13.3.12

Os coyotes desceram à cidade


Porque é que este bando NUNCA uiva quando alguém do grémio da fruta se atira às canelas dos apitadeiros e seus auxiliares?

Às declarações do Bitó da Mosca na conferência de imprensa após o jogo em Barcelos, entre o Gil e grémio condenado por corrupção, a APAF passou a habitual esponja branqueadora. Nem um pio, quanto mais um uivo!

Mas já quanto à escandaleira do off side que derrotou o Benfica na Luz, e à qual Jorge Jesus se referiu, criticando acerbamente o árbitro e o responsável directo, Ricardo Santos, seu árbitro auxiliar que “não quis ver” o que todo o mundo viu, a APAF solícita e zelosa, através do seu presidente desceu à cidade, uivando em favor da alegada “vítima”.

Uma cobardia que merece o repúdio e a denúncia de todos os Benfiquistas.

Quanto a Ricardo Santos, de Lisboa, técnico de contas de 38 anos, é estranho que só após 11 dias depois do ocorrido venha fazer queixa  à Comissão de Disciplina. É notório um “aconselhamento” bem pensado para este procedimento.

Não haverá também alguém que o "aconselhe" a retirar a queixa?

“Quem não quer ser lobo não lhe veste a pele”, e o que é facto é que Ricardo Santos ao fazer “vista grossa” a uma ilegalidade escandalosa, mesmo em duplicado, pois estavam dois jogadores em posição irregular, colocou-se a jeito para se submeter a críticas e considerandos que no cenário que foi são perfeitamente admissíveis.


GRÃO VASCO

Sem comentários:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...