9.3.11

Hoje também "jogo"

















Às vezes, os ventos do destino são amargos e cruéis, mas os meus verdadeiros amigos não se esquecem deste seu também verdadeiro e leal amigo.

Um convite glorioso surgiu com todas as mordomias de antanho. De um Benfiquista Glorioso, o António, companheiro da longínqua escola primária, já lá vão 50 anos. E assim, logo, se Deus quiser, lá estarei, envergando o Manto Sagrado com a Águia Mítica ao peito, pronto a “dar tudo por tudo em campo” contra os franceses do Paris St. Germain, no esplendoroso Estádio da Luz de todas as glórias e emoções.

Nada melhor do que uma peregrinação à Catedral para exorcizar os fantasmas cardinais e a diabólica armadilha dos terroristas da Pedreira – zombies azuis corruptos, membros da Irmandade da Fruta, camuflados de adeptos do Sp. Braga.

Por tudo isto e por um Benfica cada vez mais europeu, hoje também “jogo”.
Quero defender os remates à queima-roupa como o Roberto, ter a alma e a raça do Maxi e a irritante pseudolentidão do Sidnei, quero anular os ataques dos franceses e gritar com uma voz de comando como faz o nosso grande capitão Luisão, iniciar três fintas monumentais à Salvio e fazer umas maldades à Gaitán, lutar até à exaustão como o Javí García, realizar um “passe-de-morte” com a assinatura do Aimar, ser rijo como o Airton e maluco como o Carlos Martins, furar as redes da baliza adversária com dois remates à velocidade da luz, com um carimbo igual aos do Cardozo, saltitar como o Saviola, mostrar a irrequietude do Jara, correr pela faixa esquerda e exultar com os golos do Benfica como o faz o Fábio Coentrão.
Lá estarei, acalentando a Chama Imensa, lutando, e apoiando os “Bravos do Pelotão” até ao fim.

Quero a vitória, sim!
Mas primeiro, em sublime veneração e num momento solene de recolhimento e meditação, em pleno Templo Sagrado e junto dessa Águia Mítica que pairou no ar, sobre o meu berço vermelho e glorioso quando nasci, quero agradecer a Deus as três fabulosas dádivas eternas que Ele me deu – os Meus Queridos Filhos, dois indefectíveis diamantes Gloriosos, o meu infinito Amor por eles e a minha louca Paixão pelo Benfica!

Vivam todos os Benfiquistas!
Viva o Benfica!

GRÃO VASCO

4 comentários:

Master Groove disse...

Maravilhoso, Glorioso Grão Vasco

Águia Eterna disse...

Enormíssimo GRÃO VASCO, é um REGALO ler as tuas prosas. Parece Poesia. Ao ler o último parágrafo, ler, ler e reler, até ME EMOCIONEI.
sOMOS E SEREMOS sempre OS mAIORES E OS mELHORES enquanto à face da Terra existirem BENFIQUISTAS da real grandeza do GRÃO VASCO.

Viva a Nossa ÁGUIA, Eterna, Sublime, Nobre e Gloriosa, Símbolo Maior de todos NÓS que constituímos o Nosso Inigualável BENFICA. VIVAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA.

Berrante De Encarnado disse...

Lindo, lindo.

BENFICA SEMPRE!!

Cumprimentos

António Duarte disse...

Grão Vasco, quando estás inspirado (e isso em ti acontece amiúde) és imparável. Vamos lá apoiar o GLORIOSO (eu em espíriro, viver na estranja a quanto obrigas). CARREGA BENFICA!!!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...