3.1.13

Com o chão a fugir-lhes debaixo dos pés…

 
 
 

Foi, é e sempre assim será.


No Freixo, quando as coisas não começam a correr de acordo com o “previsto” - isto é, o Benfica andar à frente da corja, seja qual for a modalidade - lá vêm as lengalengas do costume e as tentativas rasteiras de condicionar os árbitros no sentido de prejudicarem o Benfica.


 


Então esta corja do hóquei, que durante anos a fio, ganhou uma dezena de campeonatos de “plástico”, onde a promiscuidade com os árbitros foi vergonhosa e à descarada, não se sabendo bem se os árbitros eram funcionários de empresas afectas aos dirigentes do hóquei do Freixo ou vice verso, têm ainda e agora, a lata de virem falar em nomeações?


 


Só espero que um célebre gesto do Sérgio Silva, no ano passado no jogo do título, na Luz - que ainda assim nem sequer pendeu para o Benfica, dando num empate que alimentou a ilusão da corja do Freixo até ao fim, em Almeirim, onde os locais se esganifaram para que o Benfica não fosse campeão – esteja bem presente nos actuais jogadores de hóquei do Benfica e lhes faça recordar que têm de dar tudo por tudo para esmagar esta corja mafiosa que quer continuar ganhar a qualquer preço!


 

GRÃO VASCO

Sem comentários:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...