14.3.11

A poupança


Se há momentos em que os adeptos de uma equipa de futebol têm de ser compreensivos e tolerantes e usar de bom senso, o jogo de ontem do Benfica contra o satélite meridional do Fruta Corrupção & Putêdo é incontornàvelmente um deles.

Para o Sport Lisboa & Benfica, o jogo de Paris com o PSG, na próxima quinta-feira, é um dos pontos críticos desta época e os detractores, benfiquistas ou não, que abespinhados e enxofrados, se apressaram precipitadamente a tecer comentários pouco abonatórios a diversos jogadores que ontem vestiram o Manto Sagrado e a desancar nas opções de Jorge Jesus, tendo consequentemente e de uma forma injusta, arrasado a nossa 2ª linha, não tiveram razão absolutamente nenhuma para este alarido bacoco.

O Benfica precisa dos jogadores da 1ª linha com fôlego suficiente para 90 minutos, ou mais, de um jogo europeu que se avizinha muitíssimo complicado e para isso é necessário que a poupança se faça com o devido cuidado e equilíbrio.
Quando na 2ª parte entraram Gaitán e Salvio, tive dúvidas quanto à decisão de JJ. Mas após a explicação clara de que, não obstante poupar-se a parte física dos principais jogadores, alguns, neste caso os dois argentinos mencionados, também não deveriam perder o respectivo ritmo competitivo, considerei essas decisões acertadas, bem como a saída de Aimar ao meio tempo.
O Paris St. Germain é uma equipa forte fìsicamente e também tem bons executantes. Joga rijo e rápido, e o Javí García, o Salvio, o Cardozo, o Luisão e o Sidnei que o digam.
Paris vai “arder” durante 90 minutos? O Parc des Princes irá ser um vulcão?
Claro que sim, sem dúvida nenhuma!
Mas perante um apuramento que está ao nosso alcance, que importa um empate contra um “azelha” meio andrade, que aproveitou o resultado para logo fazer, ridìculamente, as flores habituais de quem tira pontos ao Benfica.
Pontos que à luz do cenário do campeonato desta liga batoteira são “peanuts”. Repito “peanuts”!

Que Jesus atravesse o Sena, novamente rumo à Europa, seguindo o caminho das pedras e ensinando-o aos seus discípulos!

Obs.
A exibição e o resultado de ontem foram incaracterísticos, mas não tiveram significado nenhum. Foi um empate como outro qualquer. Não contou para nada.

GRÃO VASCO

3 comentários:

Carlos Alberto disse...

Só discordo de uma coisa:

Não foi um empate como outro qualquer pela simples de não haver outro empate para comparar. lol

GRÃO VASCO disse...

Glorioso Carlos Alberto,

Tens razão, lol!

Saudações Gloriosas

Anónimo disse...

Pessoal, no próximo jogo SLB - fcp vamos gritar do princípio ao fim Corruptos. Espalhem a palavra e que chegue aos NN e DV, eles ao começarem, toda a gente os acompanha. Eles viam 65.000 a gritar CORRUPTOS e os responsáveis pelo desporto veriam que nem todos são cegos e que pode ser um fenómeno tipo Geração à rasca. Facebook e todos os canais possíveis!!!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...