25.9.11

VENCER EM BUCARESTE



O passado já lá vai e o facto é que na sexta-feira à noite, o Benfica, a bem ou a mal, ou assim-assim, passou incólume no antro mais corrupto deste país futebolístico – a Pocilga de Palermo – esquivando-se à saraivada de cenas forjadas pelos conhecidos farsantes e provocadores recorrentes, que adornados com aquele jersey parolo, feito do tecido das barracas de praia, fazem sempre dos jogos contra o Glorioso a razão da sua sobrevivência.

A derradeira sensação que ficou após o jogo foi a de que, com um pouco mais de audácia, a vitória teria sorrido naturalmente. Houve inicialmente um medo injustificável que condicionou em demasia alguns jogadores do Benfica. Aos poucos, com o decorrer do jogo, Witsel e Javi García libertaram-se dessa pressão psicológica, seguraram bem o meio-campo e o Benfica mandou cada vez mais numa partida em que terminou claramente por cima do seu exasperado adversário.

Terça-feira, a nossa equipa irá jogar na capital romena, Bucareste, para a Champions League.
O FC Oţelul Galaţi é o anfitrião. O desafio não será jogado na cidade de Galaţi, no seu pequeno estádio, ainda sem condições para a realização de jogos para esta competição, mas sim em Bucareste, no National Arena, um belo e moderno estádio, de grandes dimensões, inaugurado oficialmente em 6 de Setembro deste ano.

O jogo será quase em campo neutro e sendo o clube romeno, pràticamente, um ilustre desconhecido nestas andanças europeias, não poderá haver azo a qualquer relaxamento ou distracção por parte da comitiva Benfiquista e que por consequência, venha a causar amargos dissabores ou surpresas irreparáveis. Todos nós, Benfiquistas, incluindo especialmente jogadores e staff técnico, teremos de ter a consciência de que os noventa minutos de Bucareste, poderão permitir ao Benfica um salto qualitativo e quantitativo importante em termos classificativos no grupo C da Champions League, para além, como é óbvio, das verbas habituais que estão em jogo, evitando assim, desassossegos e dores de cabeça desnecessárias mais lá para a frente, sabendo todos também, de antemão, que o penúltimo jogo desta fase de grupos é em Manchester e há que garantir a qualificação antes dessa jornada.

Como curiosidade, Galaţi é uma cidade romena banhada pelo Danúbio, quase à beira do Mar Negro, fronteiriça à Moldávia, conhecida pelos seus estaleiros navais e respectivo porto fluvial, e também pela indústria siderúrgica. Significando Oţelul, aço em português e os fãs e adeptos do Oţelul Galaţi sendo conhecidos por “The Steelworkers”, será caso para dizer que o Benfica e os Benfiquistas terão de ser mais fortes que o aço!

Vencer em Bucareste é a prioridade mais próxima, e JJ com este plantel terá obrigatòriamente de afastar medos e fantasmas do passado, especialmente o temor de perder, algo que foi bem evidente na primeira parte do jogo de sexta-feira no covil do Freixo.

Portanto em Bucareste… “carrega Benfica”!

GRÃO VASCO

2 comentários:

Anónimo disse...

CADA VEZ QUE AQUELA GENTE
ABRE A BOCA PARA FALAR DE ARBITRAGENS
MELHOR SERIA QUE ESTIVESSEM CALADOS

É QUE SÓ DÁ PARA RIR

E APROVEITAMOS JÁ

EHEHEHEHEHEHEHEHEHEHEHEHEHEHEHEHEEH

QUEIXARAM-SE DO JORGE SOUSA
NÃO TER EXPULSADO O CARDOSO

EHEHEHEHEHEHEHEHEHEHEEHEHEH

MAS COMO PODIA SER EXPULSO
SE NÃO HOUVE AGRESSÃO ????
CARDOSO FOI INCORRECTAMENTE
PUNIDO COM AMARELO

PUNIDO E BEM FOI O FITEIRO
QUE SE AGARROU À CABEÇA
NUMA CENA HILARIANTE E RIDICULA

E JÁ AGORA
OS JOGADORES DESSE CLUBE
QUE GOSTAM DE PISCAR O OLHO
QUANDO FINTAM APINTADORES
ANDARÃO COM PROBLEMAS NA CABEÇA ???
É QUE SEMPRE QUE CAÍAM AGARRAVAM-SE
À DITA CABEÇA E REBOLAVAM, REBOLAVAM

