19.3.13

O bailado de Óscar, Águia-de-crista


A imagem está envolta no fumo ignóbil provocado pelos criminosos dos petardos


 

Todo o meu clã familiar é fã de Óscar Cardozo.

Todos os actuais Mantos Sagrados da família têm o nº 7 gravado, em homenagem e gratidão a um homem-golo, a um grande matador, cujo nome já faz parte do quadro de honra dos avançados goleadores do Sport Lisboa e Benfica.

 

Por isso, cortei de vez com alguns benfiquistos quando os vi desancarem, vaiarem, desconsiderarem, discutirem e denegrirem de uma forma torpe e soez o grande carácter, profissionalismo, empenho e dedicação de Óscar Cardozo.

Muitas das vezes essas atitudes raiaram o insulto. Acabou!

Óscar Cardozo não se discute.

É um goleador nato. Ponto final!

 

Muita gentalha, tal como as falsas virgens ofendidas - um putêdo de reles calibre - fica “incomodada” com aquele seu ar simples e parcimonioso, de falsa lentidão, aparentemente pachorrento, parecendo por vezes alheio ao calor da luta.

É um equívoco imperdoável.

Óscar está lá para fazer golo. Não está lá para fazer “rodriguinhos”, virtuosismos estéreis ou paneleirices artísticas.

Óscar é eficácia e os Benfiquistas devem-lhe gratidão, reconhecimento e respeito.

 

E porquê, hoje, o Óscar Cardozo?

 

Muito simples!

Porque receio que para além da Juventus e de outros importantes emblemas europeus, o Teatro Bolshoi, a mais renomada companhia de bailado do mundo, bata os 60 milhões de euros da cláusula de rescisão que tem no seu contrato com o Benfica e lhe faça uma proposta irrecusável para que passe, já esta época, a integrar o seu famoso elenco.

 

É que Óscar foi em Guimarães um portento na arte do ballet e com uma margem de progressão enorme.

Como é que, depois de uma cambada de cabeçudos do bota-abaixo o apelidarem de desajeitado, coxo, molengão, perna-de-pau e outros relevantes e generosos epítetos, o homem, num momento de grande inspiração, exibe todo o seu talento e técnica, ao efectuar um bailado com tanta graciosidade e beleza, mesmo ao som dum cântico insultuoso, gritado pelos adeptos do Guimarães em fúria - SLB, SLB, SLB, fdp’s, SLB, fdp’s, SLB – e após a chapelada monumental de Garay no 2º golo do Benfica e do rebentamento de mais um petardo pelos criminosos do costume?

 

Óscar, Águia-de-crista do Benfica, tem a minha aprovação para integrar a célebre companhia russa de bailado e ópera, mas só após “fazer mais miséria” nas próximas quatro épocas ao serviço do Benfica nos diversos relvados da Europa e deste país.

 

Em Guimarães, Óscar voou, voou, voou tanto, que até a habitual cambada de canalhas azuis-e-broncos e verdes-caca da comunicação social – rádios, pasquins e tv’s - muitos deles com ligações promíscuas à corja corrupta da Palermo portuguesa, furibundos, espumaram de raiva e inveja, ladrando que nem cães rafeiros exigindo a sua expulsão do espectáculo.

 

Óscar irritou os broncos, os capangas, os boçais, os canalhas, os bastardos anti-Benfica, pois estas bestas, com o ódio visceral que têm ao Glorioso, pouco ligam à estética e à beleza da arte. Foi como colocar macacos e outras criaturas selvagens sentados no Bolshoi, em Moscovo, a assistir a uma actuação de Rudolf Nureyev.

 

Óscar Cardozo mais não fez do que, de uma forma suave e harmoniosa, mostrar toda a sua indignação perante energúmenos e criminosos que com as mesmas tácticas de um outro gang, um pouco mais abaixo, no coio do Freixo, na Palermo portuguesa, tentam condicionar tudo e todos, o jogo e o adversário.

 

Para além de um belo passo de dança, que causou espanto em muitos dos teus detractores, fizeste um belíssimo e incrível passe de mágica – puseste os canídeos rafeiros da comunicação social, paineleiros da fruta e afins, a ganir e a ladrar que nem uns desalmados, como aquele verme asqueroso e execrável que ontem, na SIC, de tanto esticar o pescoço a olhar para cima, estrebuchou que nem um desvairado completamente possesso e louco, acabando por insinuar um “depois não se queixem!”

Um bastardo de memória curta.

 

Parabéns Óscar!


 


GRÃO VASCO
 


5 comentários:

Águia Suiça disse...

Tu tens os numeros do Tacuara eu tenho a assinatura no Manto Sagrado com 7 Cardoso de uma visita que ele fez aqui em 2012 , já lá vão quase 1 ano e meio e ainda não foi lavada porque tenho medo que essa assinatura desapareça.
Benfica sempre.

Conde de Vimioso disse...

O Tacuara é muito mais do que um Enorme ponta de lança.

Bruno disse...

e eu tenho CARDOSO como sobrenome!!!!ahaha

Frank Canada disse...

Gosto dele embora por vezes em certos jogos nao se de por ele,mas gosto que fique e termine a sua carreira no Glorioso gosto dele ta dito.

Águia Skywalker disse...

Aprovação mais que sublinhada!!!
E há ainda algo que me irrita solenemente: Quando Artur se prepara para dar um "pontapé de baliza", o vergonhoso "Ooooooooooooooo fd..." assim que o pé toca na bola.
No seu lugar, eu tomaria enorme balanço e, tocando o esférico suavemente para Luisão, apontaria o meu indicador bem em riste e em movimento circular, à escumalha adversária, eu diria "inimiga" nas bancadas. Isso é que era de valor e certamente acabaria rapidamente com uma das maiores vergonhas dos nossos estádios.
Voltando a Cardozo: -Andale hombre!
Lembro-me sempre de uma tal Marta, nestas alturas, anda sorrateira a srª...
Viva o Benfica!!!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...