8.5.11

PARABÉNS, HOQUISTAS DO BENFICA!



Os hoquistas do Benfica venceram brilhantemente a Taça CERS derrotando o Vilanova da Catalunha, Espanha por 6-4.


Força mental, capacidade técnica e, muita, muita classe!

O jogo, na Catalunha, Espanha, foi do princípio ao fim uma verdadeira lição de hóquei em patins para o público espanhol, para os poucos adeptos e adeptas do Benfica presentes e para todos aqueles que tiveram oportunidade de ver este espectáculo pela televisão.

Diogo Rafael marcou 4 golos

Nos momentos finais, ainda pairou o “fantasma” de Ilídio Pinto, dirigente do Fruta Corrupção & Putêdo, vulgo fcp, que tem tido ao longo dos últimos anos quase todos os árbitros principais portugueses “na mão” e que tem conseguido que as competições a nível nacional sejam uma autêntica farsa a favor do seu clube, o clube da corrupção e da fruta. Os últimos três minutos pareciam estar a ser jogados em Fânzeres, naquele ringue pocilguento e corrupto. Neste caso, os árbitros eram italianos, mas o cenário era semelhante àquele a que nós cá já estamos fartos e habituados.
Pois mesmo assim, apesar da dupla de arbitragem italiana ter tido uma deplorável e escandalosa dualidade de critérios sempre em favor do Vilanova, e apesar de nos últimos cinco minutos terem inclinado tanto o ringue que quase vi os jogadores de campo do Benfica mais o seu excelente guarda-redes todos enfiados na sua pequena baliza, o Benfica arrancou um triunfo inapelável!

Foi vergonhoso, mas não bastou para evitar a categórica e merecida vitória do Sport Lisboa e Benfica.


Será que é preciso o Benfica e os seus jogadores jogarem tanto, lutarem tanto, para ganharem títulos?
Está-se mesmo a ver que é realmente preciso tudo isto e muito mais. Para todos e especialmente para o nosso futebol, este é um exemplo concreto e brilhante de que as conquistas no Benfica são sempre tiradas a “ferros”, porque não basta termos capacidade técnica e sermos melhores, é preciso ter também  muita FORÇA MENTAL, CAPACIDADE DE LUTA, GARRA E VONTADE DE VENCER E DE ULTRAPASSAR OS INCONTORNÁVEIS ÁRBITROS! Cá como lá, a porcaria é a mesma!

Mesmo escandalosamente roubados, ganhámos e na casa do outro finalista. O final foi de tal ordem, que após o apito final houve um elemento da “organização” que queria pôr o Paulo Almeida, treinador adjunto do Benfica, fora do ringue e do pavilhão!
Onde é que eu já vi isto em Portugal?

PARABÉNS AOS JOGADORES, TREINADOR E STAFF TÉCNICO, DIRIGENTES E FUNCIONÁRIOS DA SECÇÃO, VICE-PRESIDENTE PARA AS MODALIDADES, DIRECÇÃO E PRESIDENTE!

GRÃO VASCO

Sem comentários:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...