1.11.14

Olha! …Afinal foi mesmo off-side!



O feitiço estava lançado em noite de Halloween!

Durante esta semana, à luz da Lua, os três pasquins desportivos, a RTPalermo, a SIC do velhaco minorca rui santos e de ribeiro “alzheimer” cristóvão, a TBI do desbragado gordanas mandril serrote e um coro de anões demenciais das estações radiofónicas, tal como as bruxas em Macbeth, de Shakespeare, reuniram-se numa clareira de um lugar recôndito da sinistra floresta futeboleira, à volta do borbulhante caldeirão preto de ferro de três pernas, rogando pragas ao Benfica.

Tudo foi jogado para essa cozedura fervente. Entre patas de rã, baba de salamandra, caganitas de sapo, cauda de lagarto, língua de víbora, olho de porco, penas de pêgas, bicos de pássaros, sangue de minhoca, cornos de chiba, urtigas e outras ervas daninhas silvestres, lá estavam as cuecas de “bloqueio” e “pressão alta” do Jesus – um modelo inventado pela camarilha azul-verdete do serpa dos croquetes nas capas desta semana do seu pasquim - uma resma de pentelhos do Enzo Pérez, rêspo do Samaris, peles dos testículos do Júlio César e do escroto do André Almeida, ranhos do Lisandro, do Maxi e do Luisão, urina matinal do Gaitán e do Salvio e matéria fecal dos restantes, com destaque para as tortas cagalhoeiras do Talisca e para as lamas diarreicas do Lima e do Jonas.

Uma “calda” de se lhe tirar o chapéu!

E, nem de propósito! Sexta-feira, dia anual das bruxas e o Benfica a defrontar à noite, o Rio Ave para o campeonato!

 

E a coisa estava mesmo embruxada. Só que a fada madrinha do Talisca resolveu abrir as portas da baliza vila-condense de Cassio com a sua chave de cristal e não foi de modas. Bumba! Aí vai ela como um foguetão! E a redondinha, lá se anichou a um canto provocando a explosão na Luz!

Nada que não fosse absolutamente merecido após um jogo de um só sentido e de uma semana verdadeiramente vergonhosa por parte dos mídia em relação ao Glorioso, em que tentaram, também por artes mágicas e outras, bem mais canalhas e mentirosas, branquear a roubalheira e a violência ocorridas em Braga na derradeira jornada e protagonizadas respectivamente pelo apitadeiro marco ferreira e por um bando de trauliteiros dos quais se destacaram duas cadelas raivosas - rubia micaela e aderlana sanctis – que com a conivência do primeiro passaram completamente impunes.

 

Mas o bruxêdo ainda estava lá. E não fosse o fiscal-de-linha ter providencialmente levantado a bandeirola, lá teríamos tudo a funcionar de acordo com a poção do caldeirão e das fatwas das feiticeiras bêbedas, vendidas e prostituídas da comunicação social!

Logo vieram “raios e coriscos” do banco do Rio Ave, com Pedro Martins praguejando contra o apitadeiro e seus ajudantes, mandando-os para trás e para debaixo… do car(v)alho da floresta, com o delegado vila-condense alegando que quem estava em off-side era o fiscal-de-linha e não o avançado da sua equipa.

Tudo a barafustar, tudo a espernear!

Ai que anularam o golo do empate ao Rio Ave! Aiiiiii, que injustiça!

Ai que o fiscal-de-linha não estava “em linha” com a jogada!

Daquela posição nunca poderia ter visto o off-side! Como é possível uma coisa destas?

Até o Rosado, esse chaparro jornalístico-desportivo alentejano se indignava todo aos microfones da TSF!

Um crime de lesa pátria!

 

Pelo sim pelo não, logo a seguir ao jogo, a bastonária das bruxas comprou um plasma gigante e mandou colocá-lo no centro da clareira, na floresta. Era o tira-teimas final. Iria ser feita a rebobinação do filme do jogo e uma nova projecção do mesmo com linhas, bissectrizes, tangentes, secantes e diagonais, para confirmação da ilegalidade ou não das jogadas duvidosas.

O filme passou e em relação ao lance em que todo o anti-Benfica se engalfinhou, a verdade é que afinal o jogador do Rio Ave estava mesmo em posição de fora-de-jogo. Por um cagajésimo, por um pentilhésimo, mas estava!

Azar dos Távoras e mais três pontos limpinhos, limpinhos para o bornal.

 

Continuamos sòzinhos na frente.

Que chatice!

 

 

E quanto à poção mágica?

Aquilo é que os jogadores do Rio Ave correram durante todo o jogo! Hã? Ainda tinham pilhas para outros noventa minutos!

É que da Madeira já pediram uma remessa de uns bons quartilhos para a próxima jornada!

 

Siga a rusga!

 

 


GRÃO VASCO

3 comentários:

Anónimo disse...

Caríssimo Grão Vasco: não leia a cartilha dos antis. Os mesmos conseguiram vislumbrar uma falta de Maxi no lance do golo do Talisca, bem como afirmam a pés juntos, perante uma foto do lance do golo bem anulado, com uma linha muito duvidosa, que o golo era legal. Por isso, ate com o plasma gigantesco, eles conseguem ver aquilo que não existe. A demencia é profunda e não há tratamento possível. Vale tudo para passar a mensagem do Benfica beneficiado.até mentir, aldrabar e enganar, com argumentos falaciosos.

Benfiquista do Coração disse...

está perfeito
só faltou falar no penalty
perdoado ao rio ave por mão na bola

Anónimo disse...

Dia 20 faz dois anos que aconteceu o chamado e silenciado pela cs caso de " o mistério da Etar de Contumil"... Será que teremos finalmente a sua revelação? O povo aguarda serenamente...

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...