18.8.19

O “assalto” da tríade arbitral



O “assalto” estava bem engendrado. No tempo e no espaço. Com as expectativas defraudadas na 1ª jornada em que os grémios do lagartêdo e do putêdo perderam pontos, deixando o SL Benfica no comando, era previsível que fosse começar a estratégia arbitral para tentar tirar pontos ao Glorioso logo na 2ª jornada e nada melhor do que um Jamor com muitas ratoeiras, a começar pelo próprio relvado.

A nomeação por Fontelas Gomes de Fábio Veríssimo e Carlos Xistra, respectivamente para árbitro e VAR do jogo entre o Benfica e o Belenenses SAD, foi bem perpetrada. Uma acção reincidente, miserável, prepotente, sectária, facciosa e provocatória.

Fontelas, sabendo da escandaleira que estes dois árbitros protagonizaram na meia-final da Taça da Liga da época passada – o SL Benfica foi roubado indecentemente nesse jogo contra os corruptos azuis e broncos das barracas de praia - e já depois de novo abuso, indicando Veríssimo para o jogo de apresentação na Luz com o Anderlecht, em que mais uma vez não marcou um penalty escandaloso por empurrão de um defesa belga sobre Chiquinho aos 71’, voltou a provocar à descarada o SL Benfica, indicando-os para o Jamor.

O “assalto”, com contornos de premeditação e com o consequente ROUBO de pontos ao Benfica, só não se concretizou porque o talento de muitos jogadores Benfiquistas tem sido suficiente para estancar rapinanços sobre rapinanços desta tríade perigosíssima que já mostrou o que pretende - apear o Benfica de todas as maneiras, recorrendo sempre que pode, à trapaça em pleno jogo.
Se em Braga, no jogo contra os corruptos, a canalhice foi o que foi, e na Luz com o Anderlecht, Veríssimo andou a assobiar para o ar enquanto Chiquinho era empurrado, ontem, no Jamor, ele e o seu comparsa do VAR mostraram à saciedade ao que iam.

Dois lances cruciais em prejuízo do Benfica marcaram o jogo e perante isso, só a classe da equipa do Benfica evitou mais uma vez que o roubo de pontos fosse concretizado.

1º. Penalty sobre Rafa aos 49’ 05’’.

- o defesa belenense, dentro da sua grande área, aplica uma charutada nas pernas do Rafa, impedindo este de prosseguir para a baliza. A rasteira é evidente e incontestável!
Veríssimo assobiou mais uma vez para o ar. Mas pior do que isso e tristemente lamentável foi a postura de Xistra no VAR. Num lance tão claro, Xistra nem se dignou a alertar o árbitro. Teria nesses momentos ido cagar? Enfim, uma bandalheira que revela bem a canalhice arbitral de Xistra em relação ao Benfica.

2º. A invalidação do golo de Seferovic que daria no imediato o 2-0 para o Benfica aos 83’ 03’’.

- Como é possível Xistra chamar a atenção de Veríssimo para esta jogada e ignorar por completo a rasteira sobre Rafa?
A favor do Benfica “no passa nada”, mas neste caso, ambos os figurantes arbitrais foram rebuscar a jogada anterior à jogada do golo aos confins da defesa do Benfica para o poder anular!
Uma vergonha absolutamente indecente!
Uma análise rebuscada até ao último pintelho com desfecho escabroso. Um ROUBO!
Mesmo que Seferovic, aquando da jogada inicial, estivesse em fora-de-jogo, este seria meramente posicional, pois não interferiu na jogada, não constituindo assim qualquer infracção sujeita a penalização. Portanto a jogada inicial continuou com outra jogada diferente, que começou em Chiquinho, por um corte deficiente de um defesa belenense, dando origem, depois ao golo de Seferovic.

As tentativas de prejudicar o Benfica não têm fim. E têm sido à descarada e sem escrúpulos.
Fontelas continua a usar e abusar de um poder discricionário e provocatório que tem de acabar. Promover árbitros incompetentes tendenciosos e não isentos, tem de acabar!
Tentar travar o Benfica desta forma é pactuar com a ilegalidade, a canalhice e o facciosismo anti-Benfica.
Os árbitros não podem conter nas suas fileiras indivíduos que já demonstraram dezenas de vezes que o seu objectivo é prejudicar o Benfica de todas e quaisquer maneiras!

Aguardemos o que nos reserva para o próximo jogo, esperando que não venham mais árbitros da AF Porto para “apitar” na Luz.

GRÃO VASCO


Sem comentários:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...