse espírito e não de bardamerdas e coitadinhos, como aqueles que vão aparecendo nalgumas TV’s, jornais, rádios, blogues e redes sociais armados em teóricos de pacotilha do “make peace, not war”.

Tenha muita pena Presidente, mas nesta matéria irei sempre à luta e não haverá misericórdia para ninguém. Só assim terão respeito por Nós Benfiquistas e pelo Benfica e só assim os derrotaremos.
Para o silêncio, para fumar o cachimbo-da-paz não contem comigo.
Quem faz a guerra, terá a guerra!
Sempre!


GRÃO VASCO


4 comentários:

Anónimo disse...


Obrigado, GRANDE GRÃO VASCO!
Aplaudo de Pé!
Por haver alguém, que não aceita que o SLB, seja constantemente , humilhado, roubado, por toda uma escória que dirige o futebol português
e que mantem nos lugares de decisão autênticos corruptos, que atacam quando lhes convém para seu beneficio próprio.
Os VERDADEIROS, BENFIQUISTAS, e são Muitos não podem permitir isso.
Já chega de tanta pouca vergonha.
Porque não a um boicote às nomeações dos árbitros do Norte?
Teem sidos Eles os responsáveis por toda a roubalheira que o Benfica tem sido vitima há muitos anos. O Ódio que lagartos e os corrutos do norte teem ao SLB, não pode ser acatado com palavras doces.
OLHO POR OLHO, DENTE PO DENTE!!
Só assim NOS respeitarão.
Muito obrigado por em texto cheio de Paixão e revolta.

FORÇA NA LUTA.








Frank disse...

Caro amigo GV tens em mim um combatente a essa escumalha toda a que te referiste eles os nossos rivais tanto os de palermo como os do fosso fazem-se sempre vitimas e nos cosem a torto e a direito nao podemos ser tao brandos e deixarem fazer o tudo o que lhes apetece, vou ser um bocadinho injusto contigo mas começo a dar razao a um inviduo que costumava comentar no teu blog e desapareceu e todo ele anti nosso presidente vieira falava muito em cilindros de doze toneladas para esmagar tudo e todos que todos cagavam em cima do Vieira faziam e fazem o que querem com a permissividade do nosso presidente,eu nao vou tao longe porque gosto e respeito o nosso presidente mas acho que chegou a altura de por todos os escarretas,saraivas e vascos no seu sitio eu como ferveroso adepto do nosso Benfica nao aguento mais.

GRÃO VASCO disse...

Glorioso Frank,

Não considero a tua crítica injusta. É legítima, mas merece da minha parte uma explicação.
Admito a diferença de opiniões. Não aceito é opiniões ou comentários ordinários, insultuosos e sistemáticos neste caso, no que se refere ao nosso presidente.
Esse comentador perdue completamente a razão ou o valor da sua opinião é zero, quando passa a insultar o presidente e a direcção do Benfica.
Foi isso que lhe disse e avisei-o de que naqueles termos de crítica sistemática e grosseira eu não lhe publicaria mais nenhum comentário seu.
Foi isso que aconteceu e também te posso dizer que num sem número de comentários que não publiquei aproveitou a embalagem e tratou de me insultar também.
Disse-lhe pura e simplesmente, ACABOU!
Só isso.

Frank disse...

Muito bem caro GV.
Abraço e viva o Benfica.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...