28.12.11

Os Oitavos da Champions 2011/12 (III)


FC ZENIT S. PETERSBURG







Historial



O historial dos clubes de futebol de S. Petersburgo está ìntimamente ligado à turbulenta história política da cidade.

Em 25 de Maio de 1925, um grupo de operários da fábrica de metal de Leninegrado (hoje S. Petersburgo) - a Leningradsky Metallichesky Zavod - criou um clube cujo nome era uma homenagem ao então líder e ditador da União Soviética, Joseph Stalin – eram chamados “Os Stalinets”, “estalinistas” ou “trabalhadores do metal”.

No final de 1939, a fábrica de metal da cidade, as suas equipas de desportos e os seus dirigentes, passaram para o comando do Comissariado do Povo das Armas e Munições em consequência de muitas transformações politico-militares também relacionadas com a 2ª Grande Guerra Mundial, e na época de 1940, o clube passou a chamar-se Zenit de Leninegrado. O conflito provocou o êxodo das populações para o interior da URSS, fugindo à invasão nazi. Os jogadores e dirigentes do Zenit foram evacuados para Kazan, ficando temporàriamente nesta cidade do interior russo. Alguns deles permaneceram e morreram em S. Petersburgo como combatentes das forças russas, resistindo ao cerco da cidade feito pelo exército alemão durante 900 dias. Após o fim da guerra, o Zenit passou novamente a jogar na sua cidade.







No tempo da extinta União Soviética, o Zenit ganhou o seu primeiro título – a Taça da URSS em 1944 - um campeonato (1984) e uma supertaça (1985). No entanto, em 1967 baixaria de divisão, caso a federação soviética não tivesse procedido a um “conveniente” alargamento que assim manteve o clube no escalão principal.

Com o fim da URSS desceu mesmo de divisão em 1992, regressando à 1ª em 1996, passando a chamar-se FC Zenit St. Petersburg. Graças ao patrocínio da GAZPROM, empresa de gás natural russa - a maior do mundo – é actualmente o clube mais rico do país, integrando o campeonato russo de futebol e em 2007 foi pela primeira vez campeão nacional da Rússia. Em 07/08 venceu a Taça UEFA e logo a seguir a Supertaça Europeia numa campanha memorável.







As suas equipas vestem de azul claro alternando com o branco. Os seus adeptos são conhecidos pelos Sine-Belo-Golubye (azul-branco-azul claro), Bomzhi (vagabundos) e Meshki (bolsas), com uma facção ultra radical e racista que tem causado problemas de diversa ordem ao clube e aos seus dirigentes actuais. O seu presidente é Alexander Dyukov.






O estádio onde actualmente joga é o Petrovsky Stadium para 25.000 espectadores, estando em construção uma nova estrutura com capacidade para mais do dobro do actual – o Gazprom Arena de 62.000 lugares.



O seu treinador é o italiano Luciano Spalletti e integra nas suas fileiras dois jogadores portugueses.

Nesta temporada está apurado para os 8ºs-de-final da Champions League e vai disputar o apuramento a duas mãos, com o Sport Lisboa e Benfica de Portugal.


Títulos

1 campeonato da URSS
1 Taça da URSS
1 Supertaça da URSS

2 campeonatos da Rússia
2 Taça da Rússia
1 Taça da Liga da Rússia
2 Supertaças da Rússia

1 Taça UEFA
1 Supertaça Europeia



GRÃO VASCO

Sem comentários:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...