29.12.11

Um "record" em plano inclinado

 
 
 
 


Em Maio deste ano, publiquei um post (clicar) alusivo à quebra de vendas diárias em banca, do jornal dito “desportivo” record – um pasquim especializado em petas e ataques ao Glorioso – e de diversas publicações, recorrendo a uma notícia do Correio da Manhã que continha diversos dados sobre essas vendas e os respectivos gráficos comparativos dos dois primeiros meses de 2011 versus 2010.

A divulgação destes dados por este diário generalista tem sido periódica e assim teremos oportunidade de analisar como evoluíram as vendas de alguns desportivos, e não só, de Janeiro a Outubro deste ano.

Gráfico de Jan e Fev 2011 vs Jan e Fev 2010

Gráfico de Jan a Out 2011 vs Jan a Out 2010
Clicar na imagem para ampliar
Se a quebra de vendas do pasquim das petas nos dois primeiros meses já era notória, no acumulado de Janeiro a Outubro deste ano versus 2010 a quebra acentuou-se ainda mais.

Se multiplicarmos 7665*301*0.85 [(69.203 em 2010 - 61.538 em 2011 = quebra de 7.665 exemplares/dia, 301 dias e custo de cada exemplar) - ver vendas diárias no gráfico] vemos que nos primeros dez meses deste ano, os “artistas” do “record das petas”, conseguiram a “proeza” de pôr o pasquim a vender menos € 1.961.090 euros, o que traduzido na moeda antiga, dá a “módica” quantia de 392.000 contos!

É obra!

O que é facto, é que o volume total de vendas é ainda enorme. Basta multiplicar 61.538*301*0.85, o que perfaz € 15.744.497 euros o que equivale a 3.150.000 contos.

No entanto, o que importa registar, por agora, é que a quebra total em vendas até fins de Outubro é de aproximadamente 12,5 % e em número de exemplares é de 11%.

As previsões da quebra para o total do ano – incluindo já Novembro e Dezembro – serão de € 2.380.000 euros.

Quase meio milhão de contos a menos em 2011versus 2010!

No entanto, há um pormenor lateral, ao qual devemos dar muita atenção. É que “O JOGO”, ou  melhor “O NOJO”, continua a manter as suas vendas em 2011. Uma quebra mínima que significa que a fidelidade dos leitores da trupe corrupta se mantém, o que tem transformado esta autêntica lixeira jornalística, num órgão oficial do grémio da fruta, das putas, do marisco e da corrupção e num pólo de importante apoio estratégico à política do flatulento do Freixo.

De um modo geral, o que se constata é que já não é só a crise, a culpada desta significativa derrapagem nas vendas.

Há algo mais.

Os Benfiquistas estão atentos e a miserável campanha que o “pasquim das petas” fez nos primeiros quatro meses do ano em relação ao Benfica e o “jornalismo” pouco sério com que a camarilha comandada pelo “Careca da Quinta” brinda permanentemente o Glorioso e as suas Gentes tem tido as óbvias consequências.

Assim saibamos continuar a lutar – lendo a pasquinada, revelando atenção ao inimigo, mas NUNCA dando um único cêntimo para essa escumalha anti-Benfiquista, bem patente nas publicações a que o gráfico se refere.


PS. Já hoje, foi publicado num blog Benfiquista alguma informação sobre esta notícia, versando outra vertente, o que eu saúdo (Benfiliado), pois é mais um indicador de que muito Benfiquista na Gloriosasfera está atento ao que é realmente importante, relegando para o acessório as eternas discussões estéreis sobre casos de jogadores amuados, ou alfinetadas no treinador e no presidente


GRÃO VASCO

1 comentário:

Águia Eterna disse...

Caríssimo e Glorioso Benfiquista GRÃO VASCO, assino por baixo e mesmo de olhos fechados a tua PROSA.
Pasquin desse REPELENTE e EXECRÁVEL PALERMÃO do alexandre pais, NUNCA, NUNCA MAIS.
Ou melhor, só o voltarei a comprar quando o NOSSO GLORIOSO BENFICA for CAMPEÃO e ele, o pasquim, vier TODO DE VERMELHO e BRANCO que são as cores do >Maior e Melhor Clube de Portugal, o Nosso Eterno e Inigualável SPORT LISBOA E BENFICA.

PARA TI, Gloriosíssimo BENFIQUISTA, e para toda a Tua Família, nela incluindo o NOSSO BENFICA, desejo toda a felicidade do Mundo.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...