30.3.12

A BORGA nº 4 – Donato Ramos, algoz do Benfica


(vídeo da autoria do blogue “não se mencione o excremento”)

Os roubos continuavam em catadupa. As Antas eram o ponto de partida. Depois começaram a estender-se pelos campos dos adversários, tal qual os tentáculos do polvo corrupto com cabeça de Madaleno que crescia cada vez mais, alimentado por tenebrosos Abéis, Pôncios, Adrianos, Lourenços, Tavares, Aguiares e uma corja infindável de vígaros e intermediários ligada ao bas fond de “Palermo”, que à época já controlava de todas as formas e feitios, todos os escalões dos apitadeiros.


GRÃO VASCO

1 comentário:

Anónimo disse...

Recordo esse jogo, fez parte de uma roubalheira gigante contra o Benfica. O Donato Ramos, permitiu que os jogadores do Porto, marcassem o livre, ainda com os jogadores do Benfica a festejar JTº dos adeptos o golo anulado. O Porto só não marcou por acaso. Foi pena assim a roubalheira do Donato Ramos teria sido plena.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...