REBOLAVAM COM AS MÃOS NA CABEÇA
SE CALHAR A VER SE VIAM CARTÕES VERMELHOS
NOS ADVERSÁRIOS

ESQUEMAS PARA FRAGILIZAR OS OPONENTES
E FACILITAR VITÓRIAS ????

SE ERA ISSO FOI UMA PROVA DE FRAQUEZA
E O RECONHECIMENTO DA SUPERIORIDADE
DO ADVERSÁRIO
ESTIVESSEM ELES A JOGAR COM O CASCALHEIRA
E CERTAMENTE NÃO FARIAM ISSO (E DAÍ... SE CALHAR...)

MAS EXPULSO DEVERIA TER SIDO
O MAIOR MERGULHADOR DO FUTEBOL
PORTUGUÊS, AQUELE QUE XUTA MUITAS VEZES
EM DIREÇÃO ÀS BANDEIROLAS DE CANTO

É QUE HÁ IMAGENS DE UMA CABEÇADA
NO MAXI PEREIRA
NÃO FOI MUITO VIOLENTA, É CERTO
MAS SE FOSSE NO FUCILE
TERIA DADO PARA GRITARIA, MÃOS NA CABEÇA (E AQUI SIM COM RAZÃO) E REBOLANÇOS VÁRIOS

MAS O MÁXI PEREIRA NÃO SE ATIROU PARA O XÃO

É OUTRA GENTE
PRATICA FUTEBOL COM FAIR PLAY

PORTANTO MAIS VALIA ESTAREM CALADOS

JÁ HÁ DIAS TINHAM FEITO MAIS UMA INTERVENÇÃO
SOBRE ARBITRAGEM NA SEQUÊNCIA DO BENFICA-GUIMARÃES

MAS AZAR DO CATANO
O OBSERVADOR COM A SUA ANÁLISE
COLOCAVA O GUIMARÃES A JOGAR COM NOVE

MAIS UM TIRO PRÁ ÀGUA

MAS SE QUEREM FALAR EM ARBITRAGENS ENTÃO
FALEM DOS JOGOS CONTRA O GUIMARÃES E CONTRA O FEIRENSE

AÍ SIM PODERIAM TER SAÍDO COM DERROTAS OU SENDO BENEVOLENTES COM EMPATES

E NESTA ALTURA A CLASSIFICAÇÃO
SERIA BENFICA
BRAGA
SPORTING
FCP

QUANTO ÀQUELE JOGADOR QUE DISSE QUE
NUNCA VIU UM AGRESSOR
CONTINUAR EM CAMPO
PODERIAMOS RECEITAR-LHE
MIL EXEMPLOS CASEIROS
MAS BASTARÁ SÓ UM PARA O CALAR

E UM JOGADOR QUE NO ANO PASSADO
EM BRAGA
ARREOU UMAS PEITADAS NO .....ATENÇÃO, VÁ BUSCAR O BLOCO PARA APONTAR, QUE NÓS ESPERAMOS....JÁ ESTÁ DE BLOCO ??...OK...ENTÃO CONTINUANDO...ARREOU UMAS PEITADAS DESAFIADORAS NO...NO....ÁRBITRO
NO---Á-R-B-I-T-R-O

JÁ VIU, JÁ VIU ????

EHEHEHEHEHEHEHEHEHEHEHEHEEHEHEH

ISTO É DE IR ÀS LÁGRIMAS

Aguia_Imperial disse...

Contra os siderúrgicos um Benfica de aço. Carrega Enorme.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...