5.4.11

Latitudes diferentes, polícias diferentes, justiças diferentes



Para os eminentes investigadores, decerto que a inclinação do eixo da Terra e a sua influência no Homem, dariam uma boa discussão científica num blogue temático.
No Pinceladas Gloriosas, a “geografia” é outra. Por isso, neste espaço de sentida Alma Gloriosa é mandatório denunciar as perigosas anomalias nalgumas “latitudes” de Portugal e a sua interferência no funcionamento da polícia e da justiça na área desportiva que por vezes se estende ao foro civil.

Já não é de agora que todo o país sabe que há uma polícia e uma justiça a norte, latitude  41º 08’ N (Porto) e uma outra polícia e uma outra justiça, a sul, latitude 38º 42’ N (Lisboa) um fenómeno especialmente visível que vai mostrando bem as diferenças nas latitudes, quando por exemplo há a norte factos promíscuos entre as suas classes política, desportiva e judicial e a sul, determinado tipo de acontecimentos desportivos e muito particularmente quando envolvem o Benfica seja em que latitude fôr.

Mais recente, o problema dos pontões nas auto-estradas é paradigmático. Autoridades a norte, que se esqueceram de vigiar um dos muitos pontões por onde a comitiva Benfiquista passaria a determinadas horas. A sul, a polícia que teve todos os pontões vigiados, para passagem da caravana corrupta. Azar dos azares. A comitiva Benfiquista é apedrejada, logo no pontão que não tinha vigia. Coincidências do arco-da-velha…
O séquito andrade, pelo contrário, com viagem de ida e volta e tudo na maior, sem qualquer distúrbio, sobressalto ou atentado.

Poderia equacionar-se a hipótese do clima. Mas não. Tanto a norte como a sul, ambas as latitudes são no litoral atlântico. Mas o que é facto é que a actuação plena da polícia e a aplicação prática e rápida da justiça não tem comparações. A norte, nunca se passa nada. Pode haver o maior clima de intimidação e violência dentro e fora do estádio da corja corrupta, com galinhas, bolas-de-golfe, isqueiros e outras armas de arremesso, que nada acontece. Só que os Benfiquistas tanto levam forte e feio a sul, da polícia, como enfardam a norte, especialmente na latitude mencionada, estando proibidos de em qualquer local fazerem qualquer tipo de manifestação, e novamente…não se passa nada!

http://desporto.sapo.pt/futebol/primeira_liga/artigo/2011/04/05/detidos_sobem_para_13_e_pelo_men.html

Não vejo prisões, notificações e outras actuações zelosas com os consequentes julgamentos sumários nos dias seguintes a distúrbios ou motins provocados pelos marginais vestidos com as camisolas às riscas azuis e brancas, cujo padrão são do tipo de tecido das barracas de praia, indivíduos perigosíssimos que gozam de uma impunidade tal que até se dão ao luxo de relatar os seus crimes em livros, continuando à solta e que se constituem como os principais agressores a Benfiquistas, com o beneplácito do mandante-mór, o incendiário número um deste pobre país.
Mas nada! Nunca se passa nada!

Impunes? Todos!

Até aquele que fugiu para Santiago de Compostela, avisado por uma qualquer eminência parda, marido de juíza com amigos “bufos” na Judite.
Mesmo quando o vi chegar às instalações policiais, acompanhado por uma temível guarda avançada pretoriana, pensei que esta era composta de agentes disfarçados para amenizar a “coisa”. Afinal eram mesmo marginais de toda a espécie e criminosos violentos.
Mas o que se passou?
Nada! Não se passou nada!

Dezenas de Casas do Benfica vandalizadas no norte, na área urbana da latitude mencionada?
Mas o que se passou?
Nada! Não se passou nada!
Lá foi a autoridade cumprir o seu dever – tomar conta da ocorrência.

E para o subintendente Costa Ramos, que na latitude a sul, ficou tão abespinhado pelo apagão na Luz, já fica a saber que no caso de falta de energia terá sempre de se precaver. E essa, era uma das suas obrigações em termos de logística, de tão zeloso que tem sido quando toca a tratar de assuntos no Estádio da Luz com os seus dirigentes, ou quando o Benfica está presente através dos seus adeptos. Qualquer dos seus agentes deverá ter uma lanterna anti-choque, de leds potentes para evitar falha na segurança.
Se isso acontecesse numa qualquer pocilga a norte, garanto-vos que o grémio da Fruta Corrupção & Putêdo lá viria com um comunicado a desancar em todos os costas ramos disponíveis e no ministro da tutela, por nigligência, como aconteceu na história do pontão não vigiado.

Mas não haja dúvida que o zelo das forças policiais a sul, na respectiva latitude tem sido louvável.
Por isso, só espero e desejo que o Exmo. Snr. Ministro da Administração Interna, reconhecendo a eficácia e o profissionalismo demonstrados pelo subintendente Costa Ramos, a sul, o transfira para a latitude norte, mais concretamente para o comando policial da cidade do Porto, para de uma vez por todas SE PASSAR ALGUMA COISA DE JEITO, passando as palhetas a um outro subintendente lá colocado - Marco Almeida - que uma vez disse que o autocarro do Benfica não tinha sido vandalizado. Não disse a verdade, mas não se passou nada!

Não obstante ter sido multado em 1.500 € pelo apagão, o Benfica está de parabéns por ter testado a capacidade logística de Costa Ramos e dos seus subordinados. Não sei é se com  a crise que por aqui vai, haverá alguns fundos de maneio para comprar as lanternas necessárias...

Com uma bastonada carinhosa e Gloriosa para as adeptas e simpatizantes e uma bala de farinha para os Gloriosos, uma saudação a todos os Companheiro(a)s e um apelo:

- TODOS À LUZ NA 5ª FEIRA, com intendentes ou sem eles!

GRÃO VASCO


2 comentários:

Marquês de Marialva disse...

Pintor,

Estás de volta às grandes prosas que te notabilizaram e que me fazem seguir-te com avidez.

Se houvesse um benficómetro certamente rebentarias a escala. Tenho pena que não tenhamos gente na SAD com a tua capacidade, lucidez e assertividade!

Glorioso abraço

Marquês de Marialva (anti-corruptos desde pequenino)

kapotes disse...

Enorme Grão Vasco.
Que grande postadela.
Esta é a polícia a justiça e afins que temos, com a conivência dos mérdia avensados. Anda tudo em estado de choque com o apagão, mas quando se trata de bolas de golfe, isqueiros e afins, está tudo bem é tudo gente de bem.
Soube hoje que após a vitória do Benfica no dragão para a taça tb houve apagão, não sei se verdade ou mentira, mas nada foi dito.
Outra acha para a fogueira, conheço um dos elementos que presta serviço na Luz e no dia do derby sentaram-no ao lado dos NN com restantes colegas, um dos colegas saca de uma qualquer tarja ou estandarte de apoio ao Benfica, e levou logo com um agente da PSP que o identificou e pasme-se lhe pregou com uma multa em cima, mas então agora já não se pode ir à Luz e levar um estandarte ou tarja de apoio em nome individual que o sr. agente vem logo identificar-nos?
No próximo jogo de campeonato irei levar uma cartolina bem grande de apoio à equipa na verdadeira esperança de ser identificado por um agente da PSP e ai veremos como as coisas cantam.

Um enorme abraço

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...