23.10.11

Demorou mas apareceu!



Após uma longa permanência na sombra, Cosme Machado apareceu em grande! 

Quando no início da época passada deu luz verde, ou melhor, azul, à roubalheira de que foi alvo o Benfica, começando a arredá-lo do título logo à primeira jornada, fazendo vista grossa a quatro grandes penalidades descaradas a favor do Glorioso e que contribuíram para a sua derrota frente à Académica, os adeptos Benfiquistas mais incautos ficaram a conhecer um dos apitadeiros cuja estirpe é das mais surripiadoras de que há memória na arbitragem, beneficiando sempre, sempre, directa ou indirectamente o seu clube de coração – o grémio corrupto da fruta e do putêdo. 

Hoje, na corrupta Pocilga de Palermo mais uma actuação para a vergonhosa colecção de escândalos que este primata do apito tem amealhado ao longo da sua incrível carreira - dois off-sides escandalosos e artìsticamente branqueados, que estão na base do segundo e último golos, e pelo meio, uma falta fantasma que dá origem ao terceiro, culminando num sem número de faltas marcadas sempre em desfavor dos da Choupana, intimidando-os constantemente.

No entanto, para morcões corruptos e seus ilhéus comparsas, pouco importa, pois fica tudo em famiglia, tal como na verdadeira Palermo, ou não fosse o engenheiro do “toca a andar, isso mesmo toca a andar”, unha com carne com o recordista olímpico do peido, mundialmente conhecido por Giorgio, o distribuidor de fruta, chocolatinhos e marisco da célebre casa iluminada da Madalena…

Como é possível um Cosme deste calibre, bem como muitos outros, claro, manter-se na classe dita de elite, dos apitadeiros tugas?

São espécimes de segunda linha, como este, como Paulo Baptista, Rui Costa, Hugo Pacheco, Vasco Santos e quejandos, que constituem as primeiras alavancas quando o grémio da Fruta Corrupção & Putêdo está em curva descendente. Depois aparece a quadrilha dos tubarões do descaramento encabeçada por Olegário secundado por Proença, Xistra, Jorge Sousa, Artur Soares Dias, Bertinos, Cardinais e outros tantos que tais e já está – mais títulos batoteiros, mais farsas, mais escandaleiras, que todavia passam completamente impunes neste pobre país, mas que não passam despercebidos aos olhos da Europa e de vários experts do futebol que se têm mantido atentos à autêntica pilhagem que de há trinta anos a esta parte se verifica no nosso futebol e onde ex-guardas prisionais, políticos, gangsters, juízes, putas, azeiteiros, paineleiros, escribas plagiadores, queirozes contumilianos e todo um séquito à solta, têm imposto a sua lei. 

Hoje foi mais do mesmo. Não sei se chegará termos uma equipa superior como a prática o tem demonstrado para arrumarmos com a pandilha azul e bronca detentora do record de cartões amarelos e …vermelhos na Europa da Champions.

Quando é preciso o empurrão da ordem, lá está a corja do apito a dizer presente e a dar o respectivo passo em frente. Em função da desfaçatez que impera há anos, esse passo deveria ser em direcção a um abismo sem fundo. No entanto, o que esse acto cúmplice proporciona, é sim uma aprazível entrada em algum supermercado de fruta ou de marisco, ou numa cama barrada de chocolate brasileiro com aroma a café com leite, devidamente acompanhadas dos envelopes da cómoda mais conhecida deste país.

Hoje, Cosme Machado meteu nojo! Nem a copiosa chuva que caiu conseguiu limpar a face do artista e dos seus acólitos!

A porcaria inundou o relvado, o cheiro, esse, ficou concentrado mais acima, na tribuna presidencial…

GRÃO VASCO

3 comentários:

Anónimo disse...

ou foi impressao minha ou hoje o manuel queiroz quis dar uma de serio??

jzz disse...

O que me impressionou, mais ainda que a deplorável arbitragem, foi os 0 amarelos mostrados aos Nacionais. tenrinhos...

Manuel disse...

E porque é que riscaste "DEAD"? Lol. Fica tão bem na foto.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